O Café História mudou de endereço, plataforma e identidade visual. Clique aqui para conhecer o novo Café História. Nós deixamos de ser uma rede social e somos agora um portal totalmente voltado para a divulgação de história. Nossa principal missão é divulgar o conhecimento histórico produzido nas universidades: para o grande público e para o meio acadêmico. Para entender melhor a mudança, clique aqui. E atenção: o antigo Café História (www.cafehistoria.ning.com) permanecerá online somente até o dia 2 de abril de 2017. Depois disso, todo o seu conteúdo será apagado, inclusive perfis e blogs. Tem algum conteúdo que você queira salvar e não sabe como? Nós temos uma sugestão. Clique aqui e leia o texto até o final. Esperamos contar com você como leitor do novo Café História!

Assine o novo Boletim Café História - receba em seu e-mail nossas novidades

Toda semana nós enviamos um e-mail com as novidades no campo da história e ciências humanas. Quer receber o nosso Boletim Café História? É bem fácil!

Animação 3D do encouraçado brasileiro Minas Gerais, construido na Inglaterra em 1910 e que serviu na marinha brasileira até 1954.

Exibições: 201

Comentar

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Comentário de Bruno Leal em 26 abril 2012 às 10:11

Bacana!

Obrigado por compartilhar o vídeo aqui no Café!

Abraço!

Comentário de João Lima em 28 novembro 2009 às 8:31


Leiam as principais caracteristicas da velha embarcação:
-------------------------
Deslocamento: 17.274 ton. (leve); 19.250 ton (normal) e 21.500 ton (máximo).
Dimensões: 165.61 m de comprimento total, 152.50 m de comprimento em pp., 23.31 m de boca moldada, 12.81 m de pontal e 8.54 m de calado.
Blindagem: casco - 229 mm à meia nau e 152 mm na proa e na popa; torres principais - 229 mm na parte da frente e 203 mm nas laterais; convés - 51 mm. É dividido em 13 compartimentos estanques transversais, até a segunda coberta. Sistema Bullivan de rede metálica anti-torpédica, envolvendo o casco a quatro metros da linha d'água e três metros do costado.
Propulsão: 18 caldeiras a carvão Babcock & Wilcox, distribuidas em três seções, uma com quatro e duas com sete caldeiras; 2 maquinas à vapor de triplice expansão Vickers Sons & Maxins, gerando 23.500 bhp, situadas um em cada bordo em compartimentos independentes e estanques, acoplados a dois eixos com hélices de quatro pás.
Combustível: 2.750 toneladas de carvão distribuidas em 36 carvoeiras.
Eletricidade: seis grupos de CC Elswick de 132kW, acionados por máquinas à vapor Elswick compound, verticais de dois cilindros; além de quatro máquinas frigorificas J.C. Hall que junto com nove aparelhos termo-tanques para ventilar por ar frio circulatório os paióis de pólvora sem fumaça.
Velocidade: 19.6 nós de VM, 16.7 nós de VMM e 9.4 nós de VEC.
Raio de ação: 10.200 milhas náuticas à VMM e 14.200 milhas à VEC.
Aguada: dois destiladores com capacidade para 70 ton/dia de água potável.
Armamento: 12 canhões Armstrong de 12 pol/45 cal. (305 mm) em seis torres duplas; 22 canhões Armstrong de 4.7 pol/50 cal. (120 mm) e 8 canhões Armstrong de 47 mm/50 cal. em reparos singelos, que podiam ser desembarcados e instalados nas lanchas para apoio a operações de desembarque.
Sensores e Comunicações: cinco estações radio transmissores.
Tripulação: 1.173 homens, dos quais 48 oficiais, 90 suboficiais e primeiros-sargentos e 1.035 praças.

Fonte:
NGB 1822-Hoje
http://www.naval.com.br/ngb/M/M064/M064.htm
Acesso em: 28/11/2009.
-----------------------
Comentário de João Lima em 20 novembro 2009 às 17:14
A velha canção "Oh Minas Gerais, quem te conhece não te esquece jamais...", referia-se ao navio de guerra e não ao estado da federação, que buscava homenagear. Uma curiosidade histórica!

Boletim Café História

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }