Comentários de Josefa maria da silva

Caixa de Recados (33 comentários)

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Às 13:55 em 26 abril 2013, Josefa Jaira Amorim Silva disse...

oi professora mim atrevi participar do cafe historia nao tenho muito pra dar mas quero muito aprender foi adimirando suas aulas e seu amor pela historia que eu mim inspirei e mim atrevi a conhecer um pouco sobre historia comto com vc para mim aprofundar nesse conhecimento tao imenço ti conheço a pouco mas ja ti adimiro muito

Às 18:56 em 28 agosto 2011, Luciano Gomes disse...
Ainda nas fraldas minha amiga.
Às 18:57 em 21 agosto 2011, Luciano Gomes disse...
Obrigado pelo convite minha amiga pernambucana.
Às 9:44 em 13 julho 2011, Jaime Prado disse...
Olá eu preservo a história de uma ex: colonia de hansneinaos em Bauru/SP, hoje somos referencia mundial, conheça minha pg no Café História e acesse meu blog: jpradoo.blogspot.com.
Abs
Jaime Prado: Mtb: 038076 - Preservando a história
Às 17:30 em 25 abril 2011, Dominique Allysson Gomes Silva disse...

realmente muito bom esse assunto eu acho que ainda lembro dele"aquilo tudo de a mulher trabalhar mais que o homem e ainda receber salario menor e purai vai"eu sempre vo mandar isso mesmo ne: to morrendo de saldades quem sabe algum dia agente se encontra pra falar sobre tudo isso.

bejo.

Às 21:11 em 23 abril 2011, Dominique Allysson Gomes Silva disse...

oi Jose morrendo de saldades mesmo to loco pra te ver algum dia agente tem que combinar pra se ver, e é bom saber que a senhora ta fasendo sua monografia e ainda por cima com assunto que eu gosto me manda o assunto quem sabe eu ate posso ajudar. bejo.

 

Às 7:33 em 11 abril 2011, Jaoquim Miranda Maloa disse...
josefa.... como vc esta?
Às 17:35 em 5 abril 2011, Dominique Allysson Gomes Silva disse...
oi Jose eu to estudando no ceeeta na escola tecnica que mudou de nome para EREM(escola de referencia em ensino medio) é uma escola de tempo integral das 7:50 as 4:50.
saudades bjs.
Às 14:30 em 3 abril 2011, Dominique Allysson Gomes Silva disse...

oi Jose brigado por me responder to morrendo de saldade é muito bom falar com uma das, ou ate a minha professora favorita, e eu percebi isso relmente que essa parte da história do japão é realmente muito escondida mas eu ainda acho que as geuixas tem pelo menos uma relação com as prostitutas, e cuidado pra me chamar de caro ja to me sentindo importante kkkkk.

bejos. 

Às 20:47 em 23 março 2011, Dominique Allysson Gomes Silva disse...
Eita desculpa Jose as gueixas do japão não da china
Às 20:28 em 23 março 2011, Dominique Allysson Gomes Silva disse...
e jose minha carrera academica ta em jogo a senhora poderia me mandar alguma coisa sobre as gueixas da china de preferencia alguma coisa que comente sobre elas serem supostamente prostitutas.brigado.bj
Às 20:25 em 23 março 2011, Dominique Allysson Gomes Silva disse...
oi jose querida to morrendo de saldade e to aproveitando muito as mensagens do cafe historia deculpa por so ter falado agora mais bejo
Às 14:50 em 3 dezembro 2010, Wallas disse...
podemos sim.
tou procurando fontes sobre isso ,até agora o que tenho são livros que uma professora minha vai me emprestar.
podemos manter contato atraves do email.
Às 21:56 em 17 novembro 2010, Francisco Bonato Pereira disse...
Cara Josefa:
Sugiro a leitura de alguns capitulos, em particular V - primeiros donatários, VI - o regimen feudal das donatárias, VIII - Nova Lusitania, da obra Historia da Colonização Portuguesa do Brasil, DIAS, Carlos Malheiros (org), Litografia Nacional, Porto, 19124 (edição comemorativa do primeiro centenario da Inpendencia do Brasil). Embora seja obra esgotada, é encontrada em sebos e bibliotecas especializada.
Às 11:15 em 10 novembro 2010, bruna nogueira de souza correa disse...
oi td bm? me add ai
Às 9:27 em 25 agosto 2010, luiz augusto neto alves disse...
bom dia josefa, espero que esteja bem?
Às 18:13 em 20 agosto 2010, Jaoquim Miranda Maloa disse...
Josefa como estas passando estes dias,
Estou muito preocupado nao tenho noticias tuas,
um beijo
Às 21:55 em 30 julho 2010, luiz augusto neto alves disse...
boa noite josefa, entra no grupo de conservação e restauro. tá ok um bj
Às 18:32 em 22 julho 2010, Jaoquim Miranda Maloa disse...
Josefa, espero que estas bem, a minha pesquisa esta acorrer bem, ja consigo ver coisas que os meus olhos nao viam.
Tenha uma bom final de Semana.
Às 16:12 em 8 julho 2010, Bruno Leal disse...
Josefa,

Como historiadora, você já deve saber os caminhos das pedras. Minha sugestão é que você articule-se com arquivistas e museólogos. A tarefa que você quer desempenhar não é coisa para uma só pessoa. O trabalho em equipe será certamente o melhor caminho.

Abraço

Bruno Leal
Café Historia

Links Patrocinados

Cine História

Não pare na pista

Chega aos cinemas brasileiros o aguardado filme cinebiografia de Paulo Coelho, "Não pare na pista -  a melhor história de Paulo Coelho", dirigido por Daniel Augusto. 

Sinopse: Cinebiografia de Paulo Coelho, o filme se concentra em três momentos distintos da carreira do escritor: a juventude, nos anos 1960 (período em que é vivido pelo ator Ravel Andrade); a idade adulta, nos anos 1980 (Júlio Andrade); e a maturidade, em 2013, quando refaz o Caminho de Santiago (Júlio Andrade, maquiado). Usando como base depoimentos do próprio Paulo Coelho, a história perpassa os momentos mais marcantes da vida do autor, como os traumas, a relação com as drogas e a religião, sexualidade e a parceria com o músico Raul Seixas.

café história acadêmico

Ensino de História: Confira o artigo “A guerra das narrativas: debates e ilusões em torno do ensino de História”, da historiadora Christian Laville, da Universidade Lava, Quebec. Resumo: Em quase todas as partes do mundo, os programas escolares exigem que o ensino da história desenvolva nos alunos a autonomia intelectual e o pensamento crítico. Há muito tempo não se vê mais a missão de incutir nas consciências uma narrativa única glorificando a nação ou a comunidade. No entanto, quando o ensino da história é questionado nos debates públicos, é sempre com referência a esse tipo de narrativa: embora não fazendo mais parte dos programas, esse continua sendo o único objeto dos debates. Este artigo dá inúmeros exemplos atuais de tais debates, antes de concluir que são provavelmente vãos e que as pessoas se iludem sobre os efeitos reais da história ensinada. Alguns exemplos também são dados a esse respeito. Clique aqui para acessar.

EVENTO EM DESTAQUE

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }