Comentários de Jose Antonio Barros Freire

Caixa de Recados (3 comentários)

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Às 9:46 em 15 novembro 2013, Alan Dubner disse...

Espalhando :-)

Hoje às 22h na TV Cultura, vai passar o documentário “Trem Republicano” do José Antonio Barros Freire. Não percam!

No dia em que se celebra a República, um importante evento em sua história foi a inauguração da Estrada de Ferro Ytuana há 140 anos atrás. O curioso é que para juntar 133 opositores da monarquia sem levantar suspeitas foi usada uma festa da própria monarquia colocando celebridades na viagem inaugural para Itu. Genial! Itu, com isso, se tornou o berço da República sendo que detinha o título da “Fidelíssima” outorgado (1823) por D. Pedro I em função de sua lealdade ao movimento da Independência dessa “nova” Monarquia. Pois é... a cidade mais fiel da monarquia (junto com Sabará/MG) conspirou o encontro que levou a sua derrubada em 1889. História deliciosamente contada por Laurentino Gomes em seu livro “1889” e pelas lentes de Barros Freire em seu filme “Trem Republicano” que passará hoje às 22h na TV Cultura. Está sendo reconstruído o trecho entre Itu e Salto e previsto para o final de 2014 a possibilidade de fazer essa viagem pelo tempo.  Trecho do vídeo na TV Estadãohttp://bit.ly/HWZiiC

Às 9:00 em 8 março 2012, Adalberto Malheiro disse...

Aqui estamos! Troquemos idéias sobre nossa paixão em comum: A História do Brasil.

Adalberto.

 

Às 17:32 em 22 novembro 2011, Rita de Cassia Morales disse...

parabéns Sr. José Antonio Barros Freire, um ótimo trabalho em favor da memória cultural de SP e interior.

Links Patrocinados

documento histórico

Encontro histórico: Manuel Bandeira, Chico Buarque, Tom Jobim e Vinicius de Moraes. Década de 1960. Foto: Pedro de Moraes (Acervo Inst. Tom Jobim)

Conteúdo da semana

Depoimento do coronel reformado do Exército, Paulo Malhães, ex-agente do Centro de Informação do Exército, que atuou em diversas missões de extermínio de opositores da ditadura e também na Casa da Morte. No depoimento, ele admite tortura, mortes, ocultações de cadáveres e mutilações de corpos.

Cine História

Em busca de Iara

No clima dos 50 anos do golpe civil-militar de 1964, chega aos cinemas brasileiros o novo documentário de Flavio Frederico, “Em busca de Iara”.

Sinopse: Este documentário relata a trajetória excepcional de Iara Iavelberg. Apesar de ter uma situação financeira confortável, ela decidiu abandonar a família e investir na luta armada durante a ditadura militar. Iara teve uma relação amorosa com o capitão Carlos Lamarca, e morreu em 1971, aos 27 anos de idade.

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. Teremos o prazer em ajuda-lo(a):

Nosso email: cafehistoria@gmail.com

Parceria: NIEJ-UFRJ

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }