PRESENTARÁN LIBRO “MOÑE’ÊRÂ, MOMBE’URÂ, ÑE’ÊPOTY”

Mañana sábado 7 de noviembre de 2009, a las 18 horas, se realizará la presentación del libro “Moñe’êrâ, Mombe’urâ, Ñe’êpoty”, elaborado por los estudiantes del 7º, 8º y 9º grados del Colegio María Auxiliadora de la Ciudad de San Lorenzo; en cuyo local ubicado en General Caballero casi 10 de Agosto, se hará la presentación.
El material es extraordinariamente importante ya que contiene poesías y cuentos en Guarani elaborados por los propios estudiantes. La obra también contiene maravichu, kûjererâ, pukarâ y ñe’ênga.
El ATENEO DE LENGUA Y CULTURA GUARANI reconoce y felicita a la Mbo’ehára Ramona Meza por coordinar este interesantísimo libro, producto de la didáctica aplicada por los docentes de Guarani de dicha institución.
Ko aranduka rupive mitârusukuéra ohechauka opavavépe mba’éichapa ikatupyry hikuái Guarani ñe’ê purúpe. Heta tembiapo porâ ijaty ko arandukápe. Iporâiteva’erâ mbo’eharakuéra ñañeha’ârô avei jajapo kóichagua mba’e porâite.
Maitei horyvéva opavavépe.

David Galeano Olivera (ATENEO Motenondehára)
dgo@paraway.net.py
ateneoguarani@tigo.com.py
www.ateneoguarani.edu.py

Exibições: 93

Tags: GUARANI

Comentar

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Links Patrocinados

Cine História

Não pare na pista

Chega aos cinemas brasileiros o aguardado filme cinebiografia de Paulo Coelho, "Não pare na pista -  a melhor história de Paulo Coelho", dirigido por Daniel Augusto. 

Sinopse: Cinebiografia de Paulo Coelho, o filme se concentra em três momentos distintos da carreira do escritor: a juventude, nos anos 1960 (período em que é vivido pelo ator Ravel Andrade); a idade adulta, nos anos 1980 (Júlio Andrade); e a maturidade, em 2013, quando refaz o Caminho de Santiago (Júlio Andrade, maquiado). Usando como base depoimentos do próprio Paulo Coelho, a história perpassa os momentos mais marcantes da vida do autor, como os traumas, a relação com as drogas e a religião, sexualidade e a parceria com o músico Raul Seixas.

café história acadêmico

Ensino de História: Confira o artigo “A guerra das narrativas: debates e ilusões em torno do ensino de História”, da historiadora Christian Laville, da Universidade Lava, Quebec. Resumo: Em quase todas as partes do mundo, os programas escolares exigem que o ensino da história desenvolva nos alunos a autonomia intelectual e o pensamento crítico. Há muito tempo não se vê mais a missão de incutir nas consciências uma narrativa única glorificando a nação ou a comunidade. No entanto, quando o ensino da história é questionado nos debates públicos, é sempre com referência a esse tipo de narrativa: embora não fazendo mais parte dos programas, esse continua sendo o único objeto dos debates. Este artigo dá inúmeros exemplos atuais de tais debates, antes de concluir que são provavelmente vãos e que as pessoas se iludem sobre os efeitos reais da história ensinada. Alguns exemplos também são dados a esse respeito. Clique aqui para acessar.

EVENTO EM DESTAQUE

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }