Matéria do Café História | Os Discos Voadores: História e Imaginário

Discos Voadores: História e Imaginário

Governo Britânico libera mais de seis mil páginas sobre objetos voadores não-identificados e reascende a curiosidade por um dos temas mais curiosos da história cultural e política contemporânea.

Entre 1993 e 2002, a série americana de TV "The X-Files" ("Arquivo-X" no Brasil, "Ficheiros Secretos" em Portugal) conquistou diversos prêmios e milhões de fãs em todo o mundo com uma narrativa que englobava discos voadores, seres extraterrestres e intricadas teorias conspiratórias. Na última semana, porém, a ficção de "Arquivo-X" parece ter se confundido com a realidade. Conforme anunciada na grande mídia, o Ministério da Defesa e os Arquivos Nacionais da Grã-Bretanha (National Archives) divulgaram mais de 6 mil páginas de relatos de aparições de Objetos Voadores Não-Identificados (OVNIS), produzidos entre 1944 e 2000.

Entre os documentos, há, por exemplo, um memorando que revela como o ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill manifestou curiosidade sobre “discos voadores” e pediu um briefing aos seus ministros sobre o assunto. Há ainda relatos que falam sobre a aparição de OVNIS que sobrevoaram o campo do clube de futebol Chelsea e a residência de um ex-ministro do interior inglês, Michael Howard.

Homenzinhos verdes ou apenas o desejo de acreditar? Seja qual for a resposta, os “discos voadores” já fazem parte do imaginário contemporâneo há um bom tempo. Durante a Segunda Guerra Mundial, aviadores alemães e ingleses relataram contato visual com diversos objetos estranhos no céu. Esses objetos misteriosos ganharam o nome de “Foo Fighter” (“Guerreiro Fantasma”). Pouco depois da Guerra, um episódio que mudaria para sempre o imaginário ocidental sobre os OVNIS. Em 24 de junho de 1947, o empresário norte-americano Kenneth Arnold (1915-1984) pilotava seu avião particular pelos arredores de Washington, Estados Unidos, quando foi surpreendido por estranhos objetos voadores não-identificados. Segundo Arnold, eles tinham uma forma parecida com a de bumerangues e faziam movimentos ondulares, semelhantes ao que acontece quando se joga um disco na superfície da água. Horas depois, a história do empresário estava nos jornais. Mas o jornalista que primeiro deu a notícia compreendeu o relato de maneira errada e publicou que os objetos tinham a forma de disco. Surgia, então, a famosa expressão “discos voadores” (“flying saucers”). Nos anos seguintes, o relato de Arnold produziu uma série de tensões no contexto da Guerra Fria, URSS e EUA acusando-se mutuamente de realizar experimentos secretos.

Por parte da historiografia, os discos voadores também são temas de estudo. Rodolpho Gauther Cardoso dos Santos escreveu a dissertação “A Invenção dos Discos Voadores – Guerra Fria, Imprensa e Ciência no Brasil (1947-1958), pela UNICAMP/FAPESP. É do autor também um interessante artigo sobre o assunto na Revista de História da Biblioteca Nacional, publicado na edição de outubro de 2009, no qual discute como imprensa e política estão relacionados aos relatos de OVNIS. Na revista, pode ser encontrado ainda outro texto sobre o tema, de Rodrigo Moura Visoni, Segundo-Tenente Arquivista do quadro complementar da aeronáutica: “Censura ou Sigilo”. São duas boas leituras para quem pretende explorar academicamente o assunto.

No Brasil, um dos episódios mais emblemáticos envolvendo os Objetos Voadores Não Identificados se deu logo após o fim da Ditadura Militar. No dia 19 de maio de 1986, cerca de 21 desses objetos sobrevoaram o espaço aéreo brasileiro, sendo detectado por várias estações de radares, incluindo diversos aeroportos e o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta), em Brasília. Três caças Mirage e dois caças F-5 que decolaram para interceptar os OVNOS também fizeram contato visual com os objetos. O caso sacudiu o país e gerou uma declaração formal dos militares brasileiros, que reconheceram pela primeira vez na História do Brasil os desconhecidos objetos voadores.

Crenças, imaginário popular e política. Tudo isso está presente nos relatos, narrativas e teorias sobre os discos voadores. Quer ver mais sobre o tema? Então confira algumas dicas nossas: 1) Reportagem do Programa Fantástico (Rede Globo) sobre os eventos de ...;2) Em 1938, Orson Welles produziu uma transmissão radiofônica intitula...; 3) Entrevista coletiva de Orson Welles na seqüência da emissão do prog...

Exibições: 529

Comentar

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Boletim Café História

Anúncio

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }