Arquivo Café História - O passado contado através da publicidade

O passado através da publicidade

Por Bruno Leal *

Com uma história que remonta ao século XVII, a publicidade é também uma forma de conhecer o passado. Confira as propagandas antigas que o Café História achou para o seu deleite e pesquisa.

Ela está em todos os lugares: nas páginas dos jornais, nos intervalos de nossas rádios preferidas, na novela do horário nobre ou até mesmo nos sites que visitamos. Em um mundo onde preponderam os meios de comunicação de massa, a publicidade parece ter se tornado onipresente. Somente nos Estados Unidos, o seu nicho mais jovem, a publicidade online, movimentou mais de 5 bilhões de dólares somente em 2009.

Historiadores e cientistas sociais, porém, acreditam que a publicidade é muito mais do que um vigoroso retrato da economia capitalista. Para diversos pesquisadores da história da mídia, o estudo da publicidade pode revelar comportamentos sociais, hábitos culturais, relações de poder, valores éticos, relações entre gêneros, enfim, as vicissitudes e idiossincrasias de uma determinada época e de seus personagens. E a publicidade já possui uma história de respeito.

Segundo o historiador inglês Peter Burke, em seu “Uma História Social da Mídia”, é possível encontrar anúncios de tintas já em jornais do século XVII. No século XVIII, seriam a vez dos remédios, seguidos de perto das propagandas de chá, chocolate, sabão e tabaco. “Em 1900, a propaganda era mais longa e muito pictórica, chamando a atenção para ‘produtos de marcas’ nacionais, não apenas na imprensa, mas também em cartazes brilhantemente coloridos” – diz Burke.

No Brasil, os anúncios de produtos e serviços passaram a existir formalmente com o primeiro jornal escrito e impresso no país, a Gazeta do Rio de Janeiro, editado pela Imprensa Régia a partir de setembro de 1808. Já em uma das primeiras edições do veículo, podia-se ler um pequeno texto de quatro linhas com o título "Annuncio", pertencente à Anna Joaquina da Silva. Ela oferecia “uma morada de casas de sobrado com frente para Santa Rita”. Começava ali a história oficial da propaganda no Brasil.

Tendo em vista a importância do tema para os pesquisadores da História Cultura, o Café História realizou uma pesquisa e encontrou algumas fontes sobre publicidade bastante relevantes, na internet. Elas podem ser usadas em pesquisas acadêmicas, em trabalhos escolares ou apenas divertir o leitor do Café História em busca de diversão. Afina de contas, o passado também nos diverte! Então, aproveite e faça uma ótima pesquisa!

Propagandas Antigas - Blog de propagandas antigas publicadas na revista Seleções do Reader's Digest brasileira no período que vai da metade ao fim da Segunda Guerra Mundial; Digital Collections - Coleção Digital de Propagandas canadenses antigas digitalizadas pela Duke University Libraries. O acervo cobre cinco categorias de produtos: beleza, higiene, rádio, televisão e transporte; Clube do Jingle - Blog com arquivos sonoros de propagandas antigas, principalmente brasileiras; História da Publicidade e Anúncios Antigos - Blog sobre história da publicidade, anúncios antigos, anúncios publicitários, peças publicitárias, criação publicitária e websites que abordam esses temas.


Bruno Leal: Editor e Fundador do Café História. Doutorando em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGHIS/UFRJ). Mestre em Memória Social (PPGMS/UNIRIO). Graduado em História e Comunicação Social. Professor-Tutor do curso EAD de História da Unirio. Pesquisador do Núcleo Interdisciplinar de Estudos Judaicos da uFRJ (NIEJ/UFRJ). Consultor na área de mídias sociais e história digital.

Exibições: 1486

Comentar

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

café história acadêmico

Lançamento: A 13ª Edição da Revista Ars Histórica está no ar cheia de novidades. Nesta edição, os leitores encontrarão o dossiê "Império Português em Perspectiva: Sociedade, Cultura e Administração (XVI-XIX)" apresentado pelo Prof. Dr. Antonio Carlos Jucá, PPGHIS-UFRJ. Clique aqui para conferir na íntegra.

bibliografia comentada

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

Atenção!

O Café História respeita a opinião de todos nos mais diversos espaços da rede. Reserva-se, no entanto, o direito de suspender textos de teor ofensivo, agressivo ou que sustente preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com o bom senso e as leis brasileiras. Se identificar algum conteúdo ofensivo ou comportamentos inadequados, por favor notifique-nos: cafehistoria@gmail.com

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. cafehistoria@gmail.com

dicas de dezembro

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }