Arquivo Café História | A História como Direito

Direito a História

Centro de Documentação 25 de Abril permite acesso a documentos que marcaram a história política de Portugal e surge como exemplo para outras realidades

O Café História acredita que o direito à memória e o direito à história deveriam ser itens essenciais de toda cesta básica. Esse sonho ainda parece estar distante. Mas nem tudo está perdido. Alguns sinais apontam sucessos importantes no campo da pesquisa e dos arquivos até então classificados como "confidenciais" e, portanto, inacessíveis ao pesquisador. Um desses sinais é o Centro de Documentação 25 de Abril.

Criado no âmbito da Reitoria da Universidade de Coimbra em Dezembro de 1984, o Centro de Documentação 25 de Abril visa recuperar, organizar e pôr à disposição da investigação científica o valioso material documental disperso pelo país e estrangeiro, sobre a transição democrática portuguesa: o 25 de Abril de 1974, os acontecimentos preparatórios e as suas principais conseqüências. Dentre os serviços do centro destacam-se: biblioteca especializada, arquivos privados, recortes de imprensa, arquivo audiovisual e iconográfico.

Um dos principais acontecimentos políticos da história portuguesa, o Centro de Documentação da universidade de Coimbra ajuda o internauta descobrir um pouco mais dos fatos que mudaram o país de Salazar, conduzindo a uma era de recuperação e democracia. No site do Centro, por exemplo, os pesquisadores encontram farto material para consulta: documentos, exposições, imagens, bibliografia, cronologia e projetos de história oral.

Não perca tempo e visite um importante momento da história portuguesa. Acesse: http://www1.ci.uc.pt/cd25a/wikka.php?wakka=HomePage

Exibições: 81

Comentar

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Boletim Café História

Anúncio

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }