O Café História mudou de endereço, plataforma e identidade visual. Clique aqui para conhecer o novo Café História. Nós deixamos de ser uma rede social e somos agora um portal totalmente voltado para a divulgação de história. Nossa principal missão é divulgar o conhecimento histórico produzido nas universidades: para o grande público e para o meio acadêmico. Para entender melhor a mudança, clique aqui. E atenção: o antigo Café História (www.cafehistoria.ning.com) permanecerá online somente até o dia 2 de abril de 2017. Depois disso, todo o seu conteúdo será apagado, inclusive perfis e blogs. Tem algum conteúdo que você queira salvar e não sabe como? Nós temos uma sugestão. Clique aqui e leia o texto até o final. Esperamos contar com você como leitor do novo Café História!

Assine o novo Boletim Café História - receba em seu e-mail nossas novidades

Toda semana nós enviamos um e-mail com as novidades no campo da história e ciências humanas. Quer receber o nosso Boletim Café História? É bem fácil!

Arquivo Café História | A Educação Além dos Muros da Escola

A Educação além dos Muros da Escola

Portal do Professor e Banco Internacional de Objetos Educacionais são as apostas do MEC para subsidiar educadores com conteúdos

Quem é professor, sabe muito bem: dar aula é muito mais do que falar para estudantes. Dar aula é um compromisso social, um compromisso que exige ética, estudo e, sobretudo, muita dedicação. Especialmente nos dias de hoje, quando os alunos estão em contato cada vez maior com as novas tecnologias e diversas fontes de informação fora da sala de aula. Sabendo deste desafio, o Ministério da Educação brasileiro lançou, há pouco menos de dois anos, o Portal do Professor.

Segundo o MEC, o objetivo principal do site é oferecer subsídios para o professor construir seu plano de aula, pesquisar, trocar idéias e práticas pedagógicas com outros colegas, garantindo a integração dos mais diversos profissionais da educação pública - mesmo os que estão longe dos grandes centros - por meio da internet.
O site faz parte da política de informatização das escolas implementada nos últimos anos pelo governo federal. O plano do governo prevê ainda a instalação de 25 mil laboratórios de informáticas, além de milhares de escolas com banda larga e a capacitação de professores. No "Portal do Professor", há chats, blogs, seminários online e links de bibliotecas digitais, bem como de museus.

Na página inicial, o internauta vai encontrar uma interface bastante simples e intuitiva. Há diversos botões, que vão desde recursos educacionais até por cursos e materiais de apoio, passando por um "Jornal do Professores". Profissionais de todos os segmentos são beneficiados pelo portal.

As novidades não ficam, porém, por aí. Foi lançado em paralelo, o "Banco Internacional de Objetos Educacionais", site que permite acesso a vídeos, animações, jogos, textos, áudios e softwares educacionais. Os conteúdos do banco vêem de países como Argentina, Canadá, China, Alemanha, França, Itália, Holanda, Portugal, Reino Unido e Estados Unidos. É mais uma tentativa do MEC em oferecer elementos educacionais para os milhões de professores brasileiros.

Se você se interessou pelo Portal e pelo Banco, pode acessá-los clicando nos links abaixo:

http://objetoseducacionais.mec.gov.br
http://portaldoprofessor.mec.gov.br

Exibições: 189

Comentar

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Boletim Café História

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }