O Café História mudou de endereço, plataforma e identidade visual. Clique aqui para conhecer o novo Café História. Nós deixamos de ser uma rede social e somos agora um portal totalmente voltado para a divulgação de história. Nossa principal missão é divulgar o conhecimento histórico produzido nas universidades: para o grande público e para o meio acadêmico. Para entender melhor a mudança, clique aqui. E atenção: o antigo Café História (www.cafehistoria.ning.com) permanecerá online somente até o dia 2 de abril de 2017. Depois disso, todo o seu conteúdo será apagado, inclusive perfis e blogs. Tem algum conteúdo que você queira salvar e não sabe como? Nós temos uma sugestão. Clique aqui e leia o texto até o final. Esperamos contar com você como leitor do novo Café História!

Assine o novo Boletim Café História - receba em seu e-mail nossas novidades

Toda semana nós enviamos um e-mail com as novidades no campo da história e ciências humanas. Quer receber o nosso Boletim Café História? É bem fácil!

Arquivo Café História | Filosofia: amiga e vizinha

Filosofia: amiga e vizinha

Site "Dossiê Gilles Deleuze & Félix Guattari" reúne importante acervo sobre os dois filósofos contemporâneos franceses e mostram que mesmo na internet a filosofia é tanto amiga quanto vizinha dos historiadores

Na primeira infância, ela já se insinua nas crianças, sendo a pulga atrás da orelha e que faz toda pergunta começar com um impactante "por que" ou "como". Na adolescência, ela é uma disciplina tímida e poderosa, escondida em meio a tantas outras no currículo escolar. Na faculdade, ela faz parte de um conjunto de cadeiras indispensáveis para qualquer curso. Ou, no caso daqueles que cursam história, ela é a simpática vizinha no final do corredor. A filosofia é múltipla, presente, expansiva, está em todos os momentos da vida. E, agora, graças à explosão tecnológica, ela também está na internet. O site "dossiê Gilles Deleuze & Félix Guattari" é um exemplo dessa celebrada presença da filosofia na web.

Dedicado a dois dos maiores filósofos contemporâneos, o site até parece ir contra a maré da atual geração de sites, marcados pelo signo da interação e da colaboração. "Dossiê Gilles Deleuze & Félix Guattari" não abre espaço para comentários, não permite adição de conteúdos, não possui muitos objetos clicáveis e nem pense em visitar sub-páginas, pois elas não existem. Mas isso não afeta em nada a sua proposta, que tal como a filosofia lhe basta a simplicidade para fazer pensar o que há de mais complexo na realidade.

O site está basicamente dividido em três colunas. Na coluna da esquerda, há uma série de links que levam o visitante para sites de referência sobre os filósofos, como por exemplo a "Stanford Encyclopedia", o "Deleuze Studies" ou ainda um canal no Youtube inteiramente dedicado a Deleuze. Já na coluna central, há links para dezenas de material produzido pelos autores: textos, entrevistas e vídeos que surgiram no período que vai de 1953 a 1995. É possível encontrar, por exemplo, o importante texto "Post-scriptum sobre as sociedades de controle", bastante pertinente para a reflexão dos mecanismos criados pelas sociedades tecnológicas.

Todos os artigos estão em pdf e podem ser diretamente baixados para o computador do visitante. Finalmente, na coluna da esquerda, há diversos outros links que levam para entrevistas com os filósofos, depoimentos, vocabulário e estudos feitos por outros filósofos sobre a obra de ambos. Historiadores ou filósofos de plantão certamente vão gostar da visita, que pode ser feita clicando no seguinte link: http://www.dossie_deleuze.blogger.com.br/

OS FILÓSOFOS

Gilles Deleuze (1925-1995) – Foi uma figura chave na filosofia francesa contemporânea. Cursou filosofia na Universidade de Paris (Sorbone), tendo concluindo o curso em 1948. Dedicou-se ao estudo da história da filosofia e cunhou importantes conceitos filosóficos usados e abusados até hoje, tais como "multiplicidade" e "construtivismo". Um de seus mais importantes textos foi "O Anti-Édipo", publicado em 1972 e que pode ser baixado no site. Teve uma vida bastante dedicada à investigação filosófica do mundo, tendo dedicado seus últimos anos ao estudo dos meios de controle na era da mídia.

Félix Guattari (1930-1992) – filósofo e militante revolucionário francês, o maior parceiro de Deleuze, com quem escreveu "Anti-Édipo". Tal como seu colega, desenvolveu conceitos filosóficos, publicou obras de referência. Rompeu com os dogmas marxistas e psicanalistas, teorizando sobre os meios de comunicação, sobre a produção industrial e também sobre a transdisciplinaridade.

Exibições: 121

Comentar

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Boletim Café História

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }