Arquivo Café com Prosa | A História do Rio de Janeiro | Armelle Enders

A História do Rio de Janeiro

ARMELLE ENDERS

Por Bruno Leal

“Ao percorrer a Rua da Alfândega, a Rua Primeiro de Março e a célebre Rua do Ouvidor, parecia-me reencontrar a cidade de Londres, transportada para sob o céu do Egito e transposta em um modo oriental.” Foi o que disse o francês Max Leclerc, em visita ao Brasil em1889, por ocasião da Proclamação da República. Essa é apenas uma das epígrafes, uma das imagens do Rio de Janeiro que povoa o imaginário de um incalculável número de pessoas em todo o mundo.

A professora da Universidade Paris-IV-Sorbonne, Armelle Enders, com seu olhar estrangeiro, nos premia com “A História do Rio de Janeiro”, uma obra concisa, bem documentada e envolvente das ruas, personagens e acontecimentos do Rio de Janeiro, um reforço de peso para a historiografia brasileira. Lançado em 2002 pela caprichosa editora Gryphus, o livro é uma publicação excelente. São 404 páginas divididas em quatro partes, além de notas, cronologia, siglas, bibliografia, índice onomástico, de ligares e um quadro das ilustrações e dos mapas. O trabalho é fruto de dez anos de pesquisas de Enders, ligada ao Centro de Pesquisa e Documentação do Brasil Contemporâneo (CPDOC).

"A História do Rio de Janeiro" segue o tempo linear, começando por um Rio antes de ser Rio, passando pela chegada dos portugueses até a edificação dos jesuítas, da predominância dos primeiros ciclos econômicos, a perspectiva e principais ações dos governadores da então pulsante cidade colonial. O segundo capítulo tenta explicar como se deu a “fabricação da capital”. Para isso, a autora discute os interesses econômicos e políticos que envolvem essa disputa interna da então colônia portuguesa. O capítulo III contextualiza o Rio de Janeiro dentro das transformações que sacodem o mundo moderno, que mexem muito com uma capital que em pouco tempo migrou de periferia para o centro, e do centro de uma colônia para o centro de um país recentemente independente. Por último, o quarto capítulo debate as metamorfoses urbanas, as revoluções, a tensão de uma cidade que vê de perto as decisões políticas que vão mudar para sempre as imagens e as múltiplas identidades do Rio de Janeiro.

Um dos trechos mais interessantes do livro passa pela perseguição das autoridades impostas aos movimentos populares. “As batidas policiais contra manifestações tanto profanas quanto religiosas dos negros, a associação do samba com a delinqüência, as operações urbanísticas que retalham as ‘pequenas Áfricas’ mais próximas do centro da capital constituem uma das vertentes da ‘modernidade’ à francesa que serve de guia aos edis e engenheiros da Primeira República” (pg.225), afirma Enders.

O Natal já passou, mas se o presente está atrasado, “A História do Rio de Janeiro”, de Armelle Enders pode compensar brilhantemente a demora. O livro chega a sua segunda edição com muito fôlego e bom gosto.

Páginas: 404

Preço encontrado: R$ 34,00

Editora: Gryphus (2002 -2008 – 2ª edição)

Exibições: 1255

Comentar

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Comentário de alston ferrari em 29 março 2014 às 22:40

Esse livro está fora de catálogo. Nem mesmo em sebo, ainda mais a 34,00 reais.

 

Comentário de andrea coelho de souza de freita em 27 dezembro 2012 às 20:50

Acho este tema muito interessante, andando realmente pelas ruas da cidade parece que o passado nos chega mais facilmente, quase como um caminho natural.. vou ler este livro!

Comentário de Marcos de Mello Fliess em 21 fevereiro 2010 às 12:58
O Rio de Janeiro para mim é uma belíssima página da História do Brasil, suas ruas estão repletas de magias históricas, e ler um livro que fale desse mar de vida histórica é simplismente magnífico e só temos à aprender com isso.

café história acadêmico

Lançamento: A 13ª Edição da Revista Ars Histórica está no ar cheia de novidades. Nesta edição, os leitores encontrarão o dossiê "Império Português em Perspectiva: Sociedade, Cultura e Administração (XVI-XIX)" apresentado pelo Prof. Dr. Antonio Carlos Jucá, PPGHIS-UFRJ. Clique aqui para conferir na íntegra.

bibliografia comentada

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

Atenção!

O Café História respeita a opinião de todos nos mais diversos espaços da rede. Reserva-se, no entanto, o direito de suspender textos de teor ofensivo, agressivo ou que sustente preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com o bom senso e as leis brasileiras. Se identificar algum conteúdo ofensivo ou comportamentos inadequados, por favor notifique-nos: cafehistoria@gmail.com

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. cafehistoria@gmail.com

dicas de dezembro

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }