Um artigo importantissimo para quem estuda África ou Egito, Cheik Anta Diop, procura demonstrar a negritude dos egípcios. Um intelectual de mão cheia, Diop, era Antropologo, Físico e Historiador, e seu trabalho tem uma carga política importante na descolonização da ciência e do conhecimento. O texto está presente em:
História Geral da África - A África Antiga. Vol.II: São Paulo/Paris/UNESCO, ORG. G. Mokhatar, 1983.

A origem dos antigos egipcios.pdf

Exibições: 855

Tags: -, Egito, História, Negritude, da, África

Comentar

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Comentário de Wallace Gonçalves de Souza em 12 maio 2013 às 5:45

O livro "A Origem dos antigos Egípcios" está neste link do 4Shared:

 

http://www.4shared.com/office/G9NIM3M4/A_ORIGEM_DOS_ANTIGOS_EGPCIOS...

Disponibilizei uma cópia do arquivo do livro "A Origem dos antigos Egípcios" de Cheik Anta Diop (o mesmo arquivo do 4shared) em .pdf aqui no Café História, está neste link:

http://cafehistoria.ning.com/group/httpcafehistorianingcomgrouphier...

Abraços a todos!

Wallace Souza.

Comentário de Wallace Gonçalves de Souza em 1 fevereiro 2012 às 21:34

Disponibilizei uma cópia do arquivo do livro "A Origem dos antigos Egípcios" de Cheik Anta Diop (o mesmo arquivo do 4shared) em .pdf aqui no Café História, está neste link: http://cafehistoria.ning.com/group/httpcafehistorianingcomgrouphier...

Comentário de Wallace Gonçalves de Souza em 1 fevereiro 2012 às 21:27

O livro "A Origem dos antigos Egípcios" está neste link do 4Shared: http://www.4shared.com/get/g8BGsara/Cheikh_Anta_Diop_-_A_origem_do....

Links Patrocinados

Cine História

Não pare na pista

Chega aos cinemas brasileiros o aguardado filme cinebiografia de Paulo Coelho, "Não pare na pista -  a melhor história de Paulo Coelho", dirigido por Daniel Augusto. 

Sinopse: Cinebiografia de Paulo Coelho, o filme se concentra em três momentos distintos da carreira do escritor: a juventude, nos anos 1960 (período em que é vivido pelo ator Ravel Andrade); a idade adulta, nos anos 1980 (Júlio Andrade); e a maturidade, em 2013, quando refaz o Caminho de Santiago (Júlio Andrade, maquiado). Usando como base depoimentos do próprio Paulo Coelho, a história perpassa os momentos mais marcantes da vida do autor, como os traumas, a relação com as drogas e a religião, sexualidade e a parceria com o músico Raul Seixas.

café história acadêmico

Ensino de História: Confira o artigo “A guerra das narrativas: debates e ilusões em torno do ensino de História”, da historiadora Christian Laville, da Universidade Lava, Quebec. Resumo: Em quase todas as partes do mundo, os programas escolares exigem que o ensino da história desenvolva nos alunos a autonomia intelectual e o pensamento crítico. Há muito tempo não se vê mais a missão de incutir nas consciências uma narrativa única glorificando a nação ou a comunidade. No entanto, quando o ensino da história é questionado nos debates públicos, é sempre com referência a esse tipo de narrativa: embora não fazendo mais parte dos programas, esse continua sendo o único objeto dos debates. Este artigo dá inúmeros exemplos atuais de tais debates, antes de concluir que são provavelmente vãos e que as pessoas se iludem sobre os efeitos reais da história ensinada. Alguns exemplos também são dados a esse respeito. Clique aqui para acessar.

EVENTO EM DESTAQUE

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }