Página de marcio carlos

Informações do Perfil

Sobre mim
Tenho 51 anos, formação em Administração, Hotelaria e agora trabalho como funcionario publico na prefeitura no setor de museus. Sou responsavel pelo Museu pedagógico. Faço atualmente Pedagogia e estou fascinado com essa profissão. Também possuo certificação para cursos no Senai. História no meu caso é FUNDAMENTAL. Todo mundo tem que saber o ethos da sociedade em que vivemos.
Atividade profissional
Professor, Pesquisador
Formação
Graduando
Estado
sp
Cidade
itapira

Fotos de marcio carlos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Caixa de Recados (4 comentários)

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Às 22:16 em 21 outubro 2010, Padre Martini disse...
Meu caro Márcio Carlos.

Tentei enviar um material para você, através do endereço de e-mail que você forneceu junto de sua última mensagem, mas ele retornou para mim. Você poderia verificar se está correto, por favor? Um abraço. Paz e bem.
Às 16:04 em 3 setembro 2010, Helder Carvalho disse...
Olá Márcio! Eu não conheço a História da Comunidade Serra Azul em Ribeirão Preto, nem do Padre CARLOS AUGUSTO DOS SANTOS. De qualquer forma, vou pesquisar por aqui para ver o que encontro. Abraço

Helder Carvalho
Às 12:33 em 14 agosto 2008, taisis silva disse...
oiiii...
vc trabalha em uma area que sou apaixonada e estou a fazer minha monografia.. sera que nao poderia me falar um pouco de como tem sido sua experiencia no museus?
ficarei feliz em trocar informaçoes!
Às 3:22 em 15 maio 2008, Arquivo Café História disse...
Olá, Marcio!

Seja muito bem-vindo ao Café História!

Esperamos que você esteja gostando do espaço!

Algumas informações básicas...

Na sua página pessoal (“Minha Página”) você pode criar um blog sobre História clicando em "meu blog", que aparece no alto da tela. Em seguida, basta clicar em “Add New Blog Post”.

As atualizações do seu blog aparecem na página principal, o que dá mais visibilidade para seu texto!

Para colaborar com essa rede, você pode responder aos fóruns e fazer upload de vídeos e fotos de momentos marcantes da História ou de conteúdos afinados com a comunidade. Estas opções estão marcadas com um sinal de "mais" verde na página principal.

Crie ou participe dos grupos para discutir assuntos mais específicos. Os grupos disponíveis estão listados na lateral direita da página principal.

Na mesma página, as dicas de livros, filmes e eventos, bem como o artigo da seção "Texto Café História", a enquete e as notícias sobre História são atualizados periodicamente.

E para indicar para mais amigos, clique em Convidar no alto da página. Basta inserir cada e-mail separado por vírgula! ;o)

Mas lembre-se, todo o conteúdo adicionado deve se ater à História e seus temas correlatos!

Uma comunidade só funciona se cada um participar, portanto pegue seu café e aproveite a variedade! Escreva! Comente! Troque idéias!

Do mais, nos “vemos” pelo Café!

Abraços!

Obs1. Mais dúvidas, consulte o "Tutorial Café História", na página principal da Rede.

Obs2. Se você está recebendo muitos e-mails do Café História, basta clicar em “minhas configurações” (que está em sua página pessoal) e depois em “e-mail”. Aí, basta marcar as notificações que gostaria de receber.
 
 
 

Links Patrocinados

café história acadêmico

História do Brasil contemporâneo: Confira na íntegra a tese de doutorado "De Sarney a Collor: reformas políticas, democratização e crise (1985-1990)", defendida por David Maciel em 2010, na Universidade Federal de Goiás. Clique na imagem.

Cine História

Boa sorte

Está em cartaz nos cinemas nacionais o filme brasileiro "Boa sorte", dirigido por Carolina Jabor e com Deborah Secco no elenco. 

Sinopse: O adolescente João (João Pedro Zappa) tem uma série de problemas comportamentais: ele é ignorado pelos pais e se torna agressivo com os amigos de escola. Quando é diagnosticado com depressão, seus familiares decidem interná-lo em uma clínica psiquiátrica. No local, ele conhece Judite (Deborah Secco), paciente HIV positivo e dependente química, em fase terminal. Apesar do ambiente hostil, os dois se apaixonam e iniciam um romance. Mas Judite tem medo que a sua morte abale a saúde de João.

Parceiros


Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }