Página de Joyce Nasc.

Informações do Perfil

Sobre mim
Apaixonada por história.
Atividade profissional
Historiador, Professor, Estudante, Pesquisador, outro
Formação
Pós-Graduando (L.sensu)
País
Brasil
Estado
Pi
Cidade
Parnaíba

Caixa de Recados (4 comentários)

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Às 13:51 em 16 outubro 2008, Ronaldi Rossetim Pinto disse...
visite www.marxismo.org.br abraço
msn djronaldi@hotmail.com
Às 12:19 em 9 outubro 2008, Emanuella disse...
Buuuuuuuu!!!!
Às 20:43 em 4 outubro 2008, Ernesto Neto- CUBA LIVRE disse...
*
Será a DEMOCRACIA algo tão perigoso, será que o povo cubano não sabe escolher? OU SERÁ QUE O POLITBURO CUBANO TEM MEDO DA ESCOLHA do povo no caso de eleições diretas livres? Será que ter vários partidos concorrendo em uma eleição direta é tão PERIGOSO para Cuba?
Será que a informação é perigosa, será que saber a verdade é um problema? OU SERÁ QUE O POLITBURO CUBANO TEM MEDO DA REVELAÇÃO e por isto a CENSURA dos meios de comunicação em Cuba é tão rigorosa?
Vinte anos atrás o Brasil pediu DIRETAS JÁ! desde então já tivemos várias eleições estamos cada vez mais democráticos, estamos cada vez mais evoluídos politicamente. Será que devemos voltar atrás nas nossas conquistas e ter apenas eleições indiretas, censura das informações, perseguição política, etc??
Desejo ao povo cubano tudo de bom: Desejo que se livrem do "Politburo" que os domina e que vive MUITO BEM em detrimento da maioria da população, desejo liberdade ao povo cubano, desejo-lhes o direito de escolher seu destino, de escolher seus governantes livremente e com várias opções, desejo que tenham acesso a toda a informação, internet, TV, jornais, rádios. Tudo sem censura para que possam escolher livremente quem os governará, e se não gostarem terem a opção de, nas eleições seguintes (livres e diretas), escolherem outros.
Desejo que eles tenham liberdade para escolher o regime político que desejarem, de discordar politicamente sem serem perseguidos.
Desejo ao povo cubano, enfim, LIBERDADE.
Às 11:04 em 2 outubro 2008, Ernesto Neto- CUBA LIVRE disse...
*
Convido a todos os participantes do Café História a participarem do forum no tópico -
" 20% DOS CUBANOS VIVEM NA POBREZA EXTREMA".

- Clique aqui para ir direto ao tópico e deixe a sua participação.

Saudações,
Ernesto
 
 
 

Links Patrocinados

documento histórico

Versão digitalizada do decreto que aboliu a escravatura no Brasil, dando origem à Lei Áurea. O documento é assinado pela Princesa Imperial Regente Isabel, pelos senadores Primeiro Vice-Presidente Antônio Candido da Cruz Machado, Primeiro Secretário Barão de Mamanguape e pelo Segundo Secretário do Joaquim Floriano de Godoi. O manuscrito original faz parte do acervo do Arquivo do Senado Federal. Faça aqui o download em alta resolução desta importante peça da História do Brasil: http://goo.gl/ewCcee

Conteúdo da semana

Depoimento do coronel reformado do Exército, Paulo Malhães, ex-agente do Centro de Informação do Exército, que atuou em diversas missões de extermínio de opositores da ditadura e também na Casa da Morte. No depoimento, ele admite tortura, mortes, ocultações de cadáveres e mutilações de corpos.

Cine História

Cortinas Fechadas

Chega aos cinemas brasileiros o drama iraniano dirigido por Kambolza Partovi e Jafar Panahi, “Cortinas Fechadas”.

Sinopse: Vivendo em prisão domiciliar após ter sido condenado pela justiça iraniana, sob a acusação de denegrir a imagem do governo do presidente Mahmoud Ahmadinejad com seus filmes, o cineasta Jafar Panahi tem seu cotidiano apresentado neste filme.

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. Teremos o prazer em ajuda-lo(a):

Nosso email: cafehistoria@gmail.com

Parceria: NIEJ-UFRJ

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }