O Café História mudou de endereço, plataforma e identidade visual. Clique aqui para conhecer o novo Café História. Nós deixamos de ser uma rede social e somos agora um portal totalmente voltado para a divulgação de história. Nossa principal missão é divulgar o conhecimento histórico produzido nas universidades: para o grande público e para o meio acadêmico. Para entender melhor a mudança, clique aqui. E atenção: o antigo Café História (www.cafehistoria.ning.com) permanecerá online somente até o dia 2 de abril de 2017. Depois disso, todo o seu conteúdo será apagado, inclusive perfis e blogs. Tem algum conteúdo que você queira salvar e não sabe como? Nós temos uma sugestão. Clique aqui e leia o texto até o final. Esperamos contar com você como leitor do novo Café História!

Assine o novo Boletim Café História - receba em seu e-mail nossas novidades

Toda semana nós enviamos um e-mail com as novidades no campo da história e ciências humanas. Quer receber o nosso Boletim Café História? É bem fácil!

Zulma Sônia de Paula
  • Feminino
  • Águas Lindas de Goiás/GO
  • Brasil
Compartilhar

Amigos de Zulma Sônia de Paula

  • Carla Emanuela de Melo Lima
  • Maria de Lourdes Tisott
  • Danúbia da Rocha Sousa
  • Alan Ricardo Duarte Pereira
  • ISRAEL  SÉRGIO
  • Tallyta Coelho Delgado
  • Rômulo da Gana Silva Felipe
  • Bruno Botelho Horta
  • Elyzama de Vasconcelos Lima
  • Renata Carla Diniz
  • Hugo Viana
  • Angélica de Paula Gonçalves Rosa
  • Bento Alves Araujo Jayme Fleury
  • WLADIA GUERRA NUNES
  • Simone Lessa
 

A vida constitui um segundo na imensidão do tempo, mas cabe tanta história dentro dela!!!

Informações do Perfil

Sobre mim
Sou professora de História e Geografia, atualmente aposentada. Oriento elaboração de trabalhos universitários. Adoro leitura, principalmente romances policiais,ficção científica e romances históricos. Sou poeta, mas não tenho escrito ultimamente. Tenho um filho de 22 anos, que cursa Sistemas da Informação e uma crença inabalável no poder do homem de mudar a história, principalmente quando começa por ter coragem de modificar sua própria trajetória. Moro em Águas Lindas de Goiás, uma cidade com apenas 19 anos de existência, onde vejo a história sendo feita constantemente. Isso me inspira muito.
Atividade profissional
Pesquisador
Formação
Pós-Graduado (L.Sensu)
País
Brasil
Estado
Goiás
Cidade
Águas Lindas de Goiás

Caixa de Recados (90 comentários)

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Às 8:53 em 30 janeiro 2014, Bruno Leal disse...

Bom dia, Zulma!

Quero agradecer a sua participação nos espaços de debate do Café História.

Obrigado por contribuir com o espaço! Sinta-se em casa por aqui.

Abraço e uma ótima semana para ti!

Às 15:59 em 28 dezembro 2013, liana martins de mendonça disse...

PROFESSORA

AGRADECIDA PELA MENSAGEM DE BOAS FESTAS.

GOSTARIA DE CONVIDÁ-LA PARA PARTICIPAR DA NOSSA REDE.É INTERNACIONAL. PROFESSORES, PESQUISADORES DAS CIÊNCIAS HUMANAS, ARQUEÓLOGOS, MUSEÓLOGOS, BIBLIOTECÁRIOS, ...; FAZEM PARTE DA NOSSA REDE.

LIANA MARTINS DE MENDONÇA- lianamendona@yahoo.com.br

2014 de muitas realizações  !!!

um abraço.

Às 14:06 em 22 novembro 2012, Pedro Campos disse...

Oi, Zulma.

Mais que um projeto, uso também biografia como um belo material didático, mas no sentido em que o homem é fruto do tempo em que vive; é aí que a dita-cuja entra...

Às 16:25 em 24 abril 2012, Hugo Viana disse...

Olá!

Gostaria de convidá-lo(a) para participar do próximo seminário com o tema:

O Jesus Histórico e a tradição cristã, que será realizado nos dias 12 e 19 de Maio (02 sábados).

Horário: 18:00 às 21:00hs.

Inscrições: R$ 20.00

Local: Estrada do Galeão, nº 2865, Fundos (Em frente ao Casa Show e ao lado do Banco do Brasil) Ilha do Governador, RJ.

Maiores informações: e-mail: historiadareligiaocrista@gmail.com ou pelo site: www.gehrc.blogspot.com

Abraços

Hugo

Às 12:06 em 12 março 2012, ISRAEL SÉRGIO disse...

Ola Zula  o livro que referi na anterior mensagem se chama a corte Luso Brasileira nos Jornalismo Portugues entre  1807-1821  e uma edicao exelente e muito bem elaborada o que tenho e oferta do autor feliz dia espero ter ajudado

Israel.marques

Às 11:29 em 12 março 2012, ISRAEL SÉRGIO disse...

cara zulma  foi editado um livro sobre a realeza  um livro de Ernesto Rodrigues apresentado no Rio de Janeiro o ano passado ou busca no espolio da Torre do Tombo ,Lisboa ou bn ,lisboa

 

 

Às 14:23 em 13 setembro 2011, Ali Nogueira disse...

Oi Colega!!

 

Descupa a demora pela respostam mas perdir a senha do site e só agora recuperei.EStou a sua disposição;.

 

Abraços

 

Às 12:31 em 4 setembro 2011, Hugo Viana disse...
Olá Zulma, gostaria de te convidar para participar do Seminário: O Jesus Histórico e o contexto socio-cultural do Século I. Será realizado nos dias 08 e 15 de Outubro pelo grupo de estudos: História da Religião Cristã. Dá uma olhada no nosso site: www.gehrc.blogspot.com

Ou envie um e-mail: historiadareligiaocrista@gmail.com

Abraços.

Hugo

Às 9:43 em 18 agosto 2011, Rômulo da Gana Silva Felipe disse...

Olá Zulma!

Muito legal finalmente aparecer alguém que gosta do mesmo tema que eu.

Olha, não acho que eu tenho muita coisa sobre a nossa realeza. Entretanto, eu tenho guardado comigo um livro que pode ter alguma coisa sobre o assunto que você procura, a duquesa de Goiás. O livro chama-se: "Fatos sobre a nobreza brasileira". É um livro muito velho que peguei emprestado uma vez, e nunca devolvi. Acho que vi alguma coisa sobre esta duquesa na parte que fala do duque de Caxias, pois, fora ele foi o único duque brasileiro, mas, fora sua mulher, também houveram outras duas duquesas, as filhas do D.Pedro I, que receberam os títulos de Duquesa de Goiás e do Ceará.

Só que eu nunca li muito atentamente esse livro, por falta de tempo, e também não sei direito o que aconteceu com elas, nem se sobreviveram. Mas vou dar uma olhada e já já te respondo.

Acho uma questão interessante, com relação à nobiliarquia, pois, na tradição européia, mulheres nunca eram titulares de uma posição nobiliárquica, era sempre pelo casamento. Mas, se não me engano, Luís XIV também fez isso com suas bastardas.

Além disso, também me parece que quem mais se ocupa da história da realeza e da nobreza no Brasil são os monarquistas, que obviamente tentam ignorar o lado obscuro dos monarcas que eles tanto veneram, sobretudo suas amantes, filhas e filhos bastardos.

 

Legal contactar você, espero trocar idéias logo.

Abraço.

 

Rômulo.

 

(Detalhe, ainda não vi nenhum grupo sobre história da realeza neste site, nem focando em Brasil, nem em lugar nenhum. Vamos criar um? Abraços!)

Às 8:38 em 14 julho 2011, Marcelo Ramos disse...
Zulma, me desculpe de não retornar sua mensagem em 2008. É que eu estive fora e não acessei o Café História desde então. Agora voltei e vi sua mensagem, me desculpe por isso. Abraços.
 
 
 

Boletim Café História

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }