Silvana Tagliati
  • Feminino
  • Tremembé, São Paulo
  • Brasil
Compartilhar Twitter
  • Blogs de Participantes
  • Tópicos
  • Grupos
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Silvana Tagliati

  • claudio
  • Ricardo B. Söldon
  • João Roberto Laque
  • Rômulo José Cardoso de Alcântara
  • cristiney santos
  • Fabiano da Silva Pommerening
  • francisco jose pires
  • Osvaldo Aparecido Guilherme
  • richard elieder morais
  • Evandro Tirelo Rodrigues
  • Isabela Pimentel
  • Handlei dos Santos Porto
  • LUCAS PEREIRA
  • eduardo martins pereira
  • graciene santos oliveira
 

Página de Silvana Tagliati

Informações do Perfil

Sobre mim
Quem pode responder a esta pergunta?
Atividade profissional
Professor
Formação
Graduado
Estado
São Paulo
Cidade
Taubaté

Caixa de Recados (35 comentários)

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Às 21:23 em 6 novembro 2013, Seloé Pacheco disse...
Cara Amiga
Gostaria de sabe sua opinião sobre os movimentos ocorrido no Brasil e a atuação dos mascarados.
Qual deve ser a atuação do poder sobre esse fato?
Aguardo contato
abraços
Às 10:41 em 5 novembro 2013, João Roberto Laque disse...

EX-GUERRILHEIRO ESTARÁ NA 3ª BIENAL DO LIVRO DE SÃO JOSÉ

Na próxima quinta-feira, 7 de novembro, às 18h30, o ex-guerrilheiro Pedro Lobo de Oliveira e o jornalista João Roberto Laque estarão lançando o livro Pedro e os Lobos – Os Anos de Chumbo na trajetória de um guerrilheiro urbano na Tenda Cultural da Fundação Cassiano Ricardo na 3ª Bienal do Livro.

Pedro nasceu em Natividade da Serra e mora há mais de vinte anos em São José, tendo, inclusive, recebido o título de cidadão Joseense em abril do ano passado.

Expulso da corporação por força do AI-1, o personagem principal de Pedro e os Lobos foi um dos fundadores da Vanguarda Popular Revolucionária, sigla clandestina que abrigou o lendário capitão Carlos Lamarca.

No vasto currículo de ações do ex-guerrilheiro estão ataques a bancos, invasões de pedreiras, um atentado a bomba contra o Quartel General do 2º Exército do bairro paulistano do Ibirapuera, a invasão do Hospital Militar do Cambuci e a execução, a tiros, do capitão norte-americano Charles Rodney Chandler.

 Capturado no início de 69, Pedro Lobo será barbaramente torturado e terá de cumprir ano e meio de cadeia até ser banido do país durante o sequestro dum embaixador alemão. Depois de passar por Argélia, Cuba, Chile e Argentina, ele viverá, por oito anos, na Alemanha Oriental, atrás do que o Ocidente costumava chamar de A Cortina de Ferro.

 Com a anistia, o ex-guerrilheiro volta ao Brasil onde é reintegrado aos quadros da Polícia Militar como se sua vida encerrasse um caprichoso ciclo.

 Assim, quinta-feira será uma ótima chance para você conhecer pessoalmente este personagem ímpar da história do Brasil.

Às 11:03 em 27 outubro 2011, João Roberto Laque disse...

Silvana,

eu e o ex-guerrilheiro Pedro Lobo de Oliveira,

que nasceu em Natividade da Serra e é o personagem central do meu livro,

Pedro e os Lobos – Os Anos de Chumbo na trajetória de um guerrilheiro urbano,

estaremos amanhã, 28 de outubro, em São José dos Campos

para um papo com os amigos e leitores.

O evento será às 19:30, dentro da 45ª Semana Cassiano Ricardo.

Se puder, apareça por lá prum abraço.

Endereço: Espaço de Eventos do Shopping Colinas,

av. São João, 2200 - Jardim Das Colinas - São José dos Campos.

www.pedroeoslobos.blogspot.com

Às 17:14 em 11 outubro 2011, Leonardo Gil disse...

Estou querendo fazer novos amigos, e espero que aceite o meu convite..

 

Abraço

Às 18:51 em 15 setembro 2011, Ricardo B. Söldon disse...

bem obrigado por aceitat meu  convite

um abraço

Às 13:44 em 26 agosto 2011, João Roberto Laque disse...
Nascido em Natividade da Serra, Pedro Lobo de Oliveira é personagem ímpar da história recente do Brasil e está fazendo 80 anos. De presente, ele ganhou uma biografia (o livro Pedro e os Lobos) e está na edição eletrônica da Caros Amigos deste mês e estará na edição de setembro da revista Vale Paraibano. Saiba mais sobre a louca vida desse octogenário: www.pedroeoslobos.blogspot.com
Às 7:24 em 23 junho 2011, Adroaldo Lira Freire disse...

Bom Dia Silvana, tudo bem?

Vc é historiadora em qual área do conhecimento?

Um abraço. Fica na paz!

 

Às 7:18 em 23 maio 2011, Marcos Corrêa da Silva disse...
Boa semana pra vc linda!
Às 10:02 em 10 janeiro 2011, Francisco Paulo de Souza disse...
Que nesse ano possamos sonhar,
E acreditar, de coração, que podemos realizar cada um de nossos sonhos,
Que esses sonhos possam ser compartilhados pelo bem,
E que eles tenham força de transformar velhos inimigos em novos amigos verdadeiros,

Que nesse ano possamos abraçar,
E repartir calor e carinho,
Que isso não seja um ato de um momento,
Mas a história de uma vida.

Que nesse ano possamos beijar,
E com os olhos fechados, tocar o sabor da alma,
Que tenhamos tempo para sentir toda a beleza da vida,
E que saibamos senti-la em cada coisa simples,

Que nesse ano possamos sorrir,
E contagiar a todos com uma alegria verdadeira,
Que não sejam necessárias grandes justificativas para nosso sorriso,
Apenas a brisa do viver,
Que nesse ano possamos cantar,
E dizer coisas da vida,
Que não sejam apenas músicas e letras,
Mas que sejam canções e sentimentos,

Que nesse ano possamos agradecer,
E expressar a Deus e a todos: “Muito Obrigado!”,
Que nesse “todos” não sejam incluídos apenas os amigos,
Mas também aqueles que, nos colocando dificuldades, nos deram oportunidades de sermos melhores.

E assim começarmos mais um Ano Novo,
Um dia que nasce, um primeiro passo, um longo caminho,
Um desafio, uma oportunidade e um pensamento:
“Que nesse ano sejamos, Todos, Muito Felizes!”
Às 20:29 em 19 outubro 2010, Maurio Souza disse...
Anjo, você é professora de dança...
 
 
 

Links Patrocinados

Cine História

Violette

Chega aos cinemas brasileiros o drama franco-belga “Violette”, do diretor estreante Martin  Provst.

Sinopse: No início dos anos XX, a escritora Violette Leduc (Emmanuelle Devos) encontra a filósofa Simone de Beauvoir (Sandrine Kiberlain). Nasce entre as duas uma intensa amizade que dura toda a vida, ao passo que Simone encoraja Violette a escrever mais, expondo as suas dúvidas e medos, abordando todos os detalhes da intimidade feminina.

café história acadêmico

Guerra do Paraguai na literatura didática: Confira, na íntegra, a dissertação de mestrado  “A Guerra do Paraguai na Literatura Didática: um estudo comparativo”, do historiador André Mendes Salles (UFP). Clique aqui e leia.

EVENTO EM DESTAQUE

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }