Sérgio Montalvão
  • Masculino
Compartilhar

Amigos de Sérgio Montalvão

  • ROMEU BEZERRA
  • Thiago de Paula Carvalho
  • Marcos Ferreira dos Prazeres
  • ana maria de Oliveira
  • JOSÉ ALAN DIAS CARNEIRO
  • Wilza Carla Henning
  • Mirla Kalina
  • Rayra Burity
  • Carmen Santos
  • Ana Catarina Martinelli Braga
  • Thays Ramos de Souza
  • Juliane Castelo Branco
  • Nathalia Topini Lucas
  • Jorge Carvalho do Nascimento
  • suzy russa
 

Página de Sérgio Montalvão

Informações do Perfil

Sobre mim
Olá colegas ! Sou carioca, professor do Ensino Fundamental, licenciado em História pela UERJ, mestre em História Social pela UFRJ e doutorando em História Política e Bens Culturais do CPDOC/FGV. Tenho interesse em História Política do Brasil Republicano, História da Historiografia Brasileira (século XX), cultura política, intelectuais e educação.
Atividade profissional
Professor
Formação
Doutorando
Cidade
Rio de Janeiro

Blog de Sérgio Montalvão

Newsletter Pós-graduação em Estudos Africanos

Postado em 21 janeiro 2010 às 21:00 0 Comentários

Informativo da Escola Diplomata/Instituto Superior de Estudos Pedagógicos – ISEP.



Nº 1 Vol. II Janeiro de 2010 – Estudos Africanos



Editores: Rita de Cássia B. Barros e Sergio Montalvão.







I – Entrevistas de seleção para o curso de Pós-graduação em Estudos Africanos: Desenvolvimento Humano e Docência.







Até o mês de janeiro de 2010 a Escola Diplomata realizará entrevistas de seleção para a turma do curso de Estudos Africanos… Continuar

Pós-graduação em Diplomacia Brasileira e Relações Internacionais

Postado em 18 janeiro 2010 às 13:00 0 Comentários

A pós-graduação em Diplomacia Brasileira e Relações Internacionais da Escola Diplomata, em parceria com o Instituto Supeior de Estudos Pedagógicos (ISEP), além de preparar para o concurso do Itamaraty, também oferece as ferramentas necessárias para a profissionalização do nosso aluno, não somente para o exercício da Diplomacia de Estado, mas também para Diplomacia Empresarial e Social. Ter o título de especialista conta pontos para concursos públicos no Brasil e isso é um diferencial que… Continuar

Mundanismo e política

Postado em 27 outubro 2009 às 15:52 0 Comentários

Talvez poucos concordem com o que vou dizer a seguir. Afinal, hoje em dia, o público e o privado se confundem na política. Ainda mais no Brasil....



Não é nenhuma novidade, pois Joaquim Manuel de Macedo já escrevia em 1868:



“(...) o Brasil é um tio velho e rico, cercado, atropelado por sobrinhos que o devoram, que o reduzem à miséria, e que se dizem patriotas, sem dúvida, porque se consideram donos ou proprietários da pátria”.



Então, vejamos.



A… Continuar

Instruir ou formar ? O debate educacional da revolução de 1930. Texto do blog Direita_Esquerda: História e Culturas Políticas no Brasil. [www.sergiomontalvao.blogspot.com]

Postado em 3 outubro 2009 às 11:30 0 Comentários

A ênfase no aspecto formativo encontrada na reforma do ensino secundário do ministro Francisco Campos em 1931 estava de acordo com as demandas pedagógicas dos principais grupos que buscavam a hegemonia do campo educacional: católicos e renovadores.



Naquele momento, a palavra formação substituía a palavra instrução, utilizada na Primeira República. O fracasso da educação reduzida à mera instrução, conforme a letra e o espírito da Constituição de 1891, sobressai na narrativa de Alceu… Continuar

Caixa de Recados (18 comentários)

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Às 15:06 em 16 novembro 2010, José Eduardo Alves Santos disse...
Olá Sérgio, Saudações!
Advindo de Letras e Linguística, bem como outros cursos, tenho desejo em dialogar com as questões que remetem diretamente ao desenvolvimento humano: o sujeito e sua formação social, política, cultural, intelectual, enfim. Acredito que o curso Estudos Africanos irá corroborar nesta pespectiva, sobretudo pela flexibilidade de dias de aulas e horários. Portanto, caso o referido curso seja oferecido no ano subsequente, fineza me enviar maiores informações.
Cordial Abraço!

José Eduardo (São Paulo)
Às 17:32 em 2 maio 2010, Nathalia Topini Lucas disse...
Gostaria de receber e-mails sobre a pos gradução em RI.


nath.topini@hotmail.com

Qual o nome do curso?
Às 11:48 em 6 janeiro 2010, Osvaldo Johnson Takahara disse...

Às 19:58 em 13 dezembro 2009, Maria Renata disse...
Putz, Sérgio, acredita que eu não consegui me organizar para redigir a proposta de aulas em tempo hábil? Tive uma semana terrível no meu trabalho e não consegui sair antes para escrever uma coisa legal, daí decidi não mandar nada ruim....enfim, perdi essa chance...e, do mais, terminando o ano bem? Estarei no Rio no início do ano, bem que podíamos marcar um café ou um suco, heim? O que acha? MR.
Às 21:54 em 9 dezembro 2009, Maria Renata disse...
Olá Sergio, estou preguiçosa, me manda o texto por e-mail? Gostaria de ler sim! Meu e-mail é mrcduran@bol.com.br. Ademais, estou montando algo para a seleção de substitutto na FGV, acha que tenho chance ou é muito cartas marcadas? Bjns!
Às 10:16 em 3 dezembro 2009, Maria Renata disse...
Olá Sergio,
Talvez não tenha ficado inferior, mais direta...e melhor, o que acha?: Estou muito "Poliana"?
Não li o Koselleck, o que é uma lástima, vou procurar esse texto, quem sabe não descubro algo motivador?
Por aqui, estou procurando um Dominique Julia para ler, mas não encontro o ditinho em nenhuma biblioteca ou livraria...já viu esse cara por aí?

Abs.,

Renata.
Às 17:11 em 19 novembro 2009, Maria Renata disse...
cOMO VÃO AS PESQUISAS?
Às 10:26 em 3 novembro 2009, Jorge Carvalho do Nascimento disse...
Bem vindo ao grupo História de Sergipe.... Não esqueça de colaborar com o grupo, sempre que for possível...
Às 22:47 em 29 outubro 2009, Juliane Castelo Branco disse...
Sérgio,então posso concluir que o Darwinismo social é a relação entre países desenvolvidos e subdesenvolvidos, emergentes, no qual os países de primeiro mundo,fazendo uma analogia com a teoria de Darwin,são os seres que sofreram adaptação ao meio(no nosso caso ao capitalismo) e os de terceiro mundo, são os que não se adaptaram com tanto êxito ao ambiente! A tendência é que os menos adaptados venham ser selecionados negativamente,ou seja,trazendo para a concepção social,ficarão a margem das exigências do mundo contemporâneo,não conseguindo acompanhar o desenvolvimento dos outros, com isso aumentando a disparidade social! Um grande abraço!!Excluir comentário
Às 22:02 em 29 outubro 2009, Juliane Castelo Branco disse...
Oi Sérgio!! Muito obrigada mesmo pela explicação! Me prestou um grande esclarecimento!
Um abraço e bom feriado!!
 
 
 

café história acadêmico

Lançamento: A 13ª Edição da Revista Ars Histórica está no ar cheia de novidades. Nesta edição, os leitores encontrarão o dossiê "Império Português em Perspectiva: Sociedade, Cultura e Administração (XVI-XIX)" apresentado pelo Prof. Dr. Antonio Carlos Jucá, PPGHIS-UFRJ. Clique aqui para conferir na íntegra.

bibliografia comentada

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

Atenção!

O Café História respeita a opinião de todos nos mais diversos espaços da rede. Reserva-se, no entanto, o direito de suspender textos de teor ofensivo, agressivo ou que sustente preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com o bom senso e as leis brasileiras. Se identificar algum conteúdo ofensivo ou comportamentos inadequados, por favor notifique-nos: cafehistoria@gmail.com

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. cafehistoria@gmail.com

dicas de dezembro

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }