O Café História mudou de endereço, plataforma e identidade visual. Clique aqui para conhecer o novo Café História. Nós deixamos de ser uma rede social e somos agora um portal totalmente voltado para a divulgação de história. Nossa principal missão é divulgar o conhecimento histórico produzido nas universidades: para o grande público e para o meio acadêmico. Para entender melhor a mudança, clique aqui. E atenção: o antigo Café História (www.cafehistoria.ning.com) permanecerá online somente até o dia 2 de abril de 2017. Depois disso, todo o seu conteúdo será apagado, inclusive perfis e blogs. Tem algum conteúdo que você queira salvar e não sabe como? Nós temos uma sugestão. Clique aqui e leia o texto até o final. Esperamos contar com você como leitor do novo Café História!

Assine o novo Boletim Café História - receba em seu e-mail nossas novidades

Toda semana nós enviamos um e-mail com as novidades no campo da história e ciências humanas. Quer receber o nosso Boletim Café História? É bem fácil!

Milu Duarte
  • Feminino
  • BH
  • Brasil
Compartilhar

Amigos de Milu Duarte

  • Lúcio Emílio do Espírito Santo
  • BETINHO DUARTE
  • Adalberto Day
  • jose  g. flavio
  • Gerson Yamin
  • Manuel Rolph Cabeceiras
  • Giovanna  Schittini
 

Página de Milu Duarte

Quem sou eu

Economista, especializada na área financeira, adoro história, adoro ler de (quase) tudo (na falta de um bom livro, vale até bula de remédio. Ador a Rússa, sua história, cultura e povo, tendofeito da língua russa uma segunda profissão.

Informações do Perfil

Sobre mim
Adoro ler: sou leitora compulsiva. Adoro a Rússia e sua cultura. Não vivo sem música: adoro ouvir música o dia todo, da clássica, passando pela música russa (óvio!), música italiana e francesa, música árabe e MPB. Adoro História.Sou economista que encontrou na língua russa sua verdadeira vocação.Espírita.
Meus blogs, alguns atualizados e outros não, tudo dependendo do meu tempo e da minha preguiça...

www.russiashow.blogspot.com
www.espacodeculturalivre.blospot.com
tehyscrivellari@gmail.com
Atividade profissional
outro
Formação
Graduado
País
Brasil
Estado
MG
Cidade
bh

Caixa de Recados (3 comentários)

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Às 20:54 em 4 novembro 2015, Lúcio Emílio do Espírito Santo disse...

Sim, Milu, Stálin é alvo de falsificação mesmo pelos supostos comunistas. Trotsky não foi tirado da história. Ele foi chamado de traidor, assim como muitos outros.

Às 14:43 em 4 novembro 2015, Lúcio Emílio do Espírito Santo disse...

Essa matéria sobre Stálin tem muito das falsificações que se faz contra Stálin, ele sim, alvo de falsificação tanto dos anticomunistas quando de seus sucessores.

Às 7:29 em 16 janeiro 2012, jose g. flavio disse...

           

              Bom dia

               E um prazer tela no rol dos amigos apiaxonados por historia.

Blog de Milu Duarte

Filme: Stalin

Postado em 7 novembro 2015 às 19:30 1 Comentar

No meu blog www.russiashow.blogspot.com, andei postando as cartas da Svetlana Alliluyeva, a filha de Stalin e, aproveitando este "gancho", deixo aqui o filme que foi baseado no livro "20 Cartas a Um Amigo", de Svetlana. Testei o link com o dr. Web. Realmente, não baixei, já que possuo o VHS, mas a avaliação de quem já baixou este link é muito boa. A produção não é russa: é coo-produção húngaro-americana, mas posto neste blog por se tratar -não sóda história de Stalin, baseada na obra que venho postando, em doses homeopáticas, aqui, já há tempos, mas de um período importante da história russa. Sinopse: Em 1917, a nação russa alegrava-se com a queda do "Czar". Mas, em pouco tempo, o sonho da democracia no país foi substituído por outro pesadelo: a sangrenta vitória do Comunismo. Quando se pensava que o derramamento de sangue na Rússia havia terminado, em 1924 o ezx-seminarista Josef Stalin subia ao poder e iniciava um reinado de terror, que custaria a vida de quase 50 milhões de pessoas". o filme é premiadíssimo e o elenco você vai encontrar no site de origem, para o qual eu redireciono o leitor do blog para fins de fazer o download: REDIRECIONANDO DOWNLOAD PARA: FILMES ÉPICOS ou baixe aqui:

http://lix.in/-906a62

Primeiro Comercial da TV Soviética: "O Milho Cantante"

Postado em 4 novembro 2015 às 17:07 0 Comentários



Para os soviéticos e aqueles que tiveram a sorte de passear ou viver na extinta União, este post vai servir para matar as saudades. Para os demais - para matar a curiosidade. Para uma parte dos leitores do blog, os que falam russo ou que estudam este idioma, o interesse será dobrado. Para os que não falam a língua, ficam as imagens com comentário no post sobre seu conteúdo, passando um pouco da ideia de como era a vida na URSS.
Uma das maiores vantagens da televisão soviética foi a completa falta de anúncios comerciais, coisa que eu, particularmente, detesto, principalmente  quando, no meio do programa, entra a danada da propaganda, muitas vezes enfadonha ou pouco criativa e, outras vezes, o que é pior - enganosa. Esperava que na TV a cabo isto não existisse: pelo menos, quando ela chegou ao Brasil, esta era a promessa. Ilusão pura. No meio do filme -ei-la, a rainha do capitalismo, a dona propaganda. Claro, na URSS este elemento, praticamente, inexistia (que inveja!).E, quando passava um reclame, possuía sempre um objetivo diferente do criar necessidades, como acontece no modelo ocidental de vida, que tem por rei o mercado e, como vassalos, consumistas compulsivos. Na URSS o comercial televisivo era, via de regra, educativo ou visavam levar até o cidadão (e não ao consumidor) a política econômica do PC, quando suas lideranças julgavam conveniente, a fim de alcançar as metas dos…
Continuar

Os comissários desaparecidos

Postado em 3 novembro 2015 às 18:37 0 Comentários

http://www.indexart.ru/images/img/Prop_komissary_b.jpg




Este livro eu conheci através do Alyocha, grande amigo bielorrusso, e resolvi posta-lo, pois - com toda certeza, constitui material super interessante para todos os que gostam de história e, quem sabe, até para os que não gostam desta disciplina, mas sentem curiosidade em relação a este assunto.

 
O livro trata das falsificações fotográficas e das manipulações da produção artística do período de Stalin. Inicialmente, saiu como matéria em inglês em 1998. Não se preocupem pelo fato dele estar em russo: o importante é que as fotos falam por si mesmos. Basta que prestem muita atenção nos detalhes. Cada "camarada" que caia em desgraça para o camarada mor - Stalin era retirado da foto. Em alguns casos Stalin chega a ficar quase sozinho, após seus "expurgos". Seria cômico se não fosse trágico. 
 
Todas as fotos fazem parte da coleção de David King, que escreve na introdução da obra:
 …
Continuar

Museu Maiakovski, em Moscou

Postado em 2 novembro 2015 às 15:35 0 Comentários

O Museu Maiakovski, um dos mais diferentes e originais de Moscou, situado na praça da Lubianka, é um dos passeios obrigatórios que o turista que visita a capital russa deve fazer. Tanto pela importância histórica, quanto literária e cultural de Vladimir Maiakovski. Como diz a apresentadora do vídeo postado a seguir, "a excursão pelo Museu Maiakovski é parte de um processo educativo que nunca acaba". O museu apresenta as cartas, os desenhos, objetos pessoais do poeta, tudo numa disposição meio anárquica, refletindo o pensamento tumultuado de Vladimir Maiakovski.Em suma, este museu procura retratar o mundo, o pensamento e a época do poeta russo, homem sempre atual,de sentimentos intensos e coração ardente.
Me furto à tentação de colocar sua biografia neste post, salientando, apenas, que além de poeta, ele era um desenhista de primeira, assim como seus país e irmã.Durante os anos da guerra civil, se dedicou a fazer desenhos para cartazes de propagandas. Fez, também, mais tarde, campanhas institucionais e propagandas para divulgação da poesia. Muitos de seus desenhos eram de cunho satírico. Deixo alguns de exemplo neste espaço.
Lembrem-se disto, camaradas! é único o vosso partido

dos…
Continuar
 
 
 

Boletim Café História

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }