Maria de Deus Oliveira
  • Feminino
  • MANAUS/am
  • Brasil
Compartilhar Twitter

Amigos de Maria de Deus Oliveira

  • Lustato Tenterrara
  • LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA
  • Lucimary Vargas
  • Seloé Pacheco
  • José Tadeu Silva do Nascimento
  • Bruno Leal
 

Página de Maria de Deus Oliveira

Informações do Perfil

Atividade profissional
Professor
Formação
Pós-Graduado (L.Sensu)
Cidade
Manaus

Blog de Maria de Deus Oliveira

Feliz Natal!

Postado em 24 dezembro 2011 às 14:40 0 Comentários

O natal está chegando e peço de presente ao papai Noel para todos nós: muita paz, muita saúde, muitas alegrias, muitas felicidades, e que o AMOR, seja o grande renascimento em nosso espírito, para nos sintonizar sempre em partilhar solidariedade, compaixão – o mais nobre dos sentimentos, a fraternidade que intui para a união, e deixar fluir de nossos corações apenas os mais sagrados sentimentos humanos e que consigamos fazer sempre pelo próximo apenas o que desejamos receber para…

Continuar

Caixa de Recados (6 comentários)

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Às 19:10 em 28 novembro 2013, ISRAEL SÉRGIO disse...

Às 11:39 em 5 janeiro 2009, LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA disse...
Muitíssimo obrigado. Esteja com deus. Indo vê minha irmão em Manaus, lhe procuro.
Às 9:28 em 5 janeiro 2009, LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA disse...
BOM DIA MARIA DE DEUS. Fico contente com seu comentário ele é a coisa mais importante da rede e do mundo. Feliz 2009 junto a seus entes.
Às 15:13 em 24 dezembro 2008, LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA disse...
BOA TARDE MARIA. FELIZ NATAL PRA VC. SOU AMIGO DE OUTRA REDE, MAIS FUI MUITO MAL RECEBIDO PELO CRIADOR, QUE PENA, USAMOS A REDE E A NET PARA AUMENTAR NOSSO RELACIONAMENTO E NOSSO CONHECIMENTO, MAS PESSOAS NÃO ACEITAM TAL ARGUMENTO.
Às 10:33 em 30 setembro 2008, Ernesto Neto- CUBA LIVRE disse...
FONTE PARA PESQUISA:
Sugiro o site do ARCHIVO CUBA (=ARQUIVO CUBA), elaborado por refugiados cubanos nos EUA. Muitos deles foram prisioneiros políticos, torturados, tiveram familiares e amigos mortos durante o regime totalitário castrista.
Clique aqui para ir ao site do ARCHIVO CUBA
Neste site encontra-se todos os dados detalhados e documentados sobre os mortos e desaparecidos em Cuba.
Recomendo.
Abraços,
Ernesto
Às 13:32 em 28 setembro 2008, Seloé Pacheco disse...
Cara Amiga
Li e estou deacordo com sua contribuição.Os cubanos saõ meros expectadores das belezas e confortos que Cuba oferece aos seus
visitantes e donos do poder,"Fidel e curriola".............Povão apenas aparência de uma Cuba livre e mãe de todos cubanos................
Abraços.
 
 
 

Links Patrocinados

EVENTO EM DESTAQUE

café história acadêmico

História Regional: Confira na íntegra a nova edição da Revista de História Regional. A RHR foi fundada em 1996 e desde o primeiro volume tem disponibilizado gratuitamente todo o seu conteúdo pela internet. O periódico é uma publicação do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em História (Mestrado em História, Cultura e Identidades) da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Possui Qualis B1

Cine História

O Abutre

Acaba de chegar aos cinemas brasileiros um dos filmes mais aguardados do ano: “O Abutre”, de Dan Gilroy. O filme é uma crítica mordaz aos meios de comunicação contemporâneo, escancarando o abandono da ética e da moralidade na cobertura jornalística. Mas a mídia não é o único alvo do filme. “O Abutre” - com atuação visceral de Jake Gyllenhaal - é uma crítica a lógica moderna de gestão que rege a vida moderna, não importante a área ou profissão. 

Sinopse: Enfrentando dificuldades para conseguir um emprego formal, o jovem Louis Bloom (Jake Gyllenhaal) decide entrar no agitado submundo do jornalismo criminal independente de Los Angeles. A fórmula é correr atrás de crimes e acidentes chocantes, registrar tudo e vender a história para veículos interessados.

Parceiros


Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }