Página de J. L. dos Anjos.

Informações do Perfil

Sobre mim
Professor do Curso de Bacharelado em Educação Física da UFES e do Programa de Pós Graduação Stricto Sensu do CEFD/UFES. Pesquisa em: Esporte e Cultura e Futebol e Cultura.
Atividade profissional
Professor, Pesquisador
Formação
Doutor
Cidade
Vila Velha

Blog de José Luiz

Descendentes de escravos? Existem??

Postado em 5 outubro 2012 às 17:46 5 Comentários

Vejam... muitos autores falam de descendentes de escravos... isso ocorre quando tratam e falam de comunidades quilombolas. Agora vejam: ser escravo é uma relação de contrato da mão-de-obra oferecida e a recompensa por ela.
Nesse caso falar que é descendente de escravos.. é o mesmo falar que é descendente de canavieiro, produtor rural... de lavrador... ou de professor... de engenheiro.. ou seja de alguma profissão...
Quando vão reparar esse equívoco da história??

Caixa de Recados (10 comentários)

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Às 22:09 em 2 julho 2011, Diana Tavares disse...

Oi, Luiz

 

Passei muito tempo sem acessar esse site. Você ainda esta interessado na temática o corpo na literatura feminina brasileira do século XIX? Tem muitos estudos sobre como o corpo esta representando nos romances das autoras a partir de 1850...

 

Abr. Diana

Às 20:18 em 24 abril 2009, Clarice Borges Mendes disse...
Escravidão,
Faço minha pesquisa sozinha
(A historiografia da escravidão no Alto Sertão da Bahia, uma análise comparativa)
E vc, pesquisa o quê?
Às 9:42 em 15 dezembro 2008, Nega Jêje disse...
Olá!

para vc ficar sabendo mais um pouco sobre o nosso trabalho visite o nosso blog
www.casadoboneco.blogspot.com

Axé!

Dani
Às 14:45 em 14 dezembro 2008, Tereziana disse...
obrigada pelo convite.Agora podemos trocar conhecimentose experiencias
Às 14:42 em 14 dezembro 2008, Tereziana disse...
ola,obrigada pelo convite.Agora podemos trocar conhecimentos e experiencias
Às 8:09 em 14 dezembro 2008, Tereziana disse...
oi tudo bem .Obrigada pelo convite.Agora iremos trocar ideias e conhecimentos.Um abraço.
Às 20:48 em 13 dezembro 2008, Tereziana disse...
ola obrigada pelo convite podemos agora trocarmos conhecimentos e experiencias
Às 20:38 em 13 dezembro 2008, Tereziana disse...
obrigada pelo convite podemos trocar conhecimentos e experiencias
Às 18:05 em 13 dezembro 2008, Diana Tavares disse...
Oi, José Luiz!!!

Obrigada pelo contato. Diga ai, o que vc conta ...!

abraços fraternos.
Às 19:34 em 9 dezembro 2008, janete ferreira disse...
tudo bem ..desculpe pq demoro a responder ...que bacana que vc e professor..eu sou professora tambem, mas no ensino medio.....um dia chego no superior...eu trabalho na area de cultura e arte..na verdade da historia da arte....
me formei primeiro em pedagogia e depois em artes, ai uni o util ao agradavel...mas na verdade sempre fui amante da historia.............
estou querendo fazer um projeto de mestrado sobre os indigenas guaranis aqui no PR...o que tu achas
bjao
 
 
 

Links Patrocinados

documento histórico

Versão digitalizada do decreto que aboliu a escravatura no Brasil, dando origem à Lei Áurea. O documento é assinado pela Princesa Imperial Regente Isabel, pelos senadores Primeiro Vice-Presidente Antônio Candido da Cruz Machado, Primeiro Secretário Barão de Mamanguape e pelo Segundo Secretário do Joaquim Floriano de Godoi. O manuscrito original faz parte do acervo do Arquivo do Senado Federal. Faça aqui o download em alta resolução desta importante peça da História do Brasil: http://goo.gl/ewCcee

Conteúdo da semana

Depoimento do coronel reformado do Exército, Paulo Malhães, ex-agente do Centro de Informação do Exército, que atuou em diversas missões de extermínio de opositores da ditadura e também na Casa da Morte. No depoimento, ele admite tortura, mortes, ocultações de cadáveres e mutilações de corpos.

Cine História

Cortinas Fechadas

Chega aos cinemas brasileiros o drama iraniano dirigido por Kambolza Partovi e Jafar Panahi, “Cortinas Fechadas”.

Sinopse: Vivendo em prisão domiciliar após ter sido condenado pela justiça iraniana, sob a acusação de denegrir a imagem do governo do presidente Mahmoud Ahmadinejad com seus filmes, o cineasta Jafar Panahi tem seu cotidiano apresentado neste filme.

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. Teremos o prazer em ajuda-lo(a):

Nosso email: cafehistoria@gmail.com

Parceria: NIEJ-UFRJ

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }