Egnaldo Ferreira
  • Masculino
  • Delmiro Gouveia, AL
  • Brasil
Compartilhar Twitter
  • Blogs de Participantes
  • Tópicos (10)
  • Grupos (3)
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Egnaldo Ferreira

  • jacqueline santucci lavezzo
  • Márcia Barbosa Silva
  • Reinaldo Seriacopi
  • Bruno Leal
 

Página de Egnaldo Ferreira

Informações do Perfil

Atividade profissional
Professor
Formação
Pós-graduado
Estado
AL
Cidade
Delmiro Gouveia

Caixa de Recados (5 comentários)

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Às 9:43 em 6 agosto 2014, Bruno Leal disse...

Bom dia, Egnaldo!

Quero agradecer a sua participação nos espaços de debate do Café História.

Obrigado por contribuir com o espaço! Sinta-se em casa por aqui.

Abraço e uma ótima semana para ti!

Às 17:53 em 29 julho 2014, SERGIO ROBERTO disse...

Egnaldo, me tire uma duvida:

Na República Velha (1889 - 1930) os trabalhadores das fazendas dos

"coronéis" não eram mais os antigos escravos que a lei da Abolição

libertou, mas sim camponeses, eles eram livres perante a lei, mas

na prática, sofriam varios abusos, como o voto de cabresto, minha

pergunta é:

Quem eram esses camponeses "livres" das fazendas dos "coronéis"

na República Velha:

1º os imigrantes europeus que vieram substituir os escravos ?

2º os ex escravos ?

3º gente daqui do Brasil mesmo ? (pessoas "brancas" e pobres

brasileiras...)

Quem eram eles ???

observação: no caso de serem os imigrantes europeus, eles

eram vítimas do voto de cabresto ??? eles sofriam ESSE A-

BUSO ESPECIFICAMENTE por parte do "coronel" ???

Abraço

Às 21:51 em 4 julho 2012, Bruno Duarte Guimarães Silva disse...

Olá Egnaldo Ferreira, deixei um comentário sobre o seus apontamentos ao texto do Prof. Jurandir Malerba (Ser historiador no Brasil do século XXI). Seria bom se continuássemos com o debate. Abraços, Bruno 

Às 19:31 em 27 outubro 2011, jacqueline santucci lavezzo disse...

Olá Egnaldo,

Fiquei feliz em saber q me adicionou como amiga no Café História.

Espero nos conhecer melhor e sermos amigos.

Grata.
Jacquelien

Às 22:21 em 20 fevereiro 2008, Arquivo Café História disse...
Olá, Egnaldo! Seja bem-vindo ao Café História!

Na sua página pessoal (“Minha Página”) você pode criar um blog sobre História clicando em "criar um blog", no box verde, ou em "Adicionar mensagem de post", que aparece no alto da tela acompanhado de um sinal de + na cor verde.

As atualizações do seu blog aparecem na página principal, o que dá mais visibilidade para seu texto!

Para colaborar com essa rede, você pode responder aos fóruns e fazer upload de vídeos e fotos de momentos marcantes da História ou de conteúdos afinados com a comunidade. Estas opções estão marcadas com um sinal de "mais" verde na página principal.

Crie ou participe dos grupos para discutir assuntos mais específicos. Os grupos disponíveis estão listados na lateral direita da página principal.

Na mesma página, as dicas de livros, filmes e eventos, bem como o artigo da seção "Texto Café História", a enquete e as notícias sobre História são atualizados periodicamente.

E para indicar para mais amigos, clique em Convidar no alto da página. Basta inserir cada e-mail separado por vírgula! ;o)

Mas lembre-se, todo o conteúdo adicionado deve se ater à História e seus temas correlatos!

Uma comunidade só funciona se cada um participar, portanto pegue seu café e aproveite a variedade! Escreva! Comente! Troque idéias!

Obs. Mais dúvidas, consulte o "Tutorial Café História", na página principal da Rede.
 
 
 

Links Patrocinados

Cine História

Não pare na pista

Chega aos cinemas brasileiros o aguardado filme cinebiografia de Paulo Coelho, "Não pare na pista -  a melhor história de Paulo Coelho", dirigido por Daniel Augusto. 

Sinopse: Cinebiografia de Paulo Coelho, o filme se concentra em três momentos distintos da carreira do escritor: a juventude, nos anos 1960 (período em que é vivido pelo ator Ravel Andrade); a idade adulta, nos anos 1980 (Júlio Andrade); e a maturidade, em 2013, quando refaz o Caminho de Santiago (Júlio Andrade, maquiado). Usando como base depoimentos do próprio Paulo Coelho, a história perpassa os momentos mais marcantes da vida do autor, como os traumas, a relação com as drogas e a religião, sexualidade e a parceria com o músico Raul Seixas.

café história acadêmico

Ensino de História: Confira o artigo “A guerra das narrativas: debates e ilusões em torno do ensino de História”, da historiadora Christian Laville, da Universidade Lava, Quebec. Resumo: Em quase todas as partes do mundo, os programas escolares exigem que o ensino da história desenvolva nos alunos a autonomia intelectual e o pensamento crítico. Há muito tempo não se vê mais a missão de incutir nas consciências uma narrativa única glorificando a nação ou a comunidade. No entanto, quando o ensino da história é questionado nos debates públicos, é sempre com referência a esse tipo de narrativa: embora não fazendo mais parte dos programas, esse continua sendo o único objeto dos debates. Este artigo dá inúmeros exemplos atuais de tais debates, antes de concluir que são provavelmente vãos e que as pessoas se iludem sobre os efeitos reais da história ensinada. Alguns exemplos também são dados a esse respeito. Clique aqui para acessar.

EVENTO EM DESTAQUE

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }