Débora Ataíde Reis
  • Feminino
  • Alagoinhas Bahia
  • Brasil
Compartilhar Twitter
  • Blogs de Participantes
  • Tópicos
  • Grupos (1)
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Débora Ataíde Reis

  • Anna Paula Figueiredo Oliveira
  • Emmanuel Fernandes
  • Dr. Edward Hoffman

Grupos de Débora Ataíde Reis

 

Página de Débora Ataíde Reis

Informações do Perfil

Atividade profissional
outro
Formação
Graduando
Estado
Bahia
Cidade
Alagoinhas

Caixa de Recados (3 comentários)

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Às 21:17 em 13 setembro 2013, Maria de Fátima Novaes Pires disse...

Débora, a entrega do trabalho final tem prazo até amanhã, isto porque o sistema de lançamento de notas será fechado no 14. Envie para o meu email, ok? 

Um abraço,

Fátima

Às 18:17 em 19 dezembro 2012, Larissa de Almeida Reis disse...
Olá Débora, tudo bem? eu sou Larissa de Ibiporã - PR, eu estou participando deste blog porque queria falar com você. O meu avô Jardelino Reis é da bahia mais vive aqui há muitos anos e já de idade queria procurar seus filhos que deixou ai quando veio embora, meu pai esta procurando parentescos dele e achou seu perfil na internet e pensamos que talvez pela coincidencia dos nomes e da cidade pudessemos encontrar algo sobre os seus filhos ou netos.
Você tem alguma pagina que possamos nos falar melhor? e-mail, facebook, fico no aguardo.
Às 15:14 em 22 maio 2012, João Roberto Laque disse...

Olá:

Enquanto a Comissão da Verdade é instalada em Brasília, um herói desconhecido de nossa história inspirou o livro que está servindo de guia para quem quer saber tudo sobre as ações guerrilheiras que atazanaram os militares durante os Anos de Chumbo.

Dê uma olhada na obra em guerrilhanobrasil.blogspot.com.br/

 
 
 

Links Patrocinados

Cine História

Sobrevivente

Chega aos cinemas o filme islandês "Sobrevivente", de Baltasar Kormákur. 

Sinopse: Durante o inverno de 1984, um barco pesqueiro naufraga no Atlântico Norte, nas proximidades da Islândia. Os tripulantes tentam sobreviver, mas as águas geladas impedem que essa tarefa seja facilmente concluída, restando apenas Gulli (Ólafur Darri Ólafsson), um homem bom, de fé, querido por todos, e com uma vontade de viver inacreditável. Após nadar por cerca de seis horas e enfrentar vários percalços, ele consegue contato com a civilização. Após a incrível experiência vivida, Gulli terá ainda que viver com a dor da perda dos amigos e, pior, a incredulidade de todos, que não entendem ele ter sobrevivido a uma situação tão extrema e insistem em fazer testes para saber como isso pode ter acontecido. Baseado em fatos reais.

documento histórico

Guerra do Paraguai: Prédios paraguaios após a Guerra do Paraguai s.l., [186-]. Arquivo Polidoro da Fonseca Quintanilha Jordão. Fonte: Arquivo Nacional

Conteúdo da semana

Leituras da escravidão: O mini-documentário 'Leituras da Escravidão' aborda a escravidão na província do Paraná através do relato de estudantes de História da Universidade Federal do Paraná, que pesquisam o tema em processos judiciais do século XIX no Arquivo Público do Paraná

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }