Cássia Guidin
  • Feminino
  • Paraná
  • Brasil
Compartilhar
  • Blogs de Participantes
  • Tópicos
  • Grupos (8)
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Cássia Guidin

  • Isabela Pimentel
  • Amanda Rodrigues
  • Marcos da Cruz Alves Siqueira
  • Rodrigo Taddeu da Silva
  • Débora Fernandes de Paiva
  • Davi Malafaia Rabelo
  • Wesley Silva Bandeira
  • Thaís Carolina Pigosso
  • Vanderlei Amboni
  • Gilberto
  • Pola
  • Nayara  Felizardo
  • Carla de Fátima Chandelier
  • Gustavo Soares de Lima
  • C. L. Santos
 

Página de Cássia Guidin

Informações do Perfil

Sobre mim
Sou acadêmica do 4 ano de história, faço parte de um projeto de história da África, mas precisamente na área das religiões de Umbanda e Candomblé....é uma tarefa e tanto mais gosto do que eu faço!
http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=13250146069794189747
Atividade profissional
Historiador, Estudante, Pesquisador
Formação
Graduando
Cidade
Paranavaí

Caixa de Recados (9 comentários)

Você precisa ser um membro de Cafe Historia para adicionar comentários!

Entrar em Cafe Historia

Às 12:16 em 18 fevereiro 2010, C. L. Santos disse...
oi sumida^^
Às 14:32 em 6 agosto 2009, C. L. Santos disse...
^_^
Às 15:39 em 29 julho 2009, Diogo Nunes disse...
Bem-vinda ao História & Psicologia! :)
Às 14:56 em 28 julho 2009, Gilberto disse...
Duas coisa importantes sobre o sincretismo, uma literária Clara dos Anjos de Lima Barreto, e outra sobre o catolicismo e os sincretismo vc tem que passar rapidamente pela Ordem terceira dos Rosários dos Pretos, ( era ela que comprava as cartas de alforria e que em muito facilitou o sincretismo) e outro livro bom porem tendencioso sobre o estudo dos africanos, mais importante ler e Os Africanos No Brasil, de Nina Rodrigues, e o candomblé na Bahia da Brasiliana. Qualquer coisa tcla. bj
Às 8:37 em 28 julho 2009, Gilberto disse...
Casia vc já estudou sobre a pequena Africa no Rio de Janeiro, figuras como Sinhõ e Rei Oba , e de como o samba e o cambomblé, se desenvolveram naquela região do rio no século XIX.
Às 8:28 em 28 julho 2009, Gilberto disse...
oi cassia eu atualmente trabalho na area de cognição e auto-organização, história da educação e história militar e vc Cássia.
bj
Às 15:10 em 26 julho 2009, Gilberto disse...
tb sou do PR aqui de CWB sou coordenador de EAD e Avaliador do MEC, supervisor de ensino do Colégio Militar, bom ter o pessoal do PR na REDE.
Às 21:46 em 20 junho 2009, Nayara Felizardo disse...
oi pessoa acessível =b
Às 16:25 em 20 junho 2009, Pola disse...
Cássia Camilaa!
 
 
 

Links Patrocinados

EVENTO EM DESTAQUE

café história acadêmico

FIFA: Na última semana, o escândalo envolvendo a FIFA, entidade máxima do futebol, ganhou o noticiário internacional. Neste sentido, o Café História sugere a leitura da tese de doutoado de Sérgio Settani Giglio, da USP, intitulada "COI x FIFA: a história política do futebol nos jogos olímpicos". Esta tese, segundo o autor, trata da constituição do campo esportivo (BOURDIEU, 1983) do futebol nos Jogos Olímpicos. Clique aqui para conferir. 

bibliografia comentada

Cine História

Crimes Ocultos

Está em cartaz nos cinemas brasileiros o filme “Crimes Ocultos”, do diretor Daniel Espinosa ( “Protegendo o Inimigo”). O filme, que é uma produção entre Estados Unidos, República Tcheca, Reino Unido e Romênia, traz no elenco nomes como Tom Hardy e Gary Oldman.  

Sinopse: Durante o governo stalinista na União Europeia, um oficial da segurança ouve falar de um país onde o número de assassinatos de crianças é muito alto, a ponto de se considerar a existência de um serial killer. O Estado não quer saber do caso, que pode ter conexões com altos funcionários do governo, e exila o oficial para que ele não possa prosseguir com a análise dos fatos. No entanto, este homem obstinado decide chamar a sua esposa para investigarem o caso por conta própria.

Parceiros


Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2015   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }