Informação

Profeta Gentileza

Gentileza, o Profeta do Amor-r-r-r e da Solidariedade Humana, foi uma figura emblemática de seu tempo: Tempo de Gentileza.

 

 

No dia 17 de dezembro de 1961, na cidade de Niterói, houve um grande incêndio no circo "Gran Circus Norte-Americano", o que foi considerado uma das maiores tragédias circenses do mundo. Neste incêndio morreram mais de 500 pessoas, a maioria, crianças. Na antevéspera do Natal, seis dias após o acontecimento, José acordou alegando ter ouvido "vozes astrais", segundo suas próprias palavras, que o mandavam abandonar o mundo material e se dedicar apenas ao mundo espiritual. O Profeta pegou um de seus caminhões e foi para o local do incêndio. Plantou jardim e horta sobre as cinzas do circo em Niterói, local que um dia foi palco de tantas alegrias, mas também de muita tristeza. Aquela foi sua morada por quatro anos. Lá, José Datrino incutiu nas pessoas o real sentido das palavras Agradecido e Gentileza. Foi um consolador voluntário, que confortou os familiares das vítimas da tragédia com suas palavras de bondade. Daquele dia em diante, passou a se chamar "José Agradecido", ou simplesmente “Profeta Gentileza”. {Wikipédia}

Local: Rio de Janeiro
Membros: 5
Última atividade: 8 Jan, 2016

Auto-Crítica

"Esbarrei" centenas de vezes com ele no centro do Rio. Muito jovem, ali trabalhava. Confesso, apesar da compaixão que experimentava (sentimento nobre), nunca consegui dimensioná-lo em sua grandeza. Falava-se que havia perdido a família num incêndio em Niterói e enlouquecera. Aceitei aquela versão sem questionar. Interessante que a época era de questionamentos. Mas eu só tinha olhos para o grande destino do Homem enquanto Ser Coletivo. Percebia o restante como mera conseqüência. E aquele homem concreto, diante de mim, não estava investido de concretude. Apenas um lunático, nada mais. Jamais me detive na sua escritura. Quem sabe, Escritura? Quantas vezes ouvi a sua voz, a sua pregação, defrontei-me com seus estandartes e com aquele olhar sereno e bondoso. A figura humana era tocante. Mas sua mensagem não conseguia atingir-me. 
Hoje, depois de décadas, percebo o meu equívoco. E o lamento. Tarde demais. O Profeta Gentileza não se encontra mais entre nós. 
Contudo, deixo o meu testemunho. Triste e absolutamente verdadeiro. Sem retoques. Trata-se da voz da emoção. Da voz da maturidade. Quando garoto, apesar de privilegiado em termos de referências culturais, ainda não estava preparado para compreender a grandeza dos iluminados enquanto indivíduos. 
Ironia do destino: tornei-me psicanalista. Hoje, mais do que nunca, meu olhar seria diferente. Mais do que compaixão, poderia sentir o encontro com Gentileza com - paixão.


Wladimir Gomide

 

Fórum de discussão

Este grupo ainda não possui nenhum tópico.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Profeta Gentileza para adicionar comentários!

 
 
 

café história acadêmico

Lançamento: A 13ª Edição da Revista Ars Histórica está no ar cheia de novidades. Nesta edição, os leitores encontrarão o dossiê "Império Português em Perspectiva: Sociedade, Cultura e Administração (XVI-XIX)" apresentado pelo Prof. Dr. Antonio Carlos Jucá, PPGHIS-UFRJ. Clique aqui para conferir na íntegra.

bibliografia comentada

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

Atenção!

O Café História respeita a opinião de todos nos mais diversos espaços da rede. Reserva-se, no entanto, o direito de suspender textos de teor ofensivo, agressivo ou que sustente preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com o bom senso e as leis brasileiras. Se identificar algum conteúdo ofensivo ou comportamentos inadequados, por favor notifique-nos: cafehistoria@gmail.com

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. cafehistoria@gmail.com

dicas de dezembro

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }