OOs fenícios também foram a primeira sociedade de nível estatal a fazer uso extenso do alfabeto; o alfabeto fonético fenício é tido geralmente como o ancestral de todos os alfabetos modernos. Os fenícios falavam o fenício, que pertence ao grupo de línguas cananeias da família linguística semita. Através do seu comércio marítimo, difundiram o uso do alfabeto pelo Norte da África e pela Europa, onde foi adaptado pelos antigos gregos, que por sua vez o repassaram para os etruscos e romanos. Além de suas muitas inscrições, os fenícios teriam deixado diversos outros tipos de fontes escritas, que não sobreviveram à passagem do tempo.

Exibições: 172

Anexos

Links Patrocinados

EVENTO EM DESTAQUE

café história acadêmico

Cine História

Noites brancas no píer

Acaba de chegar aos cinemas brasileiros o filme francês “Noites brancas no píer”, de Paul Vecchiali. 

Sinopse: No píer de uma cidade portuária, uma jovem mulher espera o homem de sua vida. Todos os dias, um homem, que está passando por um período sabático, caminha pela região. Depois de quatro noites, eles começam a conversar. Ele se apaixona pela mulher, mas precisa ir embora da cidade. Além disso, o homem que ele tanto esperava, aparece.

Parceiros


Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

Parceria: NIEJ-UFRJ

© 2015   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }