História do Império Russo

Informação

História do Império Russo

Grupo dedicado ao estudo do Império Russo (1721-1917) e ao estudo da Dinastia Romanov.

Local: Portugal
Membros: 59
Última atividade: 12 Jun, 2016

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de História do Império Russo para adicionar comentários!

Comentário de Milu Duarte em 31 outubro 2015 às 14:48

Convido a todos deste grupo para visitarem minha página no Café História, na qual posto os itens constantes do meu blog Russia Show, dedicado à Rússia, sua cultura e história, incluindo o período soviético.

Comentário de umbelina rosa em 28 novembro 2012 às 8:59

No imperio ruso existia um dito "vocee vai acabar ussando o ggorro do tzar" ,isso signficaba ir para o exercito,por que ir para o mesmo significaba o pior que poderia acontecer com uma pessoa ,por que a vida ali era um  verdadeiro inferno,muitos eram comdenadas a penas de carcere e depois os faziam completar a pena ali ,o escrito Feodor Dostoieswski ccumpriu o final da pena na siberia ,com cuatro anos de servicco no mesmo exercito do tzar.

Comentário de umbelina rosa em 25 novembro 2012 às 12:58

Durante la rusia pre revolucionaria ,fue comun que los nobles hhablarran frances ,se nutrieran de la cultura francesa compraran libros para sus bibliotecas,escucharan compositorres franceses y muchos fueron a estudiar a francia,por eso muchos historiografos rusos utilizan ese argumento para establecer que  ese fue uno de los motivvos de la revolucio rusa.Pero no debemos olvidar que aqui en sudamerica fue muy comun que los hijos de las oligarquias patricias hicieran lo mismo,pero no por  eso los condenamos ,lo que ocurre es que Paris era la cuna de la cultura internacional sobr todo durante el SXIX y gran parte del XX.

Comentário de umbelina rosa em 22 novembro 2012 às 20:32

Rasputin o el monge loco como lo llamaron fue un personaje oscuro que como bien dice la historia paso como una persona nefasta para la familia real,destruyo su reputacion que le llevo 300 años crear,una época de esplendor donde el hhonor,los valores,las buenas costumbres fueron enterradas para ssiempre,los pocos descendientes que quedan son reminiscencias de un pasado que se apago con los ultimos valses en el palacio del zar.E zarismo  supo articular y gobernar un gran imperio que iba hasta los confines de la frontera con china ,fue una potencia que supo articular la poitica de su tiempo.

Comentário de Isabel Santos em 22 novembro 2012 às 12:21

É com muito orgulho, que entro como membro nesse grupo, pois trás a minha lembrança a Última Família Real da Rússia, sobre os quais tenho um blog, vídeos e fotos.

Isabel Santos.

Comentário de Paulo Henrique Santos da Silva em 8 junho 2012 às 20:09

A história do Imperio Russo e dos Romanovs é encantadora aos detalhes da história. História de uma monarquia e alta nobreza não mais suportadas a plebe esquecida. Romantica e trágica, excêntrica e tradicional, fornece aspectos históricos de grande avalia para entendermos melhor o presente e o curso até ele.

Gostaria de reunir informações sobre os esforços das nações ocidentais e do Império Japonês para a libertação dos Romanovs já presos em cativeiro.

Comentário de Rômulo da Gana Silva Felipe em 24 maio 2011 às 10:46

Adorei saber da existência desse grupo! Sempre gostei de hisótira russa e dos Romanov. Imagino que um tema instigante seriam os governos de mulheres durante o século XVIII, quase sempre por usurpação. Não esqueçamos de que Catarina II, a Grande, não era uma Romanov (assim como, provavelmente, seu filho, Pavel/Paulo - I).

O Professor Luis Fernando Silva Pinto, da Escola de Administração da FGV, não é historiador, e escreveu seu livro "A Estratégia Romanov e os Meninos Falcão" para administradores, mas é uma delícia de ler os conhecimentos históricos que ele apresenta. Segundo ele, até o reinado de Teodoro I, irmão de Ivan VI, e Pedro I, o Grande, as mulheres não conviviam com os homens na corte russa. Apenas a abolição desse costume, e a adoção de hábitos cortesãos "à européia", o que significava, no século XVII, "à francesa", é que permitiu não apenas a regência de sua irmã, Sofia, durante a minoridade de seus irmãos, como também o governo de mulheres no speculo XVIII.

 

Só para constar, após a morte de sua mãe, Paulo I instituiu a lei sálica na rússia, para que mulheres como ela jamais voltassem a usurpar o trono.

Comentário de Jose Antonio Barros Freire em 1 agosto 2010 às 22:22
Agradeço o convite Luiz .
Abraços a todos.
Comentário de Tereza Cristina de OLiveira em 10 abril 2010 às 13:12
Boa tarde, Luiz !
Obrigada pelo convite . Será bastante instigante participar deste grupo.
abs
Comentário de Sandra Gomes em 6 abril 2010 às 9:58
Obrigada pelo convite, Luis. Um abraço a todos.
 

Membros (59)

 
 
 

café história acadêmico

Lançamento: A 13ª Edição da Revista Ars Histórica está no ar cheia de novidades. Nesta edição, os leitores encontrarão o dossiê "Império Português em Perspectiva: Sociedade, Cultura e Administração (XVI-XIX)" apresentado pelo Prof. Dr. Antonio Carlos Jucá, PPGHIS-UFRJ. Clique aqui para conferir na íntegra.

bibliografia comentada

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

Atenção!

O Café História respeita a opinião de todos nos mais diversos espaços da rede. Reserva-se, no entanto, o direito de suspender textos de teor ofensivo, agressivo ou que sustente preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com o bom senso e as leis brasileiras. Se identificar algum conteúdo ofensivo ou comportamentos inadequados, por favor notifique-nos: cafehistoria@gmail.com

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. cafehistoria@gmail.com

dicas de dezembro

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }