Informação

História do Ateísmo

Espaço destinado à discussão do movimento ateísta e seu percurso histórico.

Membros: 74
Última atividade: 17 Nov, 2015

Fórum de discussão

Vivemos em uma alienação religiosa?

Iniciado por Lucas Antonio P.Q. Cambiaghi. Última resposta de Marcelo Gomes da Silva Bruno 17 Nov, 2015. 170 Respostas

Desde muito tempo a religião, crença e doutrinas e muitas outras existem perante nós, já aconteceram coisas excelentes, já ocorreram guerras. A vida seria melhor se acreditássemos no esforço do homem, ou deixar que alguma divindade direcione nossas…Continuar

O que pensam sobre a ATEA (Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos)?

Iniciado por Lucas Antonio P.Q. Cambiaghi 24 Jan, 2014. 0 Respostas

Caros amigos, tenho visto recentemente em alguns canais de divulgação o presidente da ATEA (Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos) Daniel Sottomaior, em debates juntamente com religiosos sobre ateísmo e outras religiões. Não sei se realmente a…Continuar

Ateísmo e o Mito da Caverna

Iniciado por Tatiana Petrov. Última resposta de Lucas Antonio P.Q. Cambiaghi 6 Fev, 2013. 10 Respostas

Alguém conhece o "Mito da Caverna" (Trata-se da exemplificação de como podemos nos libertar da condição de escuridão que nos aprisiona através da luz da verdade). Será que os céticos…Continuar

Tags: Debate, Ceticismo, Religião

A posição de Edir Macedo em relação ao aborto

Iniciado por Stefano. Última resposta de Brancaleone 25 Nov, 2012. 4 Respostas

Edir Macedo não é exemplo moral, mas concordo em certos pontos com ele no caso do aborto.…Continuar

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de História do Ateísmo para adicionar comentários!

Comentário de jucemir rodrigues da silva em 8 fevereiro 2013 às 15:30

Para Samuel da Silva Alencar.

“Respeito todas as opiniões.Creio em um ser superior,criador do Universo e tudo o que nele há.Seu nome:Deus.”

Em rigor, seu nome é legião. O cara tem muitos nomes : Caos, Olorum, Odin, Alah, Brahma, Tecuciztecatl, o casal Izanagi-Izanami, Udan, Marduk, Ormuz, Elohim, e por aí vai.

Façam suas apostas. No “Dia de Ragnarok” – com perdão da metonímia (parcial, como toda metonímia) – veremos quem tem razão...(Ou não – como diria Caetano Veloso.).

Comentário de Lucas Antonio P.Q. Cambiaghi em 8 fevereiro 2013 às 10:22

Acho que é conspiração!!! Hehehehe Grande abraço a todos!

Comentário de Samuel da Silva Alencar em 5 fevereiro 2013 às 23:42

Respeito todas as opiniões.Creio em um ser superior,criador do Universo e tudo o que nele há.Seu nome:Deus.

Comentário de Luís Fernando de Almeida em 9 novembro 2012 às 17:47

Leonardo

Eu sou o criador do grupo e não me chega nenhum pedido de aprovação de postagem. rsrsrs

Deve ser "bug" do site mesmo. Mas, se vc reparar,houve um colega que conseguiu iniciar uma discussão aqui. Vamos tentar novamente. Quem sabe...

Comentário de Leonardo Stuepp em 9 novembro 2012 às 6:00

Jucemir.

Não sei quem aprova um novo tópico, isto está confuso, "só sei que nada sei" ..... e estou aguardando aprovação de um tópico meu. Seria interessante e até cortêz por parte, seja do Bruno,seja do criador do grupo, que em não concordando com o novo tópico, informasseao solicitante.

Comentário de jucemir rodrigues da silva em 8 novembro 2012 às 21:17

Luís Fernando.

Não me pareceu confuso o comentário que apagaste – em todo caso, estava bem melhor fundamentado do que o anterior. Porém, já que o eliminaste, não insistirei.

No mais, discordo da adesão de Dawkins ao termo neoateu. Ainda prefiro ateu militante pois ressalta o caráter político da nova postura.

.............................

Não te iludas. Os debates se fazem cada vez mais acalorados por força do confronto político – entenda-se política como a dinâmica do poder dentro das sociedades – e não exatamente por discordâncias conceituais. Estas, não raro, tendem a um certo bizantinismo.

Abraços.

Comentário de jucemir rodrigues da silva em 8 novembro 2012 às 21:15

L. Stuepp.

Os problemas que tive foram resolvidos com a troca do navegador (sugestão do Bruno).

Comentário de jucemir rodrigues da silva em 8 novembro 2012 às 21:12

L. Stuepp.

Os tópicos agora tem que ser previamente aprovados pelo Bruno?

Comentário de Leonardo Stuepp em 8 novembro 2012 às 16:22

Luís Fernando, Jucemir e demais membros do forum.

No capítulo 1 da obra do Hitchens, intitulado: Pegando leve, ele inicia com um ataque desproporcional ao próprio tema. Está mais para um enfrentamento, chegando quase a uma desqualificação de um leitor um pouco mais crítico. Escreve ele no mesmo estilo dos mais radicais dos fundamentalistas de qualquer religião:

"Se o pretenso (suposto ou fictício?) leitor deste livro quiser ir além de sua discordância (o que significa isto? Ou não há espaço para discordar?) com seu autor e tentar identificar os pecados e as deformações que o levaram a escrevê-lo (seria um mea culpa?) e ele continua, e eu - Hitchens - certamente percebi que aqueles que defendem publicamente a caridade,a compaixão e o perdão frequentemente tendem a seguir esse caminho (provavelmente ele se baseia em alguns casos muito específicos de sua própria convivência - o que poderemos ver na sequência da obra -, pois, pelo que conheço da grande maioria dos anônimos cristãos e/ou outros religiosos de verdade; se praticam a caridade, a compaixão e o perdão,não serão meros julgadores), estará não apenas discutindo com o criador desconhecido e inefável que - supostamente - escolheu me fazer assim. (Que falta de caráter, a decisão de como ele Hitchens é ou quiz ser foi única e exclusivamente dele próprio,ou das experiências seja de seu núcleo familiar, seu núcleo de amigos e claro dos possíveis traumas que estas experiências lhe causaram). Também estará profanando a memória de uma mulher boa, sincera e simples, de fé sólida e decente, chamada sra. Jean Watts. (Aqui se superou,pois qual leitor que não tenha conhecido esta Sra. ao ler e discordar das teses apresentadas pelo autor estará profanando a memória da mesma? Eu? De modo algum. Mas,com certeza o próprio autor, na ânsia de "querer aparecer" muito fez para que esta memória fosse profanada).

Saudações.

Comentário de Leonardo Stuepp em 8 novembro 2012 às 14:44

Luís Fernando, eu queria abrir um tópico neste grupo sobre a obra: deus não é Grande - como a religião envenena tudo, de Christopher Hitchens,mas esta questão da aprovação do mesmo me deixou de pé atrás, isto me parece um cerceamento de idéias. Quem é que aprova? O criador do grupo? O Bruno Leal? Faltam informações.

Mas, mesmo assim, gostaria de aos poucos dedicar um tempo a citada obra. Claro que eu que sou cristão Católico, considerei a mesma muito fraca em argumentos e, gostaria de confrontar meus argumentos sobre esta fragilidade da obra,com argumentos que demonstrem real conteúdo na mesma.

Abraços.

 

Membros (74)

 
 
 

café história acadêmico

Lançamento: A 13ª Edição da Revista Ars Histórica está no ar cheia de novidades. Nesta edição, os leitores encontrarão o dossiê "Império Português em Perspectiva: Sociedade, Cultura e Administração (XVI-XIX)" apresentado pelo Prof. Dr. Antonio Carlos Jucá, PPGHIS-UFRJ. Clique aqui para conferir na íntegra.

bibliografia comentada

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

Atenção!

O Café História respeita a opinião de todos nos mais diversos espaços da rede. Reserva-se, no entanto, o direito de suspender textos de teor ofensivo, agressivo ou que sustente preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com o bom senso e as leis brasileiras. Se identificar algum conteúdo ofensivo ou comportamentos inadequados, por favor notifique-nos: cafehistoria@gmail.com

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. cafehistoria@gmail.com

dicas de dezembro

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }