História das religiões

Informação

História das religiões

Espaço para discussão de temáticas relativas ao campo religioso em suas diversas manifestações.

Membros: 1195
Última atividade: 23 Out

Fórum de discussão

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de História das religiões para adicionar comentários!

Comentário de joaquim schieder da silva em 27 setembro 2013 às 13:50

Boa noite,Luciano

Eu sou mais feliz por ter a minha religiao do que a  por nao ter, e ainda pago para isso.

Eu tambem andei muitos anos á procura e encontrei,mas isso nao quer dizer que a minha religiao sirva para ti ,cada um deve procurar a sua.

Uma pessoa religiosa(nao fanática)è melhor na sociedade do que uma que nao o seja.

Tu les a Bíblia,ès crente ,mas nao aceitas a forma como a religiao è tratada,mas existe gente que trata bem a religiao e acho que é essa que deves procurar.

Abrs.

Comentário de LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA em 26 setembro 2013 às 19:46

As religiões nunca foram fundamentais ao ser humano muito menos igrejas, tudo mentira,  meus avós nunca gostaram de igrejas, mas eram obrigado aos domingos irem a missa, inclusive presenciar batizados de pessoas que nem conheciam, era ordem do padre, agora já tem pastores, missionários e outros se dizem apóstolo de deus, tudo é mentira, somos todos iguais perante ele, isso basta, o resto e vida fácil.

Comentário de LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA em 26 setembro 2013 às 19:04

Joaquim desculpa pela paciência comigo, mas continuo com a minha ideia, não tenho religião nem aceito o sacerdócio como intermediário de deus na terra, meu dízimo é uma sopa que faço para os mais pobres nas sexta-feiras onde moro, que existem muitas pessoas procurando o que comer e não tem, jamais vou doar dinheiro para qualquer igreja ou religião,principalmente as que tem boleto bancário, dia disso dia daquilo, rosa, manto sagrado, etc e tal.

Comentário de joaquim schieder da silva em 26 setembro 2013 às 14:07

Boa noite,Luciano

Parece que ainda vais ter que procurar para encontrares a religiao que queres e que se enquandre nos teus desejos que é;de que os seus sacerdotes nao se deleitem com as ofertas dos seus crentes e vivam como reis.

Pois ,essa religiao existe onde os sacerdotes fazem um servico abnegado e sao muito felizes por o poderem fazer.

A Bìblia por si sò nao te vai ajudar a ser salvo,mas é um bom princípio,parabens pela fé que portas,pois um dia vais encontrar o que desejas.

Abrs.

Comentário de joaquim schieder da silva em 26 setembro 2013 às 13:26

Boa tarde,Luciano

E se houver uma religiao em que os portadores do sacerdócio nao sao pagos ,aceitas essa religiao?

abrs.

Comentário de LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA em 26 setembro 2013 às 11:15

Eu não pago nada a igrejas, nem para pastor, eu rezo todos dos dias na beira do mar com minha velha bíblia, deus acho que me entendi, nunca houve na história essa coisa de andar de palitó e gravata, ter opinião de ser mais rico de que seu semelhante, tenho certeza que deus condenaria tudo e todos que tem riqueza e não distribui aos mais pobres

Comentário de joaquim schieder da silva em 26 setembro 2013 às 4:50

Bom dia Luciano

E se houver uma religiao em que o Clero nao é pago e que em vez disso ainda  pagam o Dízimo e trabalham sem pensar em poderes aceitas essa religiao ?

Abrs.

Comentário de joaquim schieder da silva em 26 setembro 2013 às 4:47

Bom dia,Luciano

Deus tem um propósito para cada um de nós,um destino tracado,e nao podemos fugir dele,mesmo que demore muito tempo vais ter que enfrentar esta realidade,pois nao há outro caminho.

As doencas e outro tipo de provacoes sao o meio de que Deus dispoe para nos mostrar uma saída e a Ele orar pedindo ajuda.

È uma questao de tempo,e mais tarde ou mais cedo vais ter que aceitar de que Jesus Cristo è o filho de Deus e que nao há outro caminho.

Abrs.

Comentário de LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA em 26 setembro 2013 às 4:46

Não acredito em igrejas nem pastores, acho que são todos estelionatários da boa fé dos povos, nem dízimo, nem em palácios, acredito  que deus estar em nossos corações e mentes, solamente, no mais é chover no molhado, desculpa a todos os amigos que entende diferente, como teólogo  das religiões descobrir  que todas são falsas e vivem a troco de dinheiro dos seus fieis.

Comentário de LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA em 26 setembro 2013 às 4:38

Fico com a ideia de que deus não deu nem dar poder para alguém abençoar outro, mas lhe defendo até morrer sua ideia, já dizia Satre. Ninguém tem seu previlégio amigo.

 

Membros (1195)

 
 
 

Links Patrocinados

EVENTO EM DESTAQUE

Cine História

Saint Laurent

Acaba de chegar aos cinemas o filme "Saint Laurent", de 

Sinopse: Entre os anos 1967 e 1976, o estilista Yves Saint-Laurent (Gaspard Ulliel) reinou sozinho no mundo da alta costura francesa. Esta biografia mostra o seu processo criativo, as fotografias e entrevistas polêmicas, a relação com o marido e empresário Pierre Berger (Jérémie Renier), os casos amorosos extra-conjugais e a relação com o álcool e as drogas, que quase destruíram o império da marca YSL.O avô húngaro de Alex Levy Heller, diretor e roteirista deste documentário, teria escondido um relógio Patek Philippe com seu irmão mais velho antes de ser preso no campo de concentração de Auschwitz. Na busca por esse objeto, Alex faz duas viagens: Uma até a Polônia - atual Romênia e a Israel - usando o relógio como pretexto para descobrir mais sobre a história da sobrevivência de sua família. Na outra, ele entrevista sobreviventes do Holocausto que vieram morar no Brasil, resgatando as memórias dos sobreviventes desse período negro da história

café história acadêmico

Arte: Leia, na íntegra e gratuitamente, o livro “A Era de Caravaggio.

Parceiros


Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

Atenção!

O Café História respeita a opinião de todos nos mais diversos espaços da rede. Reserva-se, no entanto, o direito de suspender textos de teor ofensivo, agressivo ou que sustente preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com o bom senso e as leis brasileiras. Da mesma forma, o Café História poderá suspender membros que publiquem este tipo de conteúdo. Se identificar algum conteúdo ofensivo ou comportamentos inadequados, por favor notifique-nos: cafehistoria@gmail.com

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }