História das religiões

Informação

História das religiões

Espaço para discussão de temáticas relativas ao campo religioso em suas diversas manifestações.

Membros: 1197
Última atividade: 3 Set

Fórum de discussão

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de História das religiões para adicionar comentários!

Comentário de LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA em 26 setembro 2013 às 19:04

Joaquim desculpa pela paciência comigo, mas continuo com a minha ideia, não tenho religião nem aceito o sacerdócio como intermediário de deus na terra, meu dízimo é uma sopa que faço para os mais pobres nas sexta-feiras onde moro, que existem muitas pessoas procurando o que comer e não tem, jamais vou doar dinheiro para qualquer igreja ou religião,principalmente as que tem boleto bancário, dia disso dia daquilo, rosa, manto sagrado, etc e tal.

Comentário de joaquim schieder da silva em 26 setembro 2013 às 14:07

Boa noite,Luciano

Parece que ainda vais ter que procurar para encontrares a religiao que queres e que se enquandre nos teus desejos que é;de que os seus sacerdotes nao se deleitem com as ofertas dos seus crentes e vivam como reis.

Pois ,essa religiao existe onde os sacerdotes fazem um servico abnegado e sao muito felizes por o poderem fazer.

A Bìblia por si sò nao te vai ajudar a ser salvo,mas é um bom princípio,parabens pela fé que portas,pois um dia vais encontrar o que desejas.

Abrs.

Comentário de joaquim schieder da silva em 26 setembro 2013 às 13:26

Boa tarde,Luciano

E se houver uma religiao em que os portadores do sacerdócio nao sao pagos ,aceitas essa religiao?

abrs.

Comentário de LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA em 26 setembro 2013 às 11:15

Eu não pago nada a igrejas, nem para pastor, eu rezo todos dos dias na beira do mar com minha velha bíblia, deus acho que me entendi, nunca houve na história essa coisa de andar de palitó e gravata, ter opinião de ser mais rico de que seu semelhante, tenho certeza que deus condenaria tudo e todos que tem riqueza e não distribui aos mais pobres

Comentário de joaquim schieder da silva em 26 setembro 2013 às 4:50

Bom dia Luciano

E se houver uma religiao em que o Clero nao é pago e que em vez disso ainda  pagam o Dízimo e trabalham sem pensar em poderes aceitas essa religiao ?

Abrs.

Comentário de joaquim schieder da silva em 26 setembro 2013 às 4:47

Bom dia,Luciano

Deus tem um propósito para cada um de nós,um destino tracado,e nao podemos fugir dele,mesmo que demore muito tempo vais ter que enfrentar esta realidade,pois nao há outro caminho.

As doencas e outro tipo de provacoes sao o meio de que Deus dispoe para nos mostrar uma saída e a Ele orar pedindo ajuda.

È uma questao de tempo,e mais tarde ou mais cedo vais ter que aceitar de que Jesus Cristo è o filho de Deus e que nao há outro caminho.

Abrs.

Comentário de LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA em 26 setembro 2013 às 4:46

Não acredito em igrejas nem pastores, acho que são todos estelionatários da boa fé dos povos, nem dízimo, nem em palácios, acredito  que deus estar em nossos corações e mentes, solamente, no mais é chover no molhado, desculpa a todos os amigos que entende diferente, como teólogo  das religiões descobrir  que todas são falsas e vivem a troco de dinheiro dos seus fieis.

Comentário de LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA em 26 setembro 2013 às 4:38

Fico com a ideia de que deus não deu nem dar poder para alguém abençoar outro, mas lhe defendo até morrer sua ideia, já dizia Satre. Ninguém tem seu previlégio amigo.

Comentário de joaquim schieder da silva em 26 setembro 2013 às 4:18

Bom dia,Luciano

Vamos explicar um pouco sobre o nosso céu.

Os Deus mandou contruir esta Terra para os Seus filhos espírituais,para que pudessem receber um corpo de carne e ossos e continuar a progredir.

Sim,no nosso estado espíritual nao podiamos progredir mais sem um corpo de carne e ossos,e para isso foi construida esta Terra, para que nós através da nossa experiencia terreste pudessemos aprender e guardar os mandamentos e outras leis que o Senhor Deus nos deu.

Na Grande Assembleia nos cèus o Grande Plano de Salvacao que foi aprovado por dois tercos de todos os filhos espírituais do Pai Celestial.

Satanás nao aceito nao aceitop o plano e foi expulso dos cèus e muitos o seguiram e estao aqui na terra para nos dificultar a vida ,o que nos ajuda a crescer ,pois sem oposicao nao há crescimento.

Tudo faz parte do plano,pois é este o tipo de governo que foi escolhido para este planeta.

Eu abencoo a minha famìlia e outras pessoas que o queiram e tenho autoridade para isso.

Abrs.

Comentário de LUCIANO DA SILVA OLIVEIRA em 26 setembro 2013 às 0:35

Deus não deu o privilégio de alguém abençoar seu semelhante, cada um tem sua missão e provação na terra, desculpa silvaniza, mas respeito sua opinião.

 

Membros (1196)

 
 
 

Links Patrocinados

Cine História

Era uma vez em Nova York

Acaba de chegar aos cinemas brasileiros o filme "Era uma vez em Nova York", do diretor James Gray ("Amantes", "Os Donos da Noite").

Sinopse: Em 1921, as irmãs polonesas Magda (Angela Sarafyan) e Ewa Cybulski (Marion Cotillard) partem em direção a Nova Iorque, em busca de uma vida melhor. Mas, assim que chegam, Magda fica doente e Ewa, sem ter a quem recorrer, acaba nas mãos do cafetão Bruno (Joaquin Phoenix), que a explora em uma rede de prostituição. A chegada de Orlando (Jeremy Renner), mágico e primo de Bruno, mostra um novo amor e um novo caminho para Ewa, mas o ciúme do cafetão acaba provocando uma tragédia.

café história acadêmico

Maquiavel: confira na íntegra a dissertação "O Fantasma de Maquiavel: Antimaquiavelismo e razão de Estado no pensamento político ibérico do século XVI", defendida por Bruno Silva de Souza, Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

EVENTO EM DESTAQUE

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

Atenção!

O Café História respeita a opinião de todos nos mais diversos espaços da rede. Reserva-se, no entanto, o direito de suspender textos de teor ofensivo, agressivo ou que sustente preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com o bom senso e as leis brasileiras. Da mesma forma, o Café História poderá suspender membros que publiquem este tipo de conteúdo. Se identificar algum conteúdo ofensivo ou comportamentos inadequados, por favor notifique-nos: cafehistoria@gmail.com

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }