História das religiões

Informação

História das religiões

Espaço para discussão de temáticas relativas ao campo religioso em suas diversas manifestações.

Membros: 1197
Última atividade: sexta-feira

Fórum de discussão

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de História das religiões para adicionar comentários!

Comentário de Emannuel Reichert em 28 setembro 2012 às 23:24

Recém-chegado ao grupo, saudações a todos, e em especial ao amigo Leonardo, que sugeriu a participação.

Na condição de interesssado em história asiática, vou aproveitar e pedir ajuda sobre um tema que me intriga: a presença de cristãos nestorianos na China medieval. As obras de história da China que conheço mencionam a existência deles de passagem, e viajantes europeus que estiveram ali, como Marco Polo e Guilherme de Rubruc, confirmam. Mas não encontro o contexto: como foram parar ali? Como se organizavam? Tinham vínculos com as outras igrejas orientais? Foram numerosos ou sempre uma minoria? Sua doutrina era parecida com o nestorianismo "clássico", aquele que foi condenado como heresia, ou teve uma evolução diferente mais tarde? Continuam existindo até hoje ou foram expulsos/perseguidos/exterminados/convertidos à força?

Um monte de perguntas, enfim, na esperança de que alguém saiba indicar a resposta para algumas...

Comentário de Rogério Fernandes da Silva em 2 julho 2012 às 13:18

PDF do Livro - O Sagrado e o Profano, de Mircea Eliade.Para aqueles que querem REALMENTE estudar as religiões o download desse livro essencial.

http://ibpan.com.br/site/images/stories/Downloads/Estudos_Biblicos/...

Comentário de André Nascimento em 17 junho 2012 às 17:46

Fóruns interessantes... participarei

Comentário de Rômulo da Gana Silva Felipe em 16 junho 2012 às 1:59
Posto abaixo um link que poderá suscitar discuessões interessantes no grupo, a respeito de um tema complexo, que costuma suscitar mais preconceito que idéias e conhecimento.
O primeiro link é sobre a vida de padres gays no Brasil, do blog de Neto Lucon (originalmente publicado na revista gay Junior), e do documentário, "Porque a Bíblia me diz assim", sobre interpretações Bíblicas da homossexualidade.

Gostaria imensamente que os adeptos de diferentes manifestações religioesas pudessem se exprimir a respeito.

Abraços!

http://nlucon.blogspot.com.br/2012/04/vida-de-padres-gays.html

http://www.youtube.com/watch?v=M9QHrtMLRWo
Comentário de joaquim schieder da silva em 30 maio 2012 às 4:16

Bom dia,Naara .

Sim , e mesmo que nao se entre em proseletismo é-se acusado de o fazer ,realmente a religiao é um tema muito apaixonante.

Eu adoro religiao .

Cumprimentos

Comentário de História das Religiões GT ANPUH em 28 março 2012 às 20:19

A todos que colaboraram para o sucesso do nosso evento!

A coordenacão do GT agradece a todos que colaboraram para o sucesso de nosso primeiro simpósio. Agradecemos aos que passaram adiante a informacão pelas redes sociais, aos que o veicularam por emails, aos que postaram em seus blogs ou sites algo relativo ao evento. Nosso agradecimento também é devido ao GT da ANPUH nacional, cuja seriedade abriu e continuará abrindo caminhos para os grupos regionais. Também merecem nosso reconhecimento a direção da ANPUH Regional, a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em História da UERJ e as coordenadorias da CAPES e da FAPERJ que sustentaram o evento. Agradecemos também o entusiasmo e o envolvimento de todos os participantes, palestrantes e ouvintes e a comissão julgadora do prêmio Nilo Garcia, bem como a precisão e competência da nosso querida equipe de apoio. Aguardem novos eventos ligados ao GT Regional e, daqui a dois anos, nosso segundo seminário!

http://gtreligiaouerj.blogspot.com.br/

Comentário de Leonardo Stuepp em 13 março 2012 às 15:24

Olá Silvaniza.

Obrigado pelos cumprimentos pelo meu aniversário. Sempre é bom ser lembrado e ser, mesmo que virtualmente, abraçado.

Abraços.

Comentário de Silvaniza Maria Vieira Ferrer em 13 março 2012 às 9:54

Oi Leo, então ontem foi seu aniversário? Vale parabenizar tendo passado a data? Porque eu gostaria muito de lhe cumprimentar e desejar, do mais produndo de minha alma, paz, saúde e harmonia em sua vida, ao lado de sua família que voce demonstra tanto amor e de seus amigos a quem voce dispensa conhecimento, sabedoria e fidelidade. Que Deus te cumule de bençãos e graças, e renove os teus talentos. Um grande abraço.

Comentário de Rômulo da Gana Silva Felipe em 13 março 2012 às 9:34

Olá Leonardo. Bom dia! (Primeiro dia dos seus 59 anos! Sim, eu ví por aí vc confessando sua idade! ahaha!!)

Quem bom que seu aniversário foi legal! Por mais que eu tenha richas com a minha família, eu acredito muito na frase que ouvi num filme uma vez: "É difícil amar mais alguém que não é da sua própria família." (O curioso é que "os pais"que são os fundadores de uma família, nunca têm o mesmo sangue - a não ser que sejam primos, ou estejam cometendo incesto - mas são o princípio do amor de uma família. E nisso incluo as famílias homoafetivas, tão acolhedoras quanto qualquer família heterossexual. Pense nisso).

Concordo plenamente quando vc fala contra qualquer tipo de fanatismo, inclusive de ateus e agnósticos. Nunca esqueci que o nosso velho Luiz Bento, mesmo sendo ateu, revelou-se um grande homofóbico, colocando comentários só superados em horror pelos do Joaquim. Tirando o Joaquim, não me lembro dos religiosos se colocando  de forma tão decabida quanto a dele. Mas são águas passadas.

Mas Leo, eu não faço uma defesa fanática da laicidade por ser laico. Na verdade, sou agnóstico, ou seja, minha ideologia é suspender o juízo quanto à existência de Deus, e não abraçar doutrina religiosa nenhuma, pois naõ consigo crer, ou aceitar, que nenhuma seja suficiente.

Minha defesa da laicidade baseia-se num princípio civil liberal, ou seja, para que haja liberdade e igualdade para todos, é necessário que o ambiente de discussão pública seja laico, para que ninguém se sinta coagido, ou possa coagir ninguém com opiniõpes religiosas, as quais devem permanecer na esfera privada.

Em consideração a você, que é um bom amigo, homem esclarecido e liberal, eu retirei meus comentários nos quais emiti opiniões duras sobre os religiosos. Mas reitero que não concordo com propagandas religiosas em ambientes públicos, onde deve ser recebida a diversidade.

Gostei do seu texto sobre o Big Bang, e concordo com a ressalva de que toda explicação científica é passível de constestação. Para mim isso é ótimo e mais do que suficiente.

Gostei ainda mais da sua explicação de que os primeiros capítulos do gênese não são uma narrativa história, mas uma visão didático pedagógica do que teria sido a história primeva. Essa é uma visão particularmente interessante dos católicos, ao contrário da visão literal dos evangélicos. Outro dia li uma entrevista de um padre astrônomo que dirige o observatório do Vaticano, e que declarou ser perfeitamente possível a existência de vida extraterreste, uma suprema heresia para os evangélicos!

Apesar de ter muitas críticas aos católicos, vejo que vocês tem aspectos muito mais interessantes que os evangélicos. Gostaria só de ver como você se sairia numa conversa sobre estes assuntos com as minhas titias, hehe..

Para finaliza, vou colocar uma coisinha bem conveniente que achei aqui no site do Café História. Nada mais, nada menos, do que as regras de convivência para os usuários do site!! E adivinha qual é a regra número 1?!!haha

Olá! Seja muito-bem vindo ao Café História. Esta é uma rede social online formada por mais de 40 mil pessoas. Para manter o espaço democrático, coerente e seguro leia nossas normas de convivência e nossas normas de segurança. Não custa nada, leva menos de um minuto e ajuda muito.

NORMAS DE CONVIVÊNCIA

1. É proibida a publicação de mensagens políticas, religiosas e publicitárias

2. É proibido o uso de linguagem violenta, racista ou preconceituosa

3. Evite utilizar caixa alta e textos muito longos em fóruns e grupos

4. Não copie textos de terceiros sem mencionar a fonte

5. Não adicione conteúdo de caráter pessoal à rede

6. Leia o Tutorial da rede em caso de dúvidas de navegação

7. Não use palavrões ou palavras de baixo calão

8. Use o Fale Conosco para relatar problemas técnicos e conflitos em geral

9. Seja paciente com os demais participantes, sobretudo com os novos

10. Apenas publique conteúdos pertinentes a história e/ou educação

11. Não use o fórum para notícias, reflexões ou postagem de artigos

12. Use o fórum somente para fazer perguntas de história e/ou educação

13. É proibido publicar links que levam a sites racistas ou preconceituosos

14. Não incite confusões ou companhas contra membros da rede

15. Não publique no Café História dados pessoais, com telefone e e-mail

NORMAS DE SEGURANÇA NA INTERNET

1. O Café História não fornece o seu e-mail ou qualquer informação sua para terceiros. Seus dados são sigilosos.

2. Cuidado com e-mails mal intencionados. A internet está cheia deles. Não responda nenhum e-mail cujo o remetente você desconheça. Sobretudo se ele for publicado em mais de uma língua, contaR histórias suspeitas (doença, herança, África, pessoas em busca de amizade etc.), comentar sobre fotos ou pedir o seu retorno. 

3. Cuidado com links desconhecidos. Não clique no que desconhecer. 

4. Não passe o seu nome de usuário e senha para nenhuma pessoa.

5. Se acessar o Café História em um computador que não lhe pertence, certifique-se que você fez encerrou sua conta. Sobretudo em lanhouses.

6. Não envie e-mails para pessoas que desconheça.

Se achar necessário, leia o artigo de "Fraudes na Internet", de Hunder Everto Correa Junior (ULBRA).

8. Dúvidas? Escreva para cafehistoria@gmail.com

Atenciosamente,

Rede Social Café História

Um grande abraço meu querido. E até o próximo debate.

Comentário de Leonardo Stuepp em 13 março 2012 às 9:02

Olá Rômulo.

Dando continuidade a questão sobre a Bíblia, gostaria de dizer que todas as religiões tem ou algum livro que consideram sagrado, ou tradições que também são sagradas e estes livros e/ou tradições de alguma forma tentam explicar a origem do Mundo e da vida.

Se deres uma lida nos primeiros 11 capítulos da Bíblia, com um olhar crítico, verás que não é uma narrativa histórica da criação, mas uma visão didático pedagógica daquilo que se chama a História Primeva.

Busque em vários livros e tradições a maneira como os povos tentaram explicar a origem da vida e verás que a narrativa bíblica não é trágica.

Depois, verifique o que a ciência, com todo o seu avanço já conseguiu, ou melhor até onde pôde chegar.

Posto aqui um pouco sobre a teoria do Big Bang ....


Conforme a teoria do Big Bang, a possível “explosão” deu origem ao universo

A buscapela compreensão sobre como foi desencadeado o processo que originou o universo atual, proporcionou – e ainda proporciona – vários debates, pesquisas e teorias que possam explicar tal fenômeno. É um tema que desperta grande curiosidade dos humanos desde os tempos mais remotos e gera grandes polêmicas, envolvendo conceitos religiosos, filosóficos e científicos.

Até o momento, a explicação mais aceita sobre a origem do universo entre a comunidade cientifica é baseada na teoria da Grande Explosão, em inglês, Big Bang. Ela apoia-se, em parte, na teoria da relatividade do físico Albert Einstein (1879-1955) e nos estudos dos astrônomos Edwin Hubble (1889-1953) e Milton Humason (1891-1972), os quais demonstraram que o universo não é estático e se encontra em constante expansão, ou seja, as galáxias estão se afastando umas das outras. Portanto, no passado elas deveriam estar mais próximas que hoje, e, até mesmo, formando um único ponto.

A teoria do Big Bang foi anunciada em 1948 pelo cientista russo naturalizado estadunidense, George Gamow (1904-1968) e o padre e astrônomo belga Georges Lemaître (1894-1966). Segundo eles, o universo teria surgido após uma grande explosão cósmica, entre 10 e 20 bilhões de anos atrás. O termo explosão refere-se a uma grande liberação de energia, criando o espaço-tempo.

Até então, havia uma mistura de partículas subatômicas (qharks, elétrons, neutrinos e suas partículas) que se moviam em todos os sentidos com velocidades próximas à da luz. As primeiras partículas pesadas, prótons e nêutrons, associaram-se para formarem os núcleos de átomos leves, como hidrogênio, hélio e lítio, que estão entre os principais elementos químicos do universo.

Ao expandir-se, o universo também se resfriou, passando da cor violeta à amarela, depois laranja e vermelha. Cerca de 1 milhão de anos após o instante inicial, a matéria e a radiação luminosa se separaram e o Universo tornou-se transparente: com a união dos elétrons aos núcleos atômicos, a luz pode caminhar livremente. Cerca de 1 bilhão de anos depois do Big Bang, os elementos químicos começaram a se unir dando origem às galáxias.

Essa é a explicação sistemática da origem do universo, conforme a teoria do Big Bang. Aceita pela maioria dos cientistas, entretanto, muito contestada por alguns pesquisadores. Portanto, a origem do universo é um tema que gera muitas opiniões divergentes, sendo necessária uma análise crítica de cada vertente que possa explicar esse acontecimento.

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Então amigo, vejo que temos de ter cuidado com qualquer tipo de fanatismo, seja religioso, seja ideológico, seja político, seja de torcida de futebol e, até da laicidade ......

Precisamos ter equilíbrio e "conviver" num mundo do diferente, com respeito e com convicção.

Abraços.

 

 

Membros (1198)

 
 
 

Links Patrocinados

Cine História

Teorema Zero

Chega aos cinemas brasileiros o mais novo filme do diretor americano Terry Gilliam (“Os Irmãos Grimm” e “O Mundo Imaginário do Dr.Parnassus), “Teorema Zero”. 

Sinopse: Qohen Leth (Christoph Waltz) , um habilidoso hacker de computador vive em uma constante crise existencial. Ele é instruído por uma empresa fantasma chamada “Management”, para resolver o enigma do “Teorema Zero”, uma fórmula matemática que determinará a razão da existência dos homens e se a vida possui algum sentido. Obcecado por essa missão, ele encontra obstáculos que interrompem seu trabalho. Qohen espera por um telefonema que contém todas as respostas que ele procura. 

documento histórico

Copa do Mundo 1990: Ingresso da Final da Copa do Mundo de 1990, onde a Alemanha se sagrou tri-campeã mundial de futebol. Na final, disputada em Roma, a Alemanha Ocidental bateu a Argentina por 1x0.

Conteúdo da semana

História Digital: Debate realizado e transmitido no dia 26 de novembro de 2013, a partir de uma parceria entre a rede social Café História e a Associação Nacional de História, seção Rio de Janeiro (ANPUH-RJ). Debatedores: Bruno Leal (UFRJ/CAFÉ HISTÓRIA), Lise Sedrez (UFRJ) e Keila Grinberg (UNIRIO). Mediação: Flávio Edler (FIOCRUZ/ANPUH-RJ). Produção técnica e artística: Fábio Leal e Felipe Menezes.

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }