O Café História mudou de endereço, plataforma e identidade visual. Clique aqui para conhecer o novo Café História. Nós deixamos de ser uma rede social e somos agora um portal totalmente voltado para a divulgação de história. Nossa principal missão é divulgar o conhecimento histórico produzido nas universidades: para o grande público e para o meio acadêmico. Para entender melhor a mudança, clique aqui. E atenção: o antigo Café História (www.cafehistoria.ning.com) permanecerá online somente até o dia 2 de abril de 2017. Depois disso, todo o seu conteúdo será apagado, inclusive perfis e blogs. Tem algum conteúdo que você queira salvar e não sabe como? Nós temos uma sugestão. Clique aqui e leia o texto até o final. Esperamos contar com você como leitor do novo Café História!

Assine o novo Boletim Café História - receba em seu e-mail nossas novidades

Toda semana nós enviamos um e-mail com as novidades no campo da história e ciências humanas. Quer receber o nosso Boletim Café História? É bem fácil!

desde quando as manifestações de seitas afro sao consideradas uma religião? pois passando do ponto em que seus rituais passam a afetar alquem, pode-se considerar?

Exibições: 703

Respostas a este tópico

Meu caro Fernando talves vc nunca tenha lido nada sobre Filosofia cristã para afirmar com tanta certeza a não existencia de Jesus Cristo. É até engraçado ver pessoas "pixando" as religiões, auto afirmando não ser adepto de nenhuma delas, porém esquece de olhar para a História e para a Filosofia das Religiões, para terem a certeza da Divindade delas.
então nao devemos "Pichar" nenhuma... mesmo que seja uma Universal ou Renascer da vida...
Fernando, sou obrigada a concordar que só me prendi a religião cristã e isso realmente foi errado e sendo assim, outras doutrinas e ritos mudarão de acordo com a cultura, enfim...
Mas acho que de alguma forma, todas estão determinadas a chegar em algum propósito, ou a encontrar algo que se assemelhe a uma força maior...
De qualquer forma, não sou muito religiosa, é só uma visão de uma pessoa de fora... Que não está praticando a doutrina ou rito, A, B ou C.
Muito obrigada pela observação, ok?
Religião é religação com a Divindade e não tem haver só com Jesus tem haver com a divindade, seja ela qual for.
A intolerancia religiosa se multiplica por essas concepções de que Jesus é o centro de tudo. Realmente são tolerância quando deveriam ser AMOR e SOLIDARIEDADE UNIVERSAL. Cada um tem o direito de crer no que quer e encontrar salvação em outras fontes que não o cristianismo. Questinor os Camdomblé com mais de 3 mil anos ou o Budismo ou Hinduismo é muita pretenção de qualquer grande Religião. Aceitar e respeiter o outro não encontrar uma maneira de interpétar sua crença a partir de nossa visão, mas nos vestirmos da pele dele e ver com seus olhos . Então mascarar a maldade humana em nome de uma religião é hipocrisia. É como aceitar o negro desde que le se encaixe nos padrões estabelecidos pelos brancos e se comporte como eles dentro de seus templos. é um grande racismo estrutural, contra uma cultura (religião) e sua riqueza, pois a saber a roda do candomblé ou das religiões de matriz africana significam igualddade e comunhão. Os encontros são sociais comunitários para a celebração da vida, para contar histórias. O ecumenismo religioso tem trabalhado para isso e é de grande importancia que todas as pessoas que se dizem religiosas abarm seus olhos para essa necessidade planetaria de paz. Deixe o outro dizer quem ele é e não pregar o que vc acredita que ele seja.
nossa so foi uma pergunta e nada mais acho q foram poucas as pessoas que a entenderam e vc foi das que nao entendeu ate emsmo fiz essa pergunta a um professor na aula de especilaização simplesmente foi so uma pergunta
Desculpe se não entendi sua pergunta , deve ser culpa da Lei 10.636 e pelo fato suponho eu de vc estar na pós. Mas é nítido forma preconceituosa com a qual foi formulada.Quanto ao teor minha escrita é pela vivencia acadêmica da qual desfruto de grupos e pesquisa a respeito de vários tema entre eles direitos Humano e cera vivencia comunidade. O que posso dizer é: o preconceito e o racismo existem e estão embebidos na maioria das pessoas. Na verdade diria que existem aquelas que vêem e as que não vêem pq estão muito ocupadas com seus umbigos e estas mesmas são aquelas que acham absurdo uma reparação a negritude. Quanto ao preconceito pode-se notar nas expressões de que fala ou escreve e no agir. Mas ele esta ai todos os dias , todas s horas e em todos os lugares. E sabe de onde eles nascem das cabeças das pessoas que se agarram ao seu pensamento e não conseguem entender o pensamento as crenças e as culturas diferentes da sua. Que bom que seu professor respondeu sua pergunta que sabe isso traga maior visibilidade ao que vc não esta vendo.
Bom final de semana.
Bjs
Concordo com vc, e acredito que as religiões são um triângulo onde o vértice é Deus.
Todas elas têem a mesma intenção, conduzir ao ser supremo que pode ser Deus, Buda, sei lá..., temos que respeitar a evolução espiritual de cada um e deixar que as pessoas expressem as coisas de acordo com seus sentimentos sem criticar pois cada um vê o mesmo objeto de formas diferentes.
As vezes um caminho longo, torna-se muito pequeno dependendo de quem o faz.

amiga flavinha!

boa sua observação.

porém devemos VER QUEM REALMENTE FALA AS VERDADES DO AMOR DE CRISTO.

ESTAMOS REPLETOS DE HIPOCRISIAS E GENTE MENTIROSA DIZENDO QUE É SERVO DO SENHOR E REPRESENTANTE DE CRISTO NA TERRA SÓ PARA GANHAR DINHEIRO E PODER.

 

Bom... acima de tudo vivemos em um país laico e como acadêmicos devemos manter a ética acima das nossas concepções. Na minha visão não considero o protestantismo uma religião, mas longe de qualquer "intolerância religiosa" procuro respeitar a opção de cada um. É essa mistura de raças, povos e credos que faz a essência do Brasil.

Focar nas mensagens de Cristo?  Então o budismo, o induisso,  o islã e as demais religiões não existem?

A sua pergunta gera um certo desconforto ético porque ela já vem imbuída de que qualquer crença afro é uma seita e não uma religião. Voce deve partir do ponto de que só é religião o que já catalogamos como tal. Ora, religião é aquilo que eu acredito e que transcende a matéria independente do nome que damos a ela. Portanto, as crenças afro, sejam lá que nomes tenham, podem ser sim a religião afro independentes de as aceitarmos ou não como tal.
Cara Silvaniza, para enfatizar sua indagação a respeito dessa discussão, queria apenas salientar que: existem projetos de leis tramitando no Congresso Nacional a respeito do conceito de seita, ou seja: pelo que eu entendir no senado, pois não é minha praia, não podemos mais chamar as manifestações espirituais (culturais) de seita, independente de sua origem, pois isso poderar ser considerado preconceito (racismo).

RSS

Boletim Café História

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }