Informação

História e Quadrinhos

O Grupo vislumbra discutir maneiras de trabalho com os quadrinho e sua aplicação como fonte histórica, alem do uso em sala de aula.

Membros: 461
Última atividade: segunda-feira

Fórum de discussão

Naruto, que gosta?

Iniciado por Rogério Fernandes da Silva. Última resposta de Alex machado 5 Maio, 2011. 27 Respostas

Quem somos e o que fazemos?

Iniciado por Natania Nogueira. Última resposta de Bruno Leal 14 Ago. 20 Respostas

Bibliografia

Iniciado por Sávio Queiroz(Sávio Roz). Última resposta de Rogério Brasil 9 Ago. 17 Respostas

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de História e Quadrinhos para adicionar comentários!

Comentário de Sávio Queiroz(Sávio Roz) em 24 janeiro 2011 às 17:11

Infelizmente ficarei de fora!

A vontade é gritante, mas condições materiais me impedem de tão bem aventurosa empreitada! Aqui está acontecendo um evento sobre quadrinhos, na Biblioteca Central. Entretanto é um evento que visa mais o artista, deixando de lado o academicismo. Tem seu lado bom e seu lado ruim, mas sem julgamentos, é um evento bom de participar.

Tentei montar uma mesa em dois eventos, mas não tive êxito. Assim que conseguir, vou alistar vários guerreiros daqui! Preparem-se!

 

Comentário de Natania Nogueira em 24 janeiro 2011 às 11:23
Respondendo à mensagem da Geisa, estarei me inscrevendo em breve no ST.
Comentário de Natania Nogueira em 22 janeiro 2011 às 8:54
Bom, não sei se seria totalmente verdadeiro afirmar que não há perda de conteúdo... na verdade não gosto da expressão. Tipo, acredito que os quadrinhos ajudam a estabelecer novas relações, a assimilar novos conteúdos, por exemplo. Mas não existe exatamente uma fórmula ideal. Quadrinhos são bons para o ensino de história, mas são apenas mais um ferramenta que pode ser bem ou mal usada. Depende muito do professor, do ambiente escolar e do tipo de estratégia que se utiliza na sala de aula.
Comentário de Breno Araujo em 19 janeiro 2011 às 5:58

Muito Obrigado pela acolhida.

Gosto muito dos herois dos quadrinhos.

Comentário de Natania Nogueira em 18 janeiro 2011 às 21:15
Bem vindo, Breno!
Comentário de Breno Araujo em 18 janeiro 2011 às 15:14
Oi pessoal tudo bem, acabei de entrar neste grupo.
Comentário de Sávio Queiroz(Sávio Roz) em 7 janeiro 2011 às 14:36

 

Olá, amigos!

Sei que é meio sem propósito, mas como trabalhamos com quadrinhos eu gostaria de linkar um que fiz no evento de nome 24 Horas de Quadrinhos, criado pelo Scott McCloud e produzido em vários lugares do mundo. Inclusive minha feliz cidade, Salvador.

Aqui segue a produção do evento em 2009: http://rvculturaearte.com/quadrinhos/24hsq/

A minha História começa na página 156, mas apreciem a todos os participantes!

Comentário de Natania Nogueira em 30 dezembro 2010 às 7:16
Bom, dia! Fiz uma postagem sobre quadrinhos na sala de aula. Na verdade, procurei textos recentes sobre o tema e estou fazendo algumas indicações de leitura. Quem quiser conferir, segue o link http://gibitecacom.blogspot.com/2010/12/dicas-sobre-o-uso-na-sala-d...
Comentário de Natania Nogueira em 25 dezembro 2010 às 12:44

Pessoal, como a propaganda é a alma do negócio, convido todos a participarem do minicurso sobre quadrinhos e pesquisa que irei ministrar junto com a minha amiga Valéria, na ANPUH. Mais informações clique aqui

Boas festas!!

Comentário de Zady Alberto em 23 dezembro 2010 às 8:04
alguns quadrinhos sozinhos valem um artigo. o V de vingança é um desses, desde a visão pessimista do mundo que existia na decada de 1980, ate a dualidade capitalismo e socalismo e suas ditaduras. ainda tem o debate do controle mental e social do individuo. muito bom mesmo! quem não leu devia ler!
 

Membros (461)

 
 
 

Links Patrocinados

Cine História

Não pare na pista

Chega aos cinemas brasileiros o aguardado filme cinebiografia de Paulo Coelho, "Não pare na pista -  a melhor história de Paulo Coelho", dirigido por Daniel Augusto. 

Sinopse: Cinebiografia de Paulo Coelho, o filme se concentra em três momentos distintos da carreira do escritor: a juventude, nos anos 1960 (período em que é vivido pelo ator Ravel Andrade); a idade adulta, nos anos 1980 (Júlio Andrade); e a maturidade, em 2013, quando refaz o Caminho de Santiago (Júlio Andrade, maquiado). Usando como base depoimentos do próprio Paulo Coelho, a história perpassa os momentos mais marcantes da vida do autor, como os traumas, a relação com as drogas e a religião, sexualidade e a parceria com o músico Raul Seixas.

café história acadêmico

Ensino de História: Confira o artigo “A guerra das narrativas: debates e ilusões em torno do ensino de História”, da historiadora Christian Laville, da Universidade Lava, Quebec. Resumo: Em quase todas as partes do mundo, os programas escolares exigem que o ensino da história desenvolva nos alunos a autonomia intelectual e o pensamento crítico. Há muito tempo não se vê mais a missão de incutir nas consciências uma narrativa única glorificando a nação ou a comunidade. No entanto, quando o ensino da história é questionado nos debates públicos, é sempre com referência a esse tipo de narrativa: embora não fazendo mais parte dos programas, esse continua sendo o único objeto dos debates. Este artigo dá inúmeros exemplos atuais de tais debates, antes de concluir que são provavelmente vãos e que as pessoas se iludem sobre os efeitos reais da história ensinada. Alguns exemplos também são dados a esse respeito. Clique aqui para acessar.

EVENTO EM DESTAQUE

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }