Informação

Historia das artes marciais

Um estudo voltado as Artes marciais , filosofia , diciplina , auto controle e defesa pessoal.

Membros: 45
Última atividade: 1 Fev


”Não existem registros escritos precisos sobre a origem das artes marciais, no entanto, acredita-se que elas tenham suas raízes mais remotas na Índia, há mais de dois mil anos atrás. Há indícios de que nessa época tenha surgido a primeira forma de luta organizada, chamada de Vajramushti, que seria um sistema de luta de guerreiros indianos. A história das artes marciais começa a tomar uma forma mais concreta a partir do século VI, quando no ano 520 A.D. um monge budista indiano chamado Bodhidharma - 28º patriarca do Budismo e fundador do Budismo Zen - deixou seu país e partiu numa longa jornada em busca da iluminação espiritual. Bodhidharma (conhecido no Japão como Daruma) viajou da Índia para a China, pernoitando nos templos que encontrava pelo caminho e pregando sua doutrina aos monges ou a quem quer que fosse. Depois de ter perambulado por boa parte do território chinês, o destino o conduziu ao Templo Shaolin, localizado na província de Honan. Diz à lenda que, ao penetrar no velho mosteiro, Bodhidharma deparou-se com a precária condição de saúde dos monges, fruto de sua inatividade. Foi então que ele iniciou os monges na prática de uma série de exercícios físicos, ao mesmo tempo em que lhes transmitia os fundamentos da filosofia Zen, com o objetivo de reabilitá-los tanto física quanto espiritualmente.”

Fórum de discussão

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Historia das artes marciais para adicionar comentários!

Comentário de luiz augusto neto alves em 12 agosto 2010 às 23:59

Comentário de luiz augusto neto alves em 12 agosto 2010 às 23:55

Comentário de luiz augusto neto alves em 12 agosto 2010 às 23:53
Os japoneses afirmam que Saigo Takamori, morto aos 50 anos, em 1877, foi o derradeiro samurai, o último grande mestre-de-armas que, com a espada na mão, lutou até o fim para preservar os fundamentos marciais da casta guerreira. A ética do Bushido, o código do guerreiro, que ele representava, estava por desaparecer na avalanche da modernidade, provocada pelas reformas ocidentalizantes radicais adotadas pela Restauração Meiji (1867-1912).
Comentário de luiz augusto neto alves em 3 agosto 2010 às 10:06
vamos participar pessoal, grande é o conhecimento marcial, de fato nossa estrutura corporal e incrivel.
Comentário de luiz augusto neto alves em 20 julho 2010 às 23:14

Huo Yuanjia (em chinês: Pinyin: Hu Yu nji ) (n. 1867-1910) foi um artista chinês das artes marciais e co-fundador da Chin Woo Athletic Association, uma escola de artes marciais em Shanghai
Comentário de luiz augusto neto alves em 20 julho 2010 às 23:04

Comentário de luiz augusto neto alves em 14 julho 2010 às 18:56
Queridos colegas, hoje vamos falar sobre huo yuanjia Sua história foi retratada num filme estrelado por Jet Li. No filme, Huo Yanjia era um garoto muito orgulhoso, que tinha a ambição de ser o melhor Lutador, ele era muito competitivo e por causa de sua ambição, tornou-se cego e impaciente.

Anos mais tarde, um de seus alunos foi espancado por mestre Kim, um grande mestre de sua cidade, o único contra o qual ainda não tinha lutado e vencido. Para defender a honra do seu aluno, provocou uma luta selvagem que acabou na morte de seu oponente.

Ao retornar a sua residência, ele vê sua mãe e sua única filha mortas, Enfurecido, ele se dirige até o velório de mestre Kim. Ao entrar no local, encontra a esposa, a filha e o sobrinho de Kim, que revela ter assassinado sua família por vingança, e logo em seguida corta sua própria garganta.

Após esse episódio, seu discípulo confessou ter ofendido o mestre, como consequência ter se ferido ao enfrentar mestre Kim.

Se sentindo muito culpado, Huo passou vários anos vagando sem rumo, se lamentando por seus atos e por sua impulsividade. Ao tentar se matar em um lago, é resgatado por camponeses plantadores de arroz e recebe cuidados de uma mulher cega. Vivendo com aquela comunidade aos poucos reaprendeu a dar valor à vida. Então decide regressar a sua cidade para tentar consertar seus erros. Pediu desculpas à viúva do mestre Kim e prestou suas homenagens ao falecido, depois reatou sua amizade com amigo de infância que várias vezes o auxiliou. Ao retornar, percebeu que a China estava sendo dominada por estrangeiros, e soube que os chineses estavam sendo rotulados como "os doentes do leste" e a auto-estima dos chineses estava cada vez mais baixa, levando a uma séria crise de identidade.

Huo desafiou um lutador "brutamontes" americano que ja havia vencido vários lutadores chineses e desfazia-se deles publicamente. Venceu-o de maneira civilizada, poupando o adversário várias vezes, ganhando também a admiração do americano, e assim levantou o moral dos chineses, criando uma associação que integra todos os estilos de Kung Fu.

Após esse episódios, foi desafiado por um político japonês a lutar contra quatro lutadores de quatro países diferentes, pois se fosse derrotado a China perderia novamente sua moral.

Huo venceu os três primeiros: um boxeador, um soldado armado com uma lança e um espadachim. O último era Akutagawa, um lutador japonês de Kenjutsu e Karatê, que admirava Huo e tinha por ele amizade. Na luta, ao fazer uma pausa para descanso, Huo é envenenado. Ao retornar à luta, Huo já se sente debilitado pelo veneno. Akutagawa pede para que a luta se encerre, pois ainda podia procurar um médico e se salvar. Porém, Huo recusou-se a encerrar a luta e a salvar a sua vida, dizendo que quem importava realmente era a China e não ele. Em um momento da luta, Huo aplica um poderoso golpe (toque da morte), o mesmo golpe que tirou a vida de mestre Kim, mas quando o golpe ia atingir Akutagawa, Hou interrompe seu próprio golpe e tomba agonizando. A vitória seria dada a Akutagawa, mas, sendo ele honrado e reconhecendo a verdade, levantou Huo e declarou que este tinha vencido a luta. Assim Huo lutou contra quatro adversários e restaurou a honra e integridade do povo chinês perante os demais países.
Comentário de luiz augusto neto alves em 11 julho 2010 às 10:18
No Ocidente

Artes marciais mistas.No período moderno, diversas práticas marciais ficaram vinculadas unicamente à luta e à defesa pessoal, situação muito distinta da do Oriente, que as integra a um sistema filosófico que prepara o praticante também física e espiritualmente, criando uma consciência da futilidade de viver competindo e de utilizar sua arte para defender quem não tem o mesmo preparo. Mas a Europa também mantinha uma tradição filosófica de unir a arte marcial às ciências, desde o período greco-romano, passando pelos nobres europeus no medievo e cientistas no renascimento, todos aplicavam o método científico em suas práticas.

Entre os estilos ocidentais de luta, podemos citar: O pancrácio (pankration) greco-romano originou vários sistemas de combates com mãos nuas na europa EX: kampfringen, gouren, Catch-as-Catch can, Glima, abrazzare, Boxe e Savate.

Após ter aprendido o combate com mãos nuas, o combatente aprendia a manusear desde armas pequenas como facas, passando por vários tamanhos de espadas, lanças e machados. vide esgrima

Na China
Shu = artes chinesas, onde se encontram os estilos mais recentes e modernos, muito destes adaptados à competição. Shi = artes chinesas, onde se encontram estilos diversificados, normalmente junção de várias artes marciais. ex: Kung shi

No Japão
As artes da luta também se dividem em três grupos:

Bugei = o sistema é simplório, referindo-se a técnicas de guerrear com o aprendizado voltado à manipulação e domínio de equipamentos bélicos tradicionais, como o arco e flecha, os diferentes tipos de espada, lança, alabardas, foices, bastões, machados, correntes, dentre vários outros, característicos da época e região.
Bujutsu = Ele está relacionado a todas as modalidades técnicas necessárias para o combate corporal. É composto por um conjunto de técnicas do bugei, definido como bugei juhappan (as 18 disciplinas de combate), incluindo equitação e natação. Foi estabelecido após o período Kamakura japonês (1192-1333), após a chegada da classe samurai ao poder, sendo sua prática limitada a membros da elite guerreira, cabendo o domínio total das técnicas somente a uma pessoa, o fundador do estilo. Ex. Budo taijutsu, Kenjutsu, Iaijutsu, Ninjutsu e etc.
Budo = O budo é a evolução do bujutsu, juntamente com o bugei. Contudo, o budo foi dividido em duas linhas de evolução: a linha esportiva competitiva e a linha de estudo da técnica marcial, sem o propósito de guerra, evolução característica da arte marcial, e outras que se mantiveram desde a antiguidade. Ex: Karate,Kempo, Judo, Aikido, Kendo, Kyudo, yoseikan etc.
 

Membros (45)

 
 
 

Links Patrocinados

documento histórico

Versão digitalizada do decreto que aboliu a escravatura no Brasil, dando origem à Lei Áurea. O documento é assinado pela Princesa Imperial Regente Isabel, pelos senadores Primeiro Vice-Presidente Antônio Candido da Cruz Machado, Primeiro Secretário Barão de Mamanguape e pelo Segundo Secretário do Joaquim Floriano de Godoi. O manuscrito original faz parte do acervo do Arquivo do Senado Federal. Faça aqui o download em alta resolução desta importante peça da História do Brasil: http://goo.gl/ewCcee

Conteúdo da semana

Depoimento do coronel reformado do Exército, Paulo Malhães, ex-agente do Centro de Informação do Exército, que atuou em diversas missões de extermínio de opositores da ditadura e também na Casa da Morte. No depoimento, ele admite tortura, mortes, ocultações de cadáveres e mutilações de corpos.

Cine História

Cortinas Fechadas

Chega aos cinemas brasileiros o drama iraniano dirigido por Kambolza Partovi e Jafar Panahi, “Cortinas Fechadas”.

Sinopse: Vivendo em prisão domiciliar após ter sido condenado pela justiça iraniana, sob a acusação de denegrir a imagem do governo do presidente Mahmoud Ahmadinejad com seus filmes, o cineasta Jafar Panahi tem seu cotidiano apresentado neste filme.

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. Teremos o prazer em ajuda-lo(a):

Nosso email: cafehistoria@gmail.com

Parceria: NIEJ-UFRJ

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }