Guerra da Tríplice Aliança (Guerra do Paraguai))

Informação

Guerra da Tríplice Aliança (Guerra do Paraguai))

Grupo voltado a discussão desse importantíssimo e polêmico período. Opiniões se divergem, linhas historiográficas e o senso comum também. E isso só aumenta a importância da discussão: cabe a nós!!!

Local: Rio de Janeiro
Membros: 43
Última atividade: 19 Out, 2012

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Guerra da Tríplice Aliança (Guerra do Paraguai)) para adicionar comentários!

Comentário de Elisangela Martha em 16 setembro 2009 às 13:41
O que me vem em mente com relação a este conflito, É o de uma guerra como tantas as outras, onde o poder da diplomacia deixa de ser exercido, predominando assim o poder da força, no caso a força militar. Antes o que me vinha rapidamente a mente, era o caso de ter sido uma guerra de três países, contra um, mas após a leitura do livro a maldita guerra de manolo Doratioto, obtive melhores informações com relação ao conflito, que também é apontado como uma das causas da queda de nossa monarquia. Infelizmente o massacre da população paraguaia foi muito grande. é mesmo uma maldita guerra, como todas.
Comentário de Marco Antônio Chaves em 29 março 2009 às 19:48
Falando sobre essa guerra (sobre o que a professora nos contara pela manhã), com meu avô, num distante junho ou julho de 1982, foi que comecei a entender a diferença entre História e História Oficial, pois o relato do livro e da professora eram muito diferentes do relato de meu avô, contando-me o que seu pai, meu bisavô, viveu e viu, lutando nas forças orientais, naquele massacre. Segundo meu avô, se Solano Lopez fosse o tirano que nossa história oficial relata, o povo paraguaio não o defenderia com tanta paixão como verdadeiramente o fez. Em suma, para mim ao acabar com o Paraguai nossos antepassados acabaram com a grande chance histórica de termos uma Latino América independente verdadeiramente. Um abraço
Comentário de ARMARTINS em 27 março 2009 às 23:45
o nascimento de uma força armada, a utilização de escravos e indios nas frentes de batalha, "história ou ..."
Comentário de Silvana Pozzebon Rizzo em 16 fevereiro 2009 às 12:51
s vzs me questiono , até que ponto está guerra foi útil ??? Para quem foi mais "útil"(se é que guerras tem alguma utilidade).
 

Membros (43)

 
 
 

Links Patrocinados

documento histórico

Versão digitalizada do decreto que aboliu a escravatura no Brasil, dando origem à Lei Áurea. O documento é assinado pela Princesa Imperial Regente Isabel, pelos senadores Primeiro Vice-Presidente Antônio Candido da Cruz Machado, Primeiro Secretário Barão de Mamanguape e pelo Segundo Secretário do Joaquim Floriano de Godoi. O manuscrito original faz parte do acervo do Arquivo do Senado Federal. Faça aqui o download em alta resolução desta importante peça da História do Brasil: http://goo.gl/ewCcee

Conteúdo da semana

Depoimento do coronel reformado do Exército, Paulo Malhães, ex-agente do Centro de Informação do Exército, que atuou em diversas missões de extermínio de opositores da ditadura e também na Casa da Morte. No depoimento, ele admite tortura, mortes, ocultações de cadáveres e mutilações de corpos.

Cine História

Cortinas Fechadas

Chega aos cinemas brasileiros o drama iraniano dirigido por Kambolza Partovi e Jafar Panahi, “Cortinas Fechadas”.

Sinopse: Vivendo em prisão domiciliar após ter sido condenado pela justiça iraniana, sob a acusação de denegrir a imagem do governo do presidente Mahmoud Ahmadinejad com seus filmes, o cineasta Jafar Panahi tem seu cotidiano apresentado neste filme.

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. Teremos o prazer em ajuda-lo(a):

Nosso email: cafehistoria@gmail.com

Parceria: NIEJ-UFRJ

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }