Informação

Antonio Gramsci

Espaço para discutir a vida, obra, pensamento e itinerário da recepção gramsciana.

Membros: 86
Última atividade: 20 Set

Fórum de discussão

Relação de Estado a nível cultural.

Iniciado por Gustavo Marcondes. Última resposta de Lúcio Emílio do Espírito Santo 30 Ago. 2 Respostas

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Antonio Gramsci para adicionar comentários!

Comentário de Lúcio Emílio do Espírito Santo em 30 agosto 2014 às 13:02

Gramsci hoje é famoso pq o PT o utiliza para justificar oportunismo e cretinismo eleitoral. No entanto, ele é um autor de vida e obra fascinantes. Ele se opunha  Trotsky insistentemente, mas depois foi "trotsquizado" pela academia. Gramsci foi um adepto de Stálin, não pq fosse fiel a Lênin como ele, mas pq isso convinha a seus raciocínios em prol de uma frente popular, que ele chama de "bloco histórico".Lukács converge com ele em vários pontos: revolução pela educação (leia o texto bolchevismo como problema moral), valorização da via parlamentar ou pacífica, etc.

Comentário de Alexandre Rodrigues em 7 março 2011 às 15:08

Um interessante filme para ver em algum desses dias carnavalescos é "Antonio Gramsci: os dias de cárcere".

É só clicar em http://video.google.com/videoplay?docid=-5212179366147622794#

Comentário de Alexandre Rodrigues em 27 janeiro 2011 às 8:37

Homenagem aos 120 anos de Gramsci pela Fundação Maurício Grabois em http://grabois.org.br/portal/revista.php?id_sessao=9&id_publica...

Bons textos podem ser acessados. Aproveitem! 

Comentário de Thiago Tomas Santos Rodriguês em 19 janeiro 2011 às 10:47

Estou feliz de entrar neste grupo, que acredito, tentar desvendar os mistérios incumbidos no pensamento deste homem, que nos mostrou as facetas de um complexo muito maior, que é nossa sociedade, partindo de um conceito em minha opinião, estereotipado por homens exaltados (Marxismo), Gramsci desvela a nós, mais uma face da sociedade humana... 

Ele e outros, como (Georg Lukäcs e Theodor Adorno), nos demonstram que a via econômica é mais uma entre "irmãs", todas bases fundamentais, que caracterizam sociedades, e as mantém em suas particularidades... 

 

Obrigado a todos... 

 

Se me exaltei me perdoem, coisa de jovem... rsrsrsrs 

 

Um abraço a todos...

Comentário de José Agnaldo Barreto de Almeida em 19 dezembro 2010 às 18:34

Tenho estudado esse pensador e a cada página que leio, vejo o quão é extraordinário o seu pensamento.

Ele deixa claro as idéias de Consenso, Consentimento, Hegemonia,Contra-Hegemonia.

Mostra a necessidade da ação para os grupos subalternos construirem uma nova página, mais humana para a sociedade.

 

Att.

José Agnaldo

Comentário de Ludmila Pena Fuzzi em 17 outubro 2010 às 11:43
Criei uma página em que trato de assuntos históricos, meu blog é dividido em páginas temáticas: História Social, História da Morte, Histpriografia, Metodologia de Pesquisa (Muito Importante para Universitários e Outros), Artigos e Texto dentre outras coisas... Tem muito material bom, minha contribuição para a história.. EM BREVE irei atualizar minha página referente aos estudos da escravidão, meus Mestrado!

Acessem: http://profludfuzzi.blogspot.com/ Podem fazer pedidos pelo Fale Conosco!
Comentário de getulio miranda barbosa jr em 18 agosto 2010 às 17:38
hegemonia,devir,sociedade cvil e as classes subalternas são conceitos chaves em Gramsci
 

Membros (86)

 
 
 

Links Patrocinados

Cine História

A Oeste do fim do mundo

Está em cartaz nos cinemas brasileiros a co-produção Brasil-Aregentina, "A Oeste do fim do fo mundo", de Paulo Nascimento.

Sinopse: Leon (César Troncoso) é um homem introspectivo que vive em um velho posto de gasolina, perdido na imensidão da estrada transcontinental entre a Argentina e o Chile. Seu único amigo é Silas (Nelson Diniz), um brasileiro que volta e meia o visita para trazer peças para consertar a moto dele. Um dia, a paz de Leon é abalada com a chegada de Ana (Fernanda Moro), uma mulher que escapou da tentativa de abuso sexual de um caminhoneiro com quem tinha pego carona. Sem ter para onde ir e no meio do deserto, Ana recebe abrigo de Leon inicialmente para apenas um dia. Só que o tempo passa e ela não consegue sair do local.

café história acadêmico

Felipe II: confira na íntegra a tese de doutorado do historiador José Carlos Vilardaga: "São Paulo na órbita do Império dos Felipes: conexões castelhanas de uma vila da América Portuguesa durante a União Ibérica (1580-1640)". O trabalho foi defendido em 2011 na Universidade de São Paulo.

EVENTO EM DESTAQUE

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }