Olá a todos!

Muito se tem falado sobre os desafios da educação para o Século XXI, das gerações X, Y, Z, @, Nativos Digitais, Tecnologias da Informação, etc. No entanto, pouco se tem feito a respeito. A escola mostra-se um dos ambientes mais conservadores da sociedade, onde as transformações são extremamente lentas e muitas vezes ineficazes. Qual a real vantagem em fornecer tablets para os alunos, se a forma e o conteúdo do currículo escolar não é alterada? Qual a vantagem de se utilizar apresentações em power point, vídeos, e outras tecnologias da informação, se o professor continua sendo o centro do processo educativo, e não o aluno?

É pensando nessas questões, e amparando por alguns poucos conhecimentos de Educomunicação que criei o site conexaodidatica.org

O objetivo maior é do site é ser um ambiente de discussão sobre a educação e, por ser historiador de formação, forneco alguns materiais um pouco mais interativos para se trabalhar história. Por exemplo, um infográfico interativo sobre o que acontecia no mundo durante a Idade Média, tentando oferecer ao aluno uma visão global da história, para além do eurocentrismo, mostrando que a Idade Média é um período específico de um espaço específico.

Bom, é isso. Espero que seja do agrado de todos!

Abraços!

André.

Tags: Digitais, Educação, Educomunicação, Ensino, Idade, Média, Nativos, Século, XXI, de, Mais...história.

Exibições: 84

Anexos

Respostas a este tópico

hola, deseo hacer un comentario sobre historia y una consideracion sobre América y sus olvidados países, no vi aún un solo historiador que trabaje las guerras en sudamerica, ricas en vivencias, más cercanas de nuestra realidad, cada vez que tuve la oportunidad de comentar con mis alumnos sobre ellas, su atención  y su disposicion para comentarios llamo mi atención, casi descubriendo un universo nuevo, tanto para ellos como para m.

me gustaria compartir esa inquietud con los compañeros historiadores, desde ya agradecido y esperando respuestas 

Boa sorte!

RSS

Links Patrocinados

Cine História

Não pare na pista

Chega aos cinemas brasileiros o aguardado filme cinebiografia de Paulo Coelho, "Não pare na pista -  a melhor história de Paulo Coelho", dirigido por Daniel Augusto. 

Sinopse: Cinebiografia de Paulo Coelho, o filme se concentra em três momentos distintos da carreira do escritor: a juventude, nos anos 1960 (período em que é vivido pelo ator Ravel Andrade); a idade adulta, nos anos 1980 (Júlio Andrade); e a maturidade, em 2013, quando refaz o Caminho de Santiago (Júlio Andrade, maquiado). Usando como base depoimentos do próprio Paulo Coelho, a história perpassa os momentos mais marcantes da vida do autor, como os traumas, a relação com as drogas e a religião, sexualidade e a parceria com o músico Raul Seixas.

café história acadêmico

Ensino de História: Confira o artigo “A guerra das narrativas: debates e ilusões em torno do ensino de História”, da historiadora Christian Laville, da Universidade Lava, Quebec. Resumo: Em quase todas as partes do mundo, os programas escolares exigem que o ensino da história desenvolva nos alunos a autonomia intelectual e o pensamento crítico. Há muito tempo não se vê mais a missão de incutir nas consciências uma narrativa única glorificando a nação ou a comunidade. No entanto, quando o ensino da história é questionado nos debates públicos, é sempre com referência a esse tipo de narrativa: embora não fazendo mais parte dos programas, esse continua sendo o único objeto dos debates. Este artigo dá inúmeros exemplos atuais de tais debates, antes de concluir que são provavelmente vãos e que as pessoas se iludem sobre os efeitos reais da história ensinada. Alguns exemplos também são dados a esse respeito. Clique aqui para acessar.

EVENTO EM DESTAQUE

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }