Cultura política & Redes de Poder e Relações Culturais

Informação

Cultura política & Redes de Poder e Relações Culturais

Para quem se interessa pelo campo da história política renovada, cultura política e as dimensões do poder na análise das sociedades.

Membros: 159
Última atividade: 15 Dez, 2016

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Cultura política & Redes de Poder e Relações Culturais para adicionar comentários!

Comentário de daniela em 15 dezembro 2016 às 20:13

Alguém pode me indicar um livro sobre Getúlio Vargas que aborde a Petrobrás ?

Comentário de rogerio dasmasceno em 3 julho 2014 às 10:11

a POLÍTICA É A ARTE DAS RELAÇÕES SOCIAIS MAIS COMPLEXA QUE EXISTE E TAMBEM PERIGOSA NO SENTIDO MAIS AMPLO. TODOS FAZEM POLÍTICA, EXEMPLO: NO BRASIL A POLÍTICA É FEITA DE MANEIRA BASTANTE PERVERSA, MENTIROSA, FRAUDULENTA E CORRUPTA, ( EXCETO ALGUNS...). VEJA O CASO DE NOSSO GOVERNO FEDERAL, REALMENTE SÃO COMUNISTAS, MAS NÃO O CONFIRMAM, SEGURAMENTE DESEJAM A IMPLANTAÇÃO DO MARXISMO POREM DISFARÇAM AO MÁXIMO.

OBS: TUDO O QUE DIZ UM COMUNISTA É ACIMA DE TUDO, MENTIROSO OU DUALISTA, POIS NÃO BUSCAM A VERDADE E SIM O QUE É BOM PARA A CAUSA, PARA O MOVIMENTO, COMO DIZI O GLORIOSO "JOSÉ DIRCEU" " TEMOS QUE SALVAR O PARTIDO". 

AGUARDO COMENTARIOS

Comentário de suzan fernanda alonso em 10 junho 2014 às 23:45

Laís Borges achei o seu comentário interessante, porque justamente a questão racial no Brasil,que já parecia estar bem resolvida,volta em pauta com o racismo estatal. Esse é um exemplo de que a política pode não só influenciar na construção do Estado, suas leis e poderios, mas nas lutas étnicas e claro de classes já vista tanto em nossa história e longe de ser um assunto extinto.

Comentário de joaquim schieder da silva em 7 fevereiro 2014 às 4:14

Bom dia,caros colegas

Uma das coisas que mais me repugna è a política ,desde muito cedo aprendi a nao gostar desta gente que mente a toda a hora.Utilizam as palavras a seu belo prazer sem estarem preocupados se è verdade ou mentira.

No entanto sei que temos que aprender a lidar com este tipo de gente que nao tem escrupulos e evitá-los sempre que for necessário.

Devemos utilizar a arma que lhes dá ou nao poder,o nosso voto.

Faz muitos nao que nao voto e nao penso faze-lo,porque cada vez que se vot ao partido em que eu votar ganha cerca de 5 euros,esse dinheiro sai do bolso de quem trabalha honestamente e vive na miséria.

Em 2013 houve aqui em Munique um Referendo para se saber se a Cidade se candidatava aos Jogos Olimpicos de Inverno ou nao.

Claro que votei contra, e os contra ganharam para grande surpresa do presidente da camara.

As pessoas nao devem de ir na onda dos políticos que se habituaram a mentir constantemente e mesmo assim a serem eleitos.

A maturidade eleitoral demora tempo a ser conseguida ,se os jovens aceitarem a experiencia dos mais velhos,os políticos perdem poder e a populacao pode ter mais paz e prosperidade e assim evitar males que possam advir deste tipo de gente que nao conhece ninguém(que nao hesita em mentir para conseguir os seus objetivos).

Cumprimentos

Comentário de Bruno Leal em 29 janeiro 2014 às 9:33

Boa colaboração, Vicente. 

Comentário de Vicente Pu So em 2 janeiro 2014 às 14:09

É necessário termos em mente que a atividade filosófica precede à política. Para o bom entendimento do que seja a política e como pensam seus atores, recomendo o estudo de autores da área da Filosofia Política. Com a História enquanto ferramenta, um dos métodos de investigação da Filosofia Política é o estudo comparado entre fenômenos políticos e sociais que permeiem as diferentes sociedades ao longo da humanidade. O que há de comum entre elas? Quais fenômenos recorrentes nos diferentes períodos e que apontem para a atividade política?

A análise da política na perspectiva filosófica é tema do excelente texto de Miguel Morgado. Envio o link para que confiram: http://www.scielo.gpeari.mctes.pt/scielo.php?script=sci_arttext&...

Comentário de Laís Borges Lima em 26 novembro 2013 às 19:41

Pô, achei esse tema muito rico. 

Eu estou terminando minha monografia, e penso exatamente a respeito disso. Analisando o modo de se fazer história e todo o saber acumulado na construção nacional como essa questão cultural pode a vir se dissociar da questão politica ?

Porque ao meu ver são relações de poder, que não se dissociam.

Exemplo claro é a nossa dificuldade de se auto-declarar negro, branco ou índio.Ou falar de racismo no Brasil, tudo é tão bem constituído que é quase impossível não gostar de falar de politica e respiramos ela todos os dias. 

Comentário de Luiz Fernando Almeida em 24 agosto 2013 às 22:10
O que estigmatizou a política no pensamento popular foram os próprios políticos!!!
Comentário de Bruna Alves de Araujo em 30 julho 2013 às 14:40

Gente quem aqui conhece bons livros a respeito desse tema?

Comentário de Juliana Silveira em 25 maio 2011 às 16:11
hehehe parece que é difícil mesmo as pessoas se mexerem quando se trata de política, né? A visão da política como algo distante das pessoas ficou mesmo muito forte... ou as pessoas têm medo de associar política com partido político! Coisas bem diferentes, aliás, inclusive historicamente.
 

Membros (159)

 
 
 

café história acadêmico

Lançamento: A 13ª Edição da Revista Ars Histórica está no ar cheia de novidades. Nesta edição, os leitores encontrarão o dossiê "Império Português em Perspectiva: Sociedade, Cultura e Administração (XVI-XIX)" apresentado pelo Prof. Dr. Antonio Carlos Jucá, PPGHIS-UFRJ. Clique aqui para conferir na íntegra.

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Atenção!

O Café História respeita a opinião de todos nos mais diversos espaços da rede. Reserva-se, no entanto, o direito de suspender textos de teor ofensivo, agressivo ou que sustente preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com o bom senso e as leis brasileiras. Se identificar algum conteúdo ofensivo ou comportamentos inadequados, por favor notifique-nos: cafehistoria@gmail.com

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. cafehistoria@gmail.com

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }