A Pátria de Chuteiras, A História de um Povo!

Informação

A Pátria de Chuteiras, A História de um Povo!

Aproveitando o clima de copa do mundo, lanço este grupo para analisarmos a influência do futebol na construção da sociedade brasileira ao longo dos anos. Para os outros uma derrota para o brasileiro uma Tragédia Épica! Comentem.................!!!

Membros: 13
Última atividade: 14 Maio, 2011

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de A Pátria de Chuteiras, A História de um Povo! para adicionar comentários!

Comentário de Joabe Tavares de Souza em 10 julho 2010 às 14:42
Este email me trouxe um sentimento dividido! Uma morte trágica exige respeito! No entanto, a criatividade e o humor do brasileiro sempre me fascinam nestes casos, só por isso passo adiante.

1. Qual a diferença entre o Ronaldo Fenômeno e o Bruno? Resposta: O
que não mata, engorda!

2. As mulheres dizem que Cristiano Ronaldo e Kaká são lindos de
morrer. Elas precisam conhecer o goleiro Bruno. Ele é de matar.

3. Bruno dispensa advogado alegando que, como ele é goleiro, fará sua
própria defesa.

4. Goleiro Bruno vai mudar de esporte. Vai pro XADREZ.

5. Fase do mata-mata: Cristiano Ronaldo mata no peito, Luís Fabiano no
braço, Val Baiano na canela, Felipe Melo no campo e o Goleiro Bruno no
sítio.

6. O Bruno é tão bom goleiro que nunca engoliu frangos, agora, quando
o assunto é presuntos....â!...

7. Poderiam ter levado para a Copa o goleiro Bruno do Flamengo,
estaríamos sossegados agora nesta fase do mata-mata!!!!!

8. Esse time do flamengo é bom! O que mata é o goleiro!!!

9. Sorte de hoje: o goleiro Bruno não sabe que você tem um filho dele.

10. Enquanto o Loco Abreu coloca, o Bruno enterra.
 

Membros (13)

 
 
 

Links Patrocinados

Cine História

Sobrevivente

Chega aos cinemas o filme islandês "Sobrevivente", de Baltasar Kormákur. 

Sinopse: Durante o inverno de 1984, um barco pesqueiro naufraga no Atlântico Norte, nas proximidades da Islândia. Os tripulantes tentam sobreviver, mas as águas geladas impedem que essa tarefa seja facilmente concluída, restando apenas Gulli (Ólafur Darri Ólafsson), um homem bom, de fé, querido por todos, e com uma vontade de viver inacreditável. Após nadar por cerca de seis horas e enfrentar vários percalços, ele consegue contato com a civilização. Após a incrível experiência vivida, Gulli terá ainda que viver com a dor da perda dos amigos e, pior, a incredulidade de todos, que não entendem ele ter sobrevivido a uma situação tão extrema e insistem em fazer testes para saber como isso pode ter acontecido. Baseado em fatos reais.

documento histórico

Guerra do Paraguai: Prédios paraguaios após a Guerra do Paraguai s.l., [186-]. Arquivo Polidoro da Fonseca Quintanilha Jordão. Fonte: Arquivo Nacional

Conteúdo da semana

Leituras da escravidão: O mini-documentário 'Leituras da Escravidão' aborda a escravidão na província do Paraná através do relato de estudantes de História da Universidade Federal do Paraná, que pesquisam o tema em processos judiciais do século XIX no Arquivo Público do Paraná

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }