A POESIA E OS GRANDES POETAS BRASILEIROS

Informação

A POESIA E OS GRANDES POETAS BRASILEIROS

Aqui teremos grandes nomes de poetas brasileiros e sua obras, também o espaço é reservado a quem queira postar poesias, frase, poema e pensamentos. Sejam bem vindos.

Membros: 41
Última atividade: 14 Abr, 2013

Poesia e sonhos.

%3Ca%20href=">Orkut" target="_blank">

Fórum de discussão

Poesia Secreta: publique aquilo que você escreve, mas nunca deixou que ninguém lesse.

Iniciado por RENATA ARAÚJO MACHADO 12 Abr, 2012. 0 Respostas

Você aceita esse desafio?

VERSO AMIGO

Iniciado por Fernandes Oliveira 26 Dez, 2011. 0 Respostas

VERSO AMIGOTenho meu verso como único amigoE estando da alva folha dianteJamais me mostrarei vacilantePois me calar seria maior castigo. Dos braços que não me servem de abrigo,Do olhar  sem o brilho…Continuar

A quem serve a Poesia: a quem a faz ? a quem a lê ? a posteridade ?

Iniciado por Dagoberto de Oliveira Sant'Ana. Última resposta de Dagoberto de Oliveira Sant'Ana 2 Out, 2010. 2 Respostas

Quando elaboramos ou apenas deixamos que se liberte a energia que nos motivou um poema não temos exata consciencia do alcance daquela obra. Convido o Grupo a meditar e discutir as possiveis…Continuar

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de A POESIA E OS GRANDES POETAS BRASILEIROS para adicionar comentários!

Comentário de Fernandes Oliveira em 1 março 2012 às 19:59
O evento se realizará na Biblioteca Porto do Saber dia 09 de março a partir das 18:00h com entrada franca.

Endereço: Av. São Paulo,900 - Boqueirão - Praia Grande-SP, próx. ao Hospital Irmã Dulce
Contato: 13-3496-5358

Mais detalhes no link no Blog do Poeta Fernandes

 

 

Comentário de Fernandes Oliveira em 27 janeiro 2012 às 21:04
Comentário de Fernandes Oliveira em 27 janeiro 2012 às 21:04
Comentário de Fernandes Oliveira em 26 dezembro 2011 às 21:35

VERSO AMIGO

Tenho meu verso como único amigo

E estando da alva folha diante

Jamais me mostrarei vacilante

Pois me calar seria maior castigo.

 

Dos braços que não me servem de abrigo,

Do olhar  sem o brilho cintilante

Ou do coração que bate inconstante

Eu falo pois é sentir que já vai antigo.

 

Não, não sou aquele que jamais erra,

Sou sim,a tudo suscetível na terra

Tanto a glória e ao vitupério.

 

Sou dúbio, derivado,insano,

Sou o que pode se dizer de humano

O que sou será para ti sempre mistério.

 

                          FERNANDES OLIVEIRA

Meu livro Minhas Pegadas na Areia

Comentário de Fernandes Oliveira em 1 dezembro 2011 às 6:01

FALANDO DE  ALGUÉM

 

Falar de quem não tenho conhecimento

Dizer que a vida te foi grata

E que a tua poesia não é abstrata,

Talvez seja fácil e faço num momento.

 

Mas falar do que vai no teu pensamento

É para mim tarefa árdua,ingrata ,

Pois o quadro que pinto não retrata

A real extensão de teu sentimento.

 

Qualidades as têm,mas as ofuscas,

Aonde vais sabem todos antes que andes

Porém podes tomar atitudes bruscas.

 

Teu amor e sinceridade são grandes,

Por vã quimera ,devaneio buscas

És louco,és poeta,és FERNANDES.

                                      FERNANDES OLIVEIRA

 

 

www.poetafernandes.blogspot.com

 

 

 

 

 

Lançamento do meu primeiro livro de poesias. "Minhas pegadas na areia", editora Literata, reune histórias e poemas de dezessete anos de produção literária e traz ao público os meus pensamentos e sentimentos impressos, sou um autor que costumo frisar que não faço poesias e sim procuro "Abstrair a realidade metaforizando ideias compondo aliterações de sentido e contexto diverso", com excelente prefácio do professor e mestre Artarxerxes Modesto, o livro promete emocionar e trazer à tona muita sensibilidade e reflexão sobre diversos temas, sobretudo, o amor.

E é neste contexto ou na falta dele que o convido a participar e divulgar do lançamento deste livro.

No lançamento está previsto Sarau e intepretação de alguns textos pelo grupo de Teatro Itgenoma de Rodrigo Marcondes, e outras atraçoes a confirmar.

Será uma tarde prazerosa e ansiosamente esperada onde poderei saudar e recepcionar os amigos que puderem prestigiar.

Comentário de Fernandes Oliveira em 16 novembro 2011 às 5:59

Causaria a muitos espanto
dizer o quanto
venero teu semblante
e isto traria-me acalanto,
pois hoje me encontro distante
e nas rimas que de manto
serviram-me, envolvo-me num instante.

Comentário de Fernandes Oliveira em 20 outubro 2011 às 19:54

Dia 20 de outubro dia do poeta

O amigo pergunta e o poeta responde

_Desculpe-me pela falta de respeito
mas angustia-me um dilema
dentre tantos já feitos
qual é o seu melhor poema?
_Para mim não tem problema
mas escolher eu nunca quis
sei apenas que entre tantos poemas
o melhor deles eu ainda não fiz.


Minha mensagem a todos os poetas e amigos que curtem poesia e mantém sempre viva.

http://poetafernandes.blogspot.com

Comentário de Dagoberto de Oliveira Sant'Ana em 9 agosto 2011 às 22:30

Benvindo Alexandre!

Pra lhe recepcionar, um poema curto de Damário daCruz, um poeta bahiano da cidade de Cachoeira no reconcavo :

Previsão metereológica


Nenhum
dia é triste!
Nós é que chovemos
na hora errada.


In Segredo das Pipas

 

Comentário de Alessandro Hack em 3 agosto 2011 às 8:28

Adorei esse Grupo!!!! Parabéns...

Para mim toda música, que toca o coração, e a alma se torna poesia pura e dentre tantas canções que gosto a que me lembrei agora nesse exato momento se chama "Luz Da Cidade" de Jorge Portugal cantanda por Maria Bethânia, uma música linda, de grande verdade.

Um grande abraço a todos.

 

http://www.youtube.com/watch?v=uTBSBD2w7dgLuz da Cidade

A luz da cidade cintila
O palco é a rua deserta
Aberta, tranqüila
A mesma voz a cantar.

E o som, sentimento profundo,
Mais fundo que as dores caladas.
Olhei-me nos olhos do mundo....
Sonhei acordado.

O tempo que me atravessa
não cessa a emoção passada,
tropeços, promessas,
O sonho não pode parar.

E a história nem sempre contada
Cantada por minha paixão
Explodindo o meu coração
Traduzindo a lição
Dos que morrem de amar

Estive em cada solidão
Em forma de canção
Espalhei-me no ar.

Comentário de Dagoberto de Oliveira Sant'Ana em 28 setembro 2010 às 20:02
Olá Neide, obrigado pelas boas-vindas. Espero que tenha recuperado a saúde para que possamos trocar estas figurinhas poéticas, porque eu acho que
"Poesia é um jeito diferente dagente ver o igual". Concordas?
 

Membros (40)

 
 
 

Links Patrocinados

EVENTO EM DESTAQUE

Cine História

Saint Laurent

Acaba de chegar aos cinemas o filme "Saint Laurent", de 

Sinopse: Entre os anos 1967 e 1976, o estilista Yves Saint-Laurent (Gaspard Ulliel) reinou sozinho no mundo da alta costura francesa. Esta biografia mostra o seu processo criativo, as fotografias e entrevistas polêmicas, a relação com o marido e empresário Pierre Berger (Jérémie Renier), os casos amorosos extra-conjugais e a relação com o álcool e as drogas, que quase destruíram o império da marca YSL.O avô húngaro de Alex Levy Heller, diretor e roteirista deste documentário, teria escondido um relógio Patek Philippe com seu irmão mais velho antes de ser preso no campo de concentração de Auschwitz. Na busca por esse objeto, Alex faz duas viagens: Uma até a Polônia - atual Romênia e a Israel - usando o relógio como pretexto para descobrir mais sobre a história da sobrevivência de sua família. Na outra, ele entrevista sobreviventes do Holocausto que vieram morar no Brasil, resgatando as memórias dos sobreviventes desse período negro da história

café história acadêmico

Arte: Leia, na íntegra e gratuitamente, o livro “A Era de Caravaggio.

Parceiros


Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

Atenção!

O Café História respeita a opinião de todos nos mais diversos espaços da rede. Reserva-se, no entanto, o direito de suspender textos de teor ofensivo, agressivo ou que sustente preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com o bom senso e as leis brasileiras. Da mesma forma, o Café História poderá suspender membros que publiquem este tipo de conteúdo. Se identificar algum conteúdo ofensivo ou comportamentos inadequados, por favor notifique-nos: cafehistoria@gmail.com

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }