1. Quais foram as causas do nascimento do nazismo?

Tags: Alemanha, Guerra, Hitler, Nazismo, Segunda

Exibições: 967

Respostas a este tópico

O "clichê" seria atribuir a ascensão do nazismo às reparações impostas à Alemanha pela paz de Versalhes e à depressão econômica do início dos anos 1930. Entretanto, essa interpretação esbarra em dois problemas pelo menos:

1) A crise econômica causada pelas reparações de Versalhes, incluindo a famosa hiperinflação alemã, já tinha sido superada em meados da década de 1920, portanto, muito antes de o nazismo se tornar uma força política significativa na Alemanha,

e

2) Outros países que também passaram pela depressão dos anos 1930, notadamente os Estados Unidos e a França e, em menor escala, o Reino Unido (Grã-Bretanha) não se tornaram estados fascistas, mostrando que uma suposta relação causal entre depressão e fascismo não existe como regra universal.

Mais do que esses lugares-comuns então,  é preciso examinar características específicas da sociedade , cultura e sistema político alemães para entender o fenômeno nazista. Alguém gostaria de comentar ?

Oi, Friedrich.

É um assunto bastante amplo, que já rendeu muita historiografia. 

Você tem leitura da área?

Há todo um contexto histórico na Alemanha do pós I guerra mundial. Recessão, a fragilidade da República de Weimar, a ascensão do comunismo e o sentimento de perda e humilhação referentes à Versalhes. Além da influência do fascismo italiano que serviu de inspiração para a criação do partido nazista.Todavia, nos anos vintes, o nazismo é um partido de pouca expressão politica, há o desastroso Putsch de Munique, e em nenhum momento Hitler consegue vencer eleições. Neste período é elaborado o Mein Kampf.  Após a crise de 29, há o crescimento do  comunismo que transforma-se em ameaça aos conservadores burgueses. Desta feita, o nazismo passa a ser considerado um mal menor que o comunismo, recebendo o apoio deste segmento da sociedade. Mas não podemos ignorar a violência praticada pelas SS, o braço armado do partido nazista, que passou a espalhar o terror.

Bem apontado, Semíramis. 

E ainda há uma sofisticação do tema para o qual deveremos estar atentos: a origem do nazismo é diferente da origem de um impulso genocida, embora as duas coisas se cruzem o tempo todo. Neste aspecto, pesquisas recentes tem mesmo apontado para a experiência (indireta) da Primeira Guerra Mundial por uma geração inteira. É bem interessante...

Bruno. É bem interessante ressaltar que a experiência da Primeira Guerra serviu de cenário para uma polarização política entre forças de direita e esquerda, sendo que boa parte já utilizava o discurso fascista contra a democracia, liberalismo, e o marxismo. 

RSS

Links Patrocinados

EVENTO EM DESTAQUE

café história acadêmico

História Orial: O professor José Carlos Sebe B. Meihy, autor de "História Oral: como fazer, como pensar" e "Guia Prática de Historia Oral", explica.

Cine História

Timbuktu

Acaba de chegar aos cinemas brasileiros o drama “Timbuktu”, de Abderrahmane Sissako, uma co-produção entre França e Mauritânia. 

Sinopse: Julho de 2012, em uma pequena cidade no norte de Mali, controlada por extremistas religiosos. Uma família tem sua rotina alterada quando um pescador mata uma de suas vacas. Ao tirar satisfação sobre o ocorrido, Kidane (Ibrahim Ahmed dit Pino) acaba matando o tal pescador. Tal situação o coloca no alvo da facção religiosa, já que cometera um crime imperdoável.

Parceiros


Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2015   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }