Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais ABEC

Informação

Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais ABEC

ABEC tem por objetivo agrupar pessoas que tenham interesse em pesquisar o cemitério como lugar de memória, de produção artística e de patrimônio cultural.

Site: http://www.estudoscemiteriais.com.br
Local: Brasil
Membros: 28
Última atividade: 2 Jul, 2015

Cemiteriais se reunirão em julho na cidade de Piracicaba

A ABEC realizará no mês de julho, o IV Encontro da Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais, na cidade de Piracicaba em São Paulo. O evento tem como objetivo reunir pesquisadores cemiteriais do Brasil e demais países da América Latina, para troca e divulgação de estudos e pesquisas sobre o espaço do cemitério enquanto lugar de memória, de produção artística e de patrimônio cultural. Acesse site www.estudoscemiteriais.com.br e obtenham mais informações

Fórum de discussão

Este grupo ainda não possui nenhum tópico.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais ABEC para adicionar comentários!

Comentário de Dimas dos Reis Ribeiro em 13 fevereiro 2015 às 15:51

Juntamente com a bolsista PIBIC-V, Julyana Cabral estamos desenvolvendo a pesquisa: "ARTE CEMITERIAL: História, iconografias e devoções na baixada maranhense".

Comentário de Rogério Frigerio Piva em 11 novembro 2012 às 17:04
Alunos de Ensino Médio fazem aula de campo em antigo cemitério de São Mateus (ES).

Alunos dos terceiros anos do Ensino Médio da Escola Estadual “Dom Daniel Comboni”, localizada em Nova Venécia, quebrando tabus e preconceitos, fizeram uma aula de campo no mais antigo cemitério, em funcionamento, no norte do estado do Espírito Santo.

Confira no nosso blog COEMETERIUM:
http://www.kimitirion.blogspot.com.br/2012/11/alunos-de-ensino-medi...
Comentário de Rogério Frigerio Piva em 5 novembro 2012 às 22:12
Exumando Memórias: O primeiro cemitério público da cidade de Nova Venécia (1892-1960)

Data de 1892 a criação do primeiro espaço público para sepultamentos no então sertão do município de São Mateus onde mais tarde surgiu a pequena vila, hoje cidade de Nova Venécia, localizada na região noroeste do estado do Espírito Santo.

Confiram o texto de nossa autoria no link abaixo:

http://www.projetopipnuk.blogspot.com.br/2012/11/exumando-memorias-...
Comentário de Rogério Frigerio Piva em 16 abril 2011 às 18:51

Ossada humana encontrada em escola estadual

A ossada humana encontrada na terça-feira (12/04) na Escola Estadual Antônio Joaquim de Carvalho, em Araraquara, é de um antigo cemitério que existia no local no século XIX.
Veja mais detalhes no blog: COEMETERIUM
www.kimitirion.blogspot.com
Comentário de Flávio H. Barbosa de Oliveira em 31 dezembro 2010 às 11:41
Cemitério é "Um museu a céu aberto".
Comentário de Ludmila Pena Fuzzi em 17 outubro 2010 às 11:49
Rogério e Clarrisa,

Como estudiosa do assunto convido ambos em parceria entre IPHR, O Blog do Rogério e a ABEC para fazermos um manifesto virtual, mas não ficando só nisso, elaborarmos um documento oficial e encaminharmos para o IPHAN, podiamos nos unir para realizar um evento, uma conferência que resulte nesse documento unindo mais entidades e pessoas... juntos acho possível!!! Espero o contato de ambos!!!
Comentário de Ludmila Pena Fuzzi em 17 outubro 2010 às 11:47
Criei uma página em que trato de assuntos históricos, meu blog é dividido em páginas temáticas: História Social, História da Morte, Histpriografia, Metodologia de Pesquisa (Muito Importante para Universitários e Outros), Artigos e Texto dentre outras coisas... Tem muito material bom, minha contribuição para a história.. EM BREVE irei atualizar minha página referente aos estudos da escravidão, meus Mestrado!

Acessem: http://profludfuzzi.blogspot.com/ Podem fazer pedidos pelo Fale Conosco!
Comentário de Rogério Frigerio Piva em 3 outubro 2010 às 15:52
Clarissa, acabei de fazer minha denúncia. Convoco a todos os outros que também se sintam indignados com esta situação, a denunciar, de forma que o IPHAN tome conhecimento que existem pessoas que se preucupam com a preservação de nossos cemitérios. Talvez, para o cemitério de Baía Formosa seja tarde, mas é possível que isso alerte o IPHAN para outras situações que ocorrem cotidianamente em vários lugares do Brasil.
CEMITÉRIO TAMBÉM É PATRIMÔNIO CULTURAL!!!!
Comentário de Clarissa Grassi em 1 outubro 2010 às 12:03
Rogério, fiz uma denúncia junto ao IPHAN do Rio Grande do Norte usando essas mesmas matérias que vc listou em seu blog. É um absurdo que um campo santo com quase 4 séculos de utilização seja simplesmente destruído para abrigar a construção de um hotel. Faça você também uma denúncia. Quem sabe ainda é tempo de ser feito algum tipo de levantamento de informações e registros no local.
http://portal.iphan.gov.br/portal/montarPaginaFaleConosco.do?tipo=f...
Esse é o link. Basta selecionar a opção de denúncia. Caso não funcione, o email é iphan-rn@iphan.gov.br
Comentário de Rogério Frigerio Piva em 1 outubro 2010 às 9:40
Vejam no blog COEMETERIUM ( http://kimitirion.blogspot.com/ ):

Cemitério centenário da localidade de Praia de Santa Cruz das Areias, na Baía Formosa, estado do Rio Grande do Norte, foi vendido pela prefeitura local há quatro anos, para um grupo português que pretende construir um complexo hoteleiro.
No último dia 18 houve a exumação dos restos mortais de cerca de 170 ossadas. Esta ação seria a culminância de um processo judicial movido pelos novos proprietários para a eliminação do cemitério histórico que ocupa parte da área adquirida.

Segundo informações da imprensa local, o cemitério recebeu sepultamentos desde a época da fundação da vila de pescadores em 1612 (em pleno século XVII) até o ano de 1980 quando se proibiu novas inumações.
 

Membros (28)

 
 
 

Boletim Café História

Anúncio

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }