Definir o que significa arte não é uma tarefa fácil...

Mas, mesmo não sendo especialistas no assunto todos nós identificamos algumas produções como arte, não é mesmo?

mas, o que nos leva a considerar isso ou aquilo como sendo arte? 

será que nos deixamos levar pelos rótulos estabelecidos por instrumentos específicos da nossa sociedade que rotulam o que ou não arte, ou buscamos compreender o valor histórico de tais obras, a visão de mundo do artista... ou seja, será que consideramos aspectos não formais que a constituíram?

Tags: http://decoratividarte.blogspot.com/

Exibições: 1914

Responder esta

Respostas a este tópico

Uma vez  minha ex-cunhada me presenteou com um quadro de arte moderna pintado por ela e que não estava assinado.

Pedi que ela assinasse, senão eu não saberia como pendurá-lo...

Como diz Woody Allen, "Arte é qualquer coisa inútil que algum faz e consegue vender para outro...'

Não chego aos extremos Woddy, mas  convenhamos que a interpretação do que é ou não arte é relativo à visão de cada um.

Um exemplo - Minha filhota de 4 anos desenhou o nosso gato Nicolas - pelo menos ela disse que é o Nicolas,  já que umas manchas pretas e brancas  com uns trecos tortos saindo delas  para ela é o Nicolas. Pois o tal desenho eu emoldurei cuidadosamente e esta agora pendurado  aqui na sala de casa, ao lado de uma gravura do Poty Lazarotto ou seja,  para mim o que a minha filhota fez é uma obra de arte...

bem caro colega, acho que essa visão é muitonampla e simplista. Jorge Coli no livro o que é arte, diz que existe um cojunto de tecnicas e elemntos que são divididos entre os criticos de arte e historiadores da arte, que se apresentam como subsidios para a definição do que é o não arte.

O conceito de arte mudou muito ao longo do tempo. Neste sentido, a historia conceitual nos ajudaria trilhar como ao longo do tempo, a arte vai se definindo mediante o contexto apresentado em determinado momento histórico. O que torna relevante no momento é apenas indicar qe no tempo presente tivemos a superação de uma arte que se auto definia pelo academicismo, fundada na relação arte-estetica. Hoje a arte vai para aem da linearidade e perfeição buscadas no periodo neoclassico, e se transveste de tecnica e um sentido político/filosofico. Dizer que tudo é arte, é banilazar a  própria arte, e o estudos que se dedicam a tal empreita, pelo menos é este meu ponto de vista.

Pois é meus caros, tudo é relativo. Aproveitando o tópico que coloca conceitos em xeque, qual a definiçãoo que vcs usam para "arte contemporânea"? Me refiro não à categorização simplista-histórica, mas a toda uma tradição estética-filosofica. Quais os pontos que vcs ressaltariam quanto à essa tradição?

Grato,

Felipe AC

Coordenador de delivery

Na minha opinião, Arte é toda produção dotada de simbolismo e sentimento. :)

gostei desta definição!

perfeita definição

Arte então seria qualquer coisa que fosse executada dentro de determinadas técnicas, normas,padrões e modismos - que diga Andy Warholl -

Observe um artefato indigena comparado a digamos uma Pietá...

Tanto um quanto o outro foram executados seguindo determinadas normas, regras e padrões para que fossem ambas apreciadas pelos demais humanos...

Ou seja, arte é sim uma coisa simples. O fato de  determinados críticos, peritos e estudiosos (muitos  de gosto e conhecimentos discutíveis...) se arrogarem no direito de definir se tal coisa é ou não é arte para mim beira uma espécie de censura.

Continuo achando que o gato Nicolas desenhado por minha filhota (com certa imaginação dá para perceber que é um gato...) é sim uma obra de arte, já que foi elaborado dentro das normas, padrões e conhecimentos que uma criança de 4 anos tem...

Alem de que, sou um pai coruja!!!

É uma boa (e polêmica) questão.

Acho que todos sabemos o que é arte até o momento em que nos perguntam o que isso realmente é.

Acho que poderíamos definir arte como toda produção intelectual-artística que compreender um projeto, uma ideia, uma intenção. Essa intenção poder envolver a relação com o público, pode expressar unicamente a subjetividade do artista, enfim, acho que o caminho é basicamente esse. Entretanto, há um fato que acredito que é o mais importante: toda produção artística envolve a relação com o público. Até porque não há como pensar um objeto artístico que somente o autor conheça, veja, sinta. O que vocês acham?

É Bruno.

Bom argumento.

Eu mostro o desenho do gato Nicolas feito por minha filha a todos que me visitam.

O que vem em primeiro lugar para a definição de uma produção artística? A intenção de quem o faz, a utilidade do que é feito, ou a cultura de quem analisa a obra?

Arte é tudo que desperta sentimento, aflora os sentidos, através da produção produção artística, mesmo sem o conhecimento do artista. Pode ser profunda para uns, não necessariamente para outros.

Uma vez li que só a arte pode salvar o ser humano. Eu meio que não concordo com isto, um amigo meu morreu por causa da música. Costumava andar distraídamente com o mp3 player com fone de ouvido, foi atropelado e morreu. Mas falando sério e não sendo macabro, acho que a música é a maior das artes, ela nos tira momentaneamente do inferno trágico da vida e nos eleva em esferas superiores de imaginação, sentimento e criatividade. Em segundo lugar, vem a literatura (só a prosa, a poesia nos torna sonâmbulos).

RSS

Links Patrocinados

Cine História

A Casa Elétrica

Chega aos cinemas brasileiros o filme "A Casa Elétrica", co-produção Brasil-Argentina dirigida por Gustavo Fogaça.

Sinopse: A história de três irmãos imigrantes italianos que abriram a primeira fábrica de gramofones da América Latina. Savério (Nicola Siri), Carlino (André Di Mauro) e Aquille (Juan Arana) fundaram em Porto Alegre, em 1913, a Casa A Electrica. A história da música na América do Sul contada junto com a história da realização dos sonhos de um imigrante, a do Brasil e também a de um amor.

café história acadêmico

Vargas e o Trabalhismo: Confira, na íntegra, o artigo “A cultura política dos trabalhadores no primeiro governo Vargas”, do historiador Jorge Ferreira (UFF). Publicado na Revista de Estudos Históricos número seis, de 1990, o artigo se tornou uma referência importante sobre trabalhismo no Brasil. Clique aqui e leia.

EVENTO EM DESTAQUE

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }