Definir o que significa arte não é uma tarefa fácil...

Mas, mesmo não sendo especialistas no assunto todos nós identificamos algumas produções como arte, não é mesmo?

mas, o que nos leva a considerar isso ou aquilo como sendo arte? 

será que nos deixamos levar pelos rótulos estabelecidos por instrumentos específicos da nossa sociedade que rotulam o que ou não arte, ou buscamos compreender o valor histórico de tais obras, a visão de mundo do artista... ou seja, será que consideramos aspectos não formais que a constituíram?

Tags: http://decoratividarte.blogspot.com/

Exibições: 1866

Responder esta

Respostas a este tópico

Uma vez  minha ex-cunhada me presenteou com um quadro de arte moderna pintado por ela e que não estava assinado.

Pedi que ela assinasse, senão eu não saberia como pendurá-lo...

Como diz Woody Allen, "Arte é qualquer coisa inútil que algum faz e consegue vender para outro...'

Não chego aos extremos Woddy, mas  convenhamos que a interpretação do que é ou não arte é relativo à visão de cada um.

Um exemplo - Minha filhota de 4 anos desenhou o nosso gato Nicolas - pelo menos ela disse que é o Nicolas,  já que umas manchas pretas e brancas  com uns trecos tortos saindo delas  para ela é o Nicolas. Pois o tal desenho eu emoldurei cuidadosamente e esta agora pendurado  aqui na sala de casa, ao lado de uma gravura do Poty Lazarotto ou seja,  para mim o que a minha filhota fez é uma obra de arte...

bem caro colega, acho que essa visão é muitonampla e simplista. Jorge Coli no livro o que é arte, diz que existe um cojunto de tecnicas e elemntos que são divididos entre os criticos de arte e historiadores da arte, que se apresentam como subsidios para a definição do que é o não arte.

O conceito de arte mudou muito ao longo do tempo. Neste sentido, a historia conceitual nos ajudaria trilhar como ao longo do tempo, a arte vai se definindo mediante o contexto apresentado em determinado momento histórico. O que torna relevante no momento é apenas indicar qe no tempo presente tivemos a superação de uma arte que se auto definia pelo academicismo, fundada na relação arte-estetica. Hoje a arte vai para aem da linearidade e perfeição buscadas no periodo neoclassico, e se transveste de tecnica e um sentido político/filosofico. Dizer que tudo é arte, é banilazar a  própria arte, e o estudos que se dedicam a tal empreita, pelo menos é este meu ponto de vista.

Pois é meus caros, tudo é relativo. Aproveitando o tópico que coloca conceitos em xeque, qual a definiçãoo que vcs usam para "arte contemporânea"? Me refiro não à categorização simplista-histórica, mas a toda uma tradição estética-filosofica. Quais os pontos que vcs ressaltariam quanto à essa tradição?

Grato,

Felipe AC

Coordenador de delivery

Na minha opinião, Arte é toda produção dotada de simbolismo e sentimento. :)

gostei desta definição!

perfeita definição

Arte então seria qualquer coisa que fosse executada dentro de determinadas técnicas, normas,padrões e modismos - que diga Andy Warholl -

Observe um artefato indigena comparado a digamos uma Pietá...

Tanto um quanto o outro foram executados seguindo determinadas normas, regras e padrões para que fossem ambas apreciadas pelos demais humanos...

Ou seja, arte é sim uma coisa simples. O fato de  determinados críticos, peritos e estudiosos (muitos  de gosto e conhecimentos discutíveis...) se arrogarem no direito de definir se tal coisa é ou não é arte para mim beira uma espécie de censura.

Continuo achando que o gato Nicolas desenhado por minha filhota (com certa imaginação dá para perceber que é um gato...) é sim uma obra de arte, já que foi elaborado dentro das normas, padrões e conhecimentos que uma criança de 4 anos tem...

Alem de que, sou um pai coruja!!!

É uma boa (e polêmica) questão.

Acho que todos sabemos o que é arte até o momento em que nos perguntam o que isso realmente é.

Acho que poderíamos definir arte como toda produção intelectual-artística que compreender um projeto, uma ideia, uma intenção. Essa intenção poder envolver a relação com o público, pode expressar unicamente a subjetividade do artista, enfim, acho que o caminho é basicamente esse. Entretanto, há um fato que acredito que é o mais importante: toda produção artística envolve a relação com o público. Até porque não há como pensar um objeto artístico que somente o autor conheça, veja, sinta. O que vocês acham?

É Bruno.

Bom argumento.

Eu mostro o desenho do gato Nicolas feito por minha filha a todos que me visitam.

O que vem em primeiro lugar para a definição de uma produção artística? A intenção de quem o faz, a utilidade do que é feito, ou a cultura de quem analisa a obra?

Arte é tudo que desperta sentimento, aflora os sentidos, através da produção produção artística, mesmo sem o conhecimento do artista. Pode ser profunda para uns, não necessariamente para outros.

Uma vez li que só a arte pode salvar o ser humano. Eu meio que não concordo com isto, um amigo meu morreu por causa da música. Costumava andar distraídamente com o mp3 player com fone de ouvido, foi atropelado e morreu. Mas falando sério e não sendo macabro, acho que a música é a maior das artes, ela nos tira momentaneamente do inferno trágico da vida e nos eleva em esferas superiores de imaginação, sentimento e criatividade. Em segundo lugar, vem a literatura (só a prosa, a poesia nos torna sonâmbulos).

RSS

Links Patrocinados

Cine História

Sobrevivente

Chega aos cinemas o filme islandês "Sobrevivente", de Baltasar Kormákur. 

Sinopse: Durante o inverno de 1984, um barco pesqueiro naufraga no Atlântico Norte, nas proximidades da Islândia. Os tripulantes tentam sobreviver, mas as águas geladas impedem que essa tarefa seja facilmente concluída, restando apenas Gulli (Ólafur Darri Ólafsson), um homem bom, de fé, querido por todos, e com uma vontade de viver inacreditável. Após nadar por cerca de seis horas e enfrentar vários percalços, ele consegue contato com a civilização. Após a incrível experiência vivida, Gulli terá ainda que viver com a dor da perda dos amigos e, pior, a incredulidade de todos, que não entendem ele ter sobrevivido a uma situação tão extrema e insistem em fazer testes para saber como isso pode ter acontecido. Baseado em fatos reais.

documento histórico

Guerra do Paraguai: Prédios paraguaios após a Guerra do Paraguai s.l., [186-]. Arquivo Polidoro da Fonseca Quintanilha Jordão. Fonte: Arquivo Nacional

Conteúdo da semana

Leituras da escravidão: O mini-documentário 'Leituras da Escravidão' aborda a escravidão na província do Paraná através do relato de estudantes de História da Universidade Federal do Paraná, que pesquisam o tema em processos judiciais do século XIX no Arquivo Público do Paraná

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }