Hoje sabemos que por processos históricos e linguísticos de tradução o Antigo Testamento, como referido na Bíblia Cristã, possui várias versões, muitas com alterações clássicas conhecidas historicamente.

Sou leigo na arqueologia bíblica e gostaria de saber qual a versão do antigo testamento mais original publicada em português?

(Se o AT da bíblia cristã, o Torá, o Al corão, ou algum livro de algumas linhas de estudos mais especializadas da cabalá judaica, por exemplo...)

Pretendo iniciar um estudo da Bíblia por motivos históricos/psicológicos, por isso gostaria de uma versão com mais apócrifos e menos alterações de cunho político, ou que no decorrer do texto apontasse a originalidade dos trechos... Ou melhor, por que livro um historiador de língua portuguesa estuda o conteúdo da origem da bíblia?

Exibições: 123

Responder esta

Respostas a este tópico

Estimado amigo,

Entre as traduções brasileiras, a mais fiel é a Bíblia Apologética de Estudo (ICP 2011), porém, sugiro complementar com a versão King James (Abba Press, 2012) e a Bíblia de Jerusalém (Paulus, 2012). Serão três, portanto. Sucesso!

Boa tarde,Salomao

Podes visitar aqui mesmo o grupo Història da Bìblia,que te pode dar o que precisas.

Sou tambem bem informado nesta area e podes expor mais perguntas.

A Bìblia Luterana e a melhor de todas,onde os apòcrifos estao separados.

Os apòcrifos devem-se ler em separado,porque os que estao nas Bìblias nao sao de todo muito maus.

Abrs.

Boa noite

È necessàrio que se faca um històrico do Tanach desde o seu inìcio,onde ainda nao havia apòcrifos.

Os judeus retornaram do cativeiro babilònico e decidiram que nao havia muito mais a juntar ao que jà havia.

O cativeiro comecou em 587 a.C. e acabou setenta anos depois.

O Canon judaico foi encerrado no ano de 428 e o seu ùltimo profeta foi Malaquias.

Apartir daqui comecaram a haver apòcrifos,pois è normal que nem todos aceitem que o canon tenho sido encerrado e continuaram a escrever(è a oposicao a fazer o seu papel)

Em 277 a.C. foi inìciada a traducao das escrituras do hebreu,aramaico para o grego,os gregos dominavam na altura as terras de Israel.

6 x 12= 72 membros das tribos de Israel que vivam em Alexandria fizeram este trabalho que ficou conhecido por

septuaginta

Nao havia apòcrifos entre os Livros traduzidos,pois estes ainda nao tinham conseguido entrar no original Tanach,nem nunca entraram.

No ano de 137 o estado de Israel deixou de existir como estado,as escrituras,o Tanach e a Bìblia(o Tanach è o velho testamento  sò aceite pelos judeus nao messiànicos)

A Bìblia contem o Tanach e o Novo Testamento.

Com a destruicao do estado judaico as escrituras ficaram sem uma autoridade capaz de lhes dar protecao,e aqui entraram os apòcrifos em forca,tantos que a Bìblia  chegou a ter no seu total cerca de 317 livros(Fonte Israel Hoje)

Com a organizacao da igreja catòlica no ano de 325 e esta contou com as bases da igreja de Jesus Cristo que tinha entrado em apòstasia passados uns cem anos apòs a sua fundacao,por os seus lideres terem sido mortos,apòstolos e setentas etc.

A igreja catòlica pode com sucesso organizar o Novo Testamento e separar os apòcrifos do Velho Testamento.

Os caminhos seguintes da catòlica nao influenciaram o conteùdo do Novo Testamento,por eles nao acharem necessàrio faze-lo.

Nunca esquecer que as bases principais da catòlica no seu inìcio eram aquilo que existia da Igreja organizada por Jesus Cristo,que ainda tinham a inspiracao necessària para fazer este trabalho.

A catòlica foi fazendo os ajustes necessàrios para harmonizar a Bìblia com o original judeu,Tanach,atè ao ano de 1546.

Com o Habrit Hadasha=Novo Testamento nao havia essa possibilidade,os escritos ainda nao tinha alguma vez sido organizados por ninguèm devido às constantes perseguicoes e morte dos cristaos.

Passados 150 anos a Bìblia existia

RSS

café história acadêmico

Lançamento: A 13ª Edição da Revista Ars Histórica está no ar cheia de novidades. Nesta edição, os leitores encontrarão o dossiê "Império Português em Perspectiva: Sociedade, Cultura e Administração (XVI-XIX)" apresentado pelo Prof. Dr. Antonio Carlos Jucá, PPGHIS-UFRJ. Clique aqui para conferir na íntegra.

bibliografia comentada

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

Atenção!

O Café História respeita a opinião de todos nos mais diversos espaços da rede. Reserva-se, no entanto, o direito de suspender textos de teor ofensivo, agressivo ou que sustente preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com o bom senso e as leis brasileiras. Se identificar algum conteúdo ofensivo ou comportamentos inadequados, por favor notifique-nos: cafehistoria@gmail.com

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. cafehistoria@gmail.com

dicas de dezembro

© 2017   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }