Quando nos formamos e procuramos alguma escola para começarmos a dar aula a primeira coisa que eles perguntarm, senão se vc tem Pós-Gradução é, se vc tem experiência, se diz não, eles não te aceitam. Isto é um cúmulo, como eles querem que tenhamos experiência se eles próprios não oferecem oportunidade? Vai entender....
O que os caríssimos senhores dizem sobre isso?
Patricia Teixeira

Exibições: 576

Responder esta

Respostas a este tópico

Pois é com tantos problemas que o Brasil e os brasileiros enfrentam com suas profissões, aqui em especial a do ensino, ainda temos que enfrentar esse tipo de constrangimentos.
Acrescento minhas experiências nos meus estágios quando fazia meu ensino médio e minha faculdade, os constrangimentos que enfrentei, as grosserias que ouvi, fora os pentelhos que tive de aturar sem um tostão no bolso, apenas com a boa-vontade.
É dificil, mesmo ser professor hoje em dia, mas não podemos desister por que senão o que será de nossa profissão, antes de tudo se pararmos para pensar qualquer profissão provém dos ensinamentos de algum professor (a), não acha?

MUito obrigada por sua opinião.
A discussão do tema está melhor abordado em meu blog, quando puder indica dar uma olhada!

Atenciosamente,
Patricia Teixeira

RSS

Links Patrocinados

EVENTO EM DESTAQUE

café história acadêmico

Cine História

Noites brancas no píer

Acaba de chegar aos cinemas brasileiros o filme francês “Noites brancas no píer”, de Paul Vecchiali. 

Sinopse: No píer de uma cidade portuária, uma jovem mulher espera o homem de sua vida. Todos os dias, um homem, que está passando por um período sabático, caminha pela região. Depois de quatro noites, eles começam a conversar. Ele se apaixona pela mulher, mas precisa ir embora da cidade. Além disso, o homem que ele tanto esperava, aparece.

Parceiros


Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

Parceria: NIEJ-UFRJ

© 2015   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }