Atualmente, umas das maiores dificuldades dos professores de historia é selecionar os conteúdos históricos apropriados para as diferentes situações escolares. A autonomia do trabalho docente incluí entre outros aspectos, a escolha dos conteúdos históricos para diferentes salas de aulas. Portanto conto com a colaboração de todos.

Tags: conteúdos, currículos, história, professor

Exibições: 1043

Responder esta

Respostas a este tópico

Caro Nildo,

Esse é um tema importante para quem atua em sala de aula, nas escolas.

A escolha dos conteúdos varia do Ensino Médio para o Ensino Fundamental são pré-determinados pelos Parâmetros Curriculares Nacionais, propostos do Ministério da Educação. Mas como sabemos, as escolas e os professore possuem alguma autonomia para construir a suas propostas curriculares. E, nesse sentido, não há uma fórmula para dizer o que é correto ou errado. É claro que alguns conceitos são fundamentais para se trabalhar tanto no Ensino Médio quanto no Fundamental, tais como memória, tempo, fato, cultura, diferença, racismo, trabalho, dentre outros. Mas para que o professor tenha sucesso, acredito, ele deve refletir sobre o espaço em que ele atua. Quem são seus alunos? Do que eles gostam e como vivem? Conhecer o contexto sócio-cultural é fundamental, tão importante quanto levantar o conhecimento prévio dos alunos. São passos importantíssimos para a escolha de conteúdos históricos. Não que uma coisa deva ser condicionada sempre à outra, mas que caminhar junto ajuda no processo de ensino-aprendizagem. Importante dizer que não basta perguntar aos alunos o que eles sabem ou onde vivem para realizar essas ações. É preciso pensar em outros instrumentos de avaliação, em situações de debate, através da relação com a comunidade etc. O auxílio do gestor escolar é fundamental.
Olá Bruno concordo com você,
Como sabemos as atuais propostas curriculares, comom faram apresentadas, não são idênticas umas às outras: têm certa semelhança em relação aos fundamentos pedagógicos, mas são diversas em conteúdos e nos critérios para definir os prioritários. Há propostas que oferecem uma seleção considerada de " conteúdos tradicionais", baseado nos círculos concêntricos, que ordenan os estudos dos mais próximos ao mais distante e se traduzem como o estudo de história do Brasil para posteriomente organizar estudos os estudos da História Antiga à Contemporânea. Outras propostas curriculares apresentam conteúdos organizados por eixos temáticos ou temas geradores que exigem que se estabeleçam critérios de seleção mias complexos.
A seleção de conteúdos escolares no entanto, é um problema relevante que merece intensa reflexão, pois constitui a base do domínio do saber Disciplinar dos professores.

RSS

Links Patrocinados

documento histórico

Versão digitalizada do decreto que aboliu a escravatura no Brasil, dando origem à Lei Áurea. O documento é assinado pela Princesa Imperial Regente Isabel, pelos senadores Primeiro Vice-Presidente Antônio Candido da Cruz Machado, Primeiro Secretário Barão de Mamanguape e pelo Segundo Secretário do Joaquim Floriano de Godoi. O manuscrito original faz parte do acervo do Arquivo do Senado Federal. Faça aqui o download em alta resolução desta importante peça da História do Brasil: http://goo.gl/ewCcee

Conteúdo da semana

Depoimento do coronel reformado do Exército, Paulo Malhães, ex-agente do Centro de Informação do Exército, que atuou em diversas missões de extermínio de opositores da ditadura e também na Casa da Morte. No depoimento, ele admite tortura, mortes, ocultações de cadáveres e mutilações de corpos.

Cine História

Cortinas Fechadas

Chega aos cinemas brasileiros o drama iraniano dirigido por Kambolza Partovi e Jafar Panahi, “Cortinas Fechadas”.

Sinopse: Vivendo em prisão domiciliar após ter sido condenado pela justiça iraniana, sob a acusação de denegrir a imagem do governo do presidente Mahmoud Ahmadinejad com seus filmes, o cineasta Jafar Panahi tem seu cotidiano apresentado neste filme.

Parceiros


Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Fale Conosco

Encontrou alguma mensagem racista, preconceituosa ou ofensiva no Café História? Entre em contato conosco. Teremos o prazer em ajuda-lo(a):

Nosso email: cafehistoria@gmail.com

Parceria: NIEJ-UFRJ

Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2014   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }