Atualmente, umas das maiores dificuldades dos professores de historia é selecionar os conteúdos históricos apropriados para as diferentes situações escolares. A autonomia do trabalho docente incluí entre outros aspectos, a escolha dos conteúdos históricos para diferentes salas de aulas. Portanto conto com a colaboração de todos.

Tags: conteúdos, currículos, história, professor

Exibições: 1314

Responder esta

Respostas a este tópico

Caro Nildo,

Esse é um tema importante para quem atua em sala de aula, nas escolas.

A escolha dos conteúdos varia do Ensino Médio para o Ensino Fundamental são pré-determinados pelos Parâmetros Curriculares Nacionais, propostos do Ministério da Educação. Mas como sabemos, as escolas e os professore possuem alguma autonomia para construir a suas propostas curriculares. E, nesse sentido, não há uma fórmula para dizer o que é correto ou errado. É claro que alguns conceitos são fundamentais para se trabalhar tanto no Ensino Médio quanto no Fundamental, tais como memória, tempo, fato, cultura, diferença, racismo, trabalho, dentre outros. Mas para que o professor tenha sucesso, acredito, ele deve refletir sobre o espaço em que ele atua. Quem são seus alunos? Do que eles gostam e como vivem? Conhecer o contexto sócio-cultural é fundamental, tão importante quanto levantar o conhecimento prévio dos alunos. São passos importantíssimos para a escolha de conteúdos históricos. Não que uma coisa deva ser condicionada sempre à outra, mas que caminhar junto ajuda no processo de ensino-aprendizagem. Importante dizer que não basta perguntar aos alunos o que eles sabem ou onde vivem para realizar essas ações. É preciso pensar em outros instrumentos de avaliação, em situações de debate, através da relação com a comunidade etc. O auxílio do gestor escolar é fundamental.
Olá Bruno concordo com você,
Como sabemos as atuais propostas curriculares, comom faram apresentadas, não são idênticas umas às outras: têm certa semelhança em relação aos fundamentos pedagógicos, mas são diversas em conteúdos e nos critérios para definir os prioritários. Há propostas que oferecem uma seleção considerada de " conteúdos tradicionais", baseado nos círculos concêntricos, que ordenan os estudos dos mais próximos ao mais distante e se traduzem como o estudo de história do Brasil para posteriomente organizar estudos os estudos da História Antiga à Contemporânea. Outras propostas curriculares apresentam conteúdos organizados por eixos temáticos ou temas geradores que exigem que se estabeleçam critérios de seleção mias complexos.
A seleção de conteúdos escolares no entanto, é um problema relevante que merece intensa reflexão, pois constitui a base do domínio do saber Disciplinar dos professores.

RSS

Links Patrocinados

EVENTO EM DESTAQUE

café história acadêmico

História Orial: O professor José Carlos Sebe B. Meihy, autor de "História Oral: como fazer, como pensar" e "Guia Prática de Historia Oral", explica.

Cine História

Timbuktu

Acaba de chegar aos cinemas brasileiros o drama “Timbuktu”, de Abderrahmane Sissako, uma co-produção entre França e Mauritânia. 

Sinopse: Julho de 2012, em uma pequena cidade no norte de Mali, controlada por extremistas religiosos. Uma família tem sua rotina alterada quando um pescador mata uma de suas vacas. Ao tirar satisfação sobre o ocorrido, Kidane (Ibrahim Ahmed dit Pino) acaba matando o tal pescador. Tal situação o coloca no alvo da facção religiosa, já que cometera um crime imperdoável.

Parceiros


Política de Privacidade

Para ler nossa "Política de Privacidade", clique aqui.

© 2015   Criado por Bruno Leal.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

body, .xg_reset .xg_module_body { line-height: 1.3; }